A Serra do Roncador
logo

Faça uma doação

Todo o conteúdo disponibilizado no site é gratuito e você pode utilizá-lo livremente. Nossa única fonte de renda provém dos anúncios, o que não é suficiente para cobrir as despesas com a hospedagem. Qualquer ajuda para manter o nosso site no ar é bem vinda. Caso deseje contribuir com qualquer valor, basta clicar na imagem abaixo.





4roncaA Serra do Roncador consiste em uma área de relevo íngreme e acidentado situada ao meio da floresta amazônica no estado do Mato Grosso, se estendendo desde o municipio de Barra do Garças até a Serra do Cachimbo, no estado do Pará. O nome "roncador" vem do fato do vento passar pelos paredões rochosos durante a noite, produzindo um som grave que se assemelha ao ronco de uma pessoa dormindo. Misticismo - A Serra do Roncador, é uma área muito valorizada pelos seguidores de seitas místicas. Foi nesse local que, procurando pela civilização perdida de Atlântida, o coronel Percy Fawcett desapareceu misteriosamente, dando origem a muitas lendas. Acredita-se que seres evoluídos possuem cidades subterrâneas cujas entradas ficam escondidas no meio da serra.

Ao meio da serra há um lago chamado de "o portal". Essa lagoa é misteriosa por possuir águas extremamente cristalinas e não haver nenhum ser vivo dentro dela.

serra mata

Segundo a crença esotérica, deve-se mergulhar nesta lagoa para se ter acesso a Atlântida. Outro acesso seria uma enorme rocha de cristal perfeitamente redonda e transparente, medindo aproximadamente 10 metros de diâmetro. Os ancestrais dos indios Xavantes, utilizavam essa rocha como espelho.

serra percy fawcett

Os místicos fundaram o "Monastério Teúrgico do Roncador", e eles acreditam que lá exista um portal, e que quando há alinhamento de astros, o portal está aberto, permitindo à entrada. Nesse “mundo” as pessoas são muito desenvolvidas, tanto espiritualmente, quanto tecnologicamente e que sobrevivem porque existe um sol interior que ilumina o centro da Terra o sol mede 960 km e um dia alguns desses seres viram a terra para tomar posse.

Povos subterrâneos na Serra do Roncador

serra 1

A existência de intraterrestres, seres que vivem dentro da terra, na Serra Do Roncador, em Barra do Garças, MT, vem atraindo ufólogos e esotéricos do mundo inteiro, desde as expedições do oficial da Real Artilharia Britanica, Coronel Fawcett, em 1919

Estão instaladas na região dezesseis representantes de importantes comunidades místicas à procura de contatos e sinais de povos subterrâneos, sobreviventes da desaparecida Atlântida e dos Incas, no Peru. Agora está sendo anunciado, através do livro "Minha Vida com uma Vestal", de Leo Doctlan, ed. Sananda, que a tão desejada ligação com o mundo subterrâneo foi feita há 4 décadas. E que para transmitir seus ensinamentos, os Mestres do "Império de Duat" prepararam uma emissária, física e psicológicamente, desde os seus 9 anos.

A "Vestal" vive protegida pelo seu guardião e marido, em Barra do Garças, onde instrue os 7 primeiros iniciados, seguindo as instruçõs canalizadas de seu mestre. A crença em mundos subterrâneos, habitados por seres especiais e muito evoluídos, é comum a quase todas as tradições filosóficas religiosas, de qualquer parte do mundo. No último dia 15 um grupo de Monges Budistas voltou para o Japão, depois de homenagear com um símbolo sagrado a "Vestal" e seu marido, Sr.Armando Luvison, como os verdadeiros guardiões da Serra do Roncador.

A serra, que começa em Barra dos Garças e se estende até o Pará, é cheia de grutas e cavernas com inscrições pré-históricas, grandes galerias com estalactites, estalagmites e lagos subterrâneos de água calcária azul profundo. Uma dessas grutas , perto do Rio das Mortes, entre os paralelos 14 e 15, é indicada no livro como a entrada para a cidade subterrânea, para onde a menina foi comduzida quando fez 17 anos. Depois de submetida a um processo de alteração molecular e de registros mentais, que se chama abdução, foi-lhe revelado que sua missão terminaria com a formação de 7 discípulos e que poderia voltar e viver junto com eles.

OS INTRATERRESTRES TEM ORIGEM NO SOL

O livro de Leo Doctlan, revela que os habitantes de Duat são remancescentes dos incas e dos atlantes. Doctlan explica que os incas são filhos do acasalamento dos habitantes do Sol com mulheres atlantes, cuja elite foi enviaviada em naves para Machu Pichu, nos Andes, Peru. Prevendo a queda do Império Inca, alguns habitantes foram para os bolsões do interior da Terra, onde já estavam os remanecentes de Atlântida, depois de deixá-la, antes da sua destruição, 8 milhões de anos atrás. Estes seres declaram ter uma estrutura física atômica diferente, que lhes permite viver no interior do planeta.

Léo Doctlan ensina que para se alcançar fisicamente este povo, é preciso elevar o nível de vibração dos átomos e moléculas. Isto é conseguido através de estimulação das glândulas localizadas no baço, no diafragma e na tireóide. Com exercícios ensinados diretamente por eles e que estarão no próximo livro.

O PARAISO NO CENTRO DA TERRA

O livro Shanbhama, "Em Busca da Nova Era", de Nicholas Roerich, relata sua busca desse paraíso intraterrestre, em que todos os asiáticos acreditam. Nas Profecias ela é vista como um lugar físico e como a chegada de uma Nova Era, alcançado sem esforço mas somente como resultado da "mais nobre e intensa atividade".

Lendas e Mistérios da Serra do Roncador

A história da Serra do Roncador é marcada por aventuras, lendas e mistérios, e atrai expedições do mundo inteiro. A origem da civilização inca, o paralelo 16, o templo de Ibez, o caminho de Ió, Agartha, Shamballah, o chácra do planeta, o Portal de Aquarius, vulcões extintos, fósseis de dinossauros e discos voadores são atrativos para cientistas, curiosos e místicos de toda parte. A cidade é conhecida mundialmente como santuário místico e metafísico.
A Serra do Roncador se estende por uma área de mais de mil quilômetros, e possui vários sítios arqueológicos ainda pouco explorados por pesquisadores.
Místicos
Os místicos fundaram o "Monastério Teúrgico do Roncador", e eles acreditam que lá exista um portal, e que quando há alinhamento de astros, o portal está aberto, permitindo à entrada. Nesse “mundo” as pessoas são muito desenvolvidas, tanto espiritualmente, quanto tecnologicamente e que sobrevivem porque existe um sol interior que ilumina o centro da Terra.

Ufólogos


Alguns ufólogos acreditam que a Serra do Roncador é o lugar ideal para fazer contato com extraterrestres. Lá existe o "Núcleo Araguaia de Pesquisas Ufológicas do Roncador", que sempre realizam vigílias. 
Essas são algumas das perguntas que estudiosos tentam responder:


Intraterrestres: Segundo as teorias, são sobreviventes de Atlântida e do Império Inca. Ambas civilizações, preveram catástrofes e perdas, e resolveram se refugiar no interior da Terra. Eles são um povo auto-suficiente, com uma população numerosa e um alto grau de desenvolvimento mental e espiritual.

Será que eles realmente existem? Se existem, nunca nos visitam? A gente consegue fazer contato? Podemos morar lá também?

Caverna dos Pezinhos: Através de uma trilha do Parque estadual da Serra Azul, chega-se a entrada de caverna, bloqueada por rochas. Nesta entrada, tanto nas paredes quanto no teto, várias marcas de pegadas de animais e humanas, muitas delas com 6 dedos.

O que significam? Como foram parar nas paredes e no teto? Seriam pegadas ou inscrições? Por que a visitação é restrita pela Aeronáutica?

Portais no Roncador: Segundo a lenda, existem inúmeros túneis sob o Brasil, que se abrem para a superfície. O mais famoso deles fica na Serra do Roncador. A abertura do túnel é protegida pelos índios Xavantes, que não permitem a aproximação de estranhos.

O que seriam os portais do Roncador? Onde estão? Para onde levam? Por que tantos buscam Atlântida ou Shamballah no Roncador? O que seriam os crânios de cristal que algumas pessoas procuram?

Lagoa Encantada: A lagoa se encontra em território indígena e é muito profunda. Apesar da imensa quantidade de água, não existe nenhuma forma de vida nela. Localiza-se à entrada de uma caverna, também muito profunda e inexplorada. Os índios não entram na lagoa por medo e na caverna, apenas o cacique é autorizado, pois dizem que é habitada por seres.

Quem seriam estes seres? Porque nenhuma forma de vida sobrevive na lagoa? Porque os índios guardam a entrada desta caverna?

Gruta Seca: Uma ampla câmara inicial se abre em vários túneis e outras câmaras. Uma destas câmaras abriga um mobiliário de pedra muito interessante, semelhante aos modernos. Outra delas tem no centro uma formação de estalactites e estalagmites com forma de imensa árvore, com uma espécie de parlatório no alto e um dos túneis não se consegue chegar ao final, pois qualquer forma de iluminação utilizada se apaga.

Quem viveu ali? Para onde vai o túnel?

 

roncador2

 

Cel. Percy Fawcett: Dizem que esteve no Roncador e que descobriu alguma. Seu sobrinho-neto, Timothy Fawcett, foi por duas vezes para rastreando os caminhos do tio-avô, através dos relatos das cartas que mandava para sua esposa Nina. Timothy dizia que os relatos oficiais de Fawcett eram diferentes para despistar, e que a família conhece a verdade. Ao final de sua pesquisa, Timothy afirmava que o último vestígio do tio-avô seria na Gruta Seca. O que aconteceu com Fawcett? Para onde foi? O que teria descoberto? O que contam seus relatos para a família? Pedra S. S. Arraya: A pedra que hoje se encontra em exibição no Porto dos Pioneiros tem a ver com a fundação da cidade, colonizada por garimpeiros atraídos pela história de uma garrafa de diamantes enterrada sob ela, no leito do Rio Araguaia, por garimpeiros que fugiam de um ataque de índios. Quando retornaram para buscar a garrafa, o rio estava mais cheio e escreveram na pedra o nome de um deles, para facilitar a busca mais tarde. O curioso é que quando a pedra foi retirada do rio para ser exposta, várias outras marcas foram observadas, muito mais antigas, vários círculos concêntricos, como nas pedras de altares incas. Estas inscrições existem em outras pedras no rio, no mesmo local de onde esta pedra foi retirada.

Quem fez as inscrições? Qual o motivo? Qual a ligação do Araguaia com os incas?

Tribos indígenas: Os Xavantes protegem a região e se consideram guardiões da “terra sagrada”. Eles falam com medo de grandes bolas de fogo no céu ou focos de luz do céu iluminando a aldeia à noite.

Por que eles se consideram protetores da terra sagrada? O que será que eles já viram e presenciaram? O que seriam estas bolas de fogo? Que tipo de equipamento apareceria à noite em regiões isoladas?

Pedras em formato de disco: Por que em locais onde existem mais ocorrências aparecem várias pedras em formato de disquinhos? Qual o seu significado? Como se formaram? Pode-se chegar a Serra do Roncador por três cidades: Barra do Garças (MT), Aragarças (GO) e Pontal do Araguaia (MT).

Luzes Misteriosas

Luzes que sobrevoam, entram e saem na Serra do Roncador, passagem para a terra dos descendentes de Atlântida ou para outra dimensão, são alguns dos mistérios e misticismos que atraem turistas do Brasil e exterior que vão conhecer o município de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, em Mato Grosso.

A Serra do Roncador é o berço de todas as lendas e relatos místicos. Ela recebe o nome de Roncador porque o encontro do vento forte com as rochas produz um som assustador. No entanto, alguns moradores da região dizem que o som vem do interior da terra, já outros que o som são de óvnis que rondam a região. A serra possui 600 m de altitude e mais de 1 mil km de extensão, inicia no Mato Grosso e vai até o Estado do Pará.

Os inúmeros relatos ufológicos e místicos inspiraram, há 12 anos atrás, o vereador Valdon Varjão a criar a Lei Municipal nº 1.840, sancionada pelo ex-prefeito Vilmar Peres de Faria em 5 de setembro de 1995, para a criação de uma reserva com cinco hectares destinada à construção de uma pista de pouso de óvnis, o Discoporto, no Parque Estadual da Serra Azul, próximo à Serra do Roncador.

Contudo, até hoje não foi construído o aeroporto alienígena. O que existem são painéis pintados e uma nave espacial feita com chapas de aço que enfeitam o local para os visitantes. Além disso, não existem registros de visitas de seres extraterrestres no espaço destinado ao Discoporto.

Para o psicólogo, presidente da Associação Mato-grossense de Pesquisas Ufológicas e Psíquicas (AMPUP) e consultor da revista UFO, Ataíde Ferreira da Silva Neto, o Discoporto tem potencial de atração turística. “O vereador Valdon Varjão aproveitou as histórias que envolvem a região, abraçou a causa e criou a lei que destina o espaço para a construção do Discoporto. Ele foi chamado de louco e lunático. Só que, graças a ele, Barra do Garças foi destaque na mídia, pessoas do mundo inteiro se deslocam para cidade em busca das histórias e relatos”, afirma o psicólogo.

Ataíde Ferreira comentou que a notícia do Discoporto fez com que a cidade recebesse grande fluxo de visitantes, pesquisadores e curiosos que buscam informações sobre ufologia. O interesse pelo tema é tanto que a cidade possui inúmeras comunidades alternativas como Monastério Teurgico do Roncador, Vale do Amanhecer, Vale dos Sonhos, Rosa Cruz, Trigueirinho, Associação Pró-Fundação Vespertina, entre outras.

Origem do Nome

O nome da Serra se deve ao encontro do vento forte da região com os imensos paredões originando um som que lembra um ronco ininterrupto, e até assusta os menos avisados se estiverem sozinhos no meio da noite. É formada por chapadões, como um típico planalto, começando na cidade de Barra do Garças, a 500 quilômetros de Cuiabá, e se estendendo até a Serra do Cachimbo, no Pará. O lugar é um convite para a ecoaventura devido às suas belezas naturais.

É uma região com quase 600 metros de altitude e mais de 800 km de extensão, onde se pode observar de perto o cerrado, em solos com formações rochosas imponentes e inúmeras cavernas e grutas com grandes galerias, estalactites, estalagmites e inscrições rupestres, além de lagos subterrâneos de um azul cor de piscina. Tem uma grande riqueza biológica com diversos tipos de animais, como anfíbios coloridos, besouros, mamíferos, aves e tipos originais de plantas. Sua cadeia de montanhas, à semelhança de "canyons", divide as águas dos rios Araguaia e Xingu.

A Serra do Roncador está localizada do Centro-Oeste brasileiro envolta de lendas e mistérios como o aparecimento de discos voadores. A cada ano aumenta o número de pessoas que se dirigem à essa região em busca de contato com naves espaciais de outros planetas e extraterrestes. A Serra do Roncador é considerada, por muitos estudiosos e místicos, como berço do Quinto Império (já atribuído ao povo de Atlântida), um período regido por forças etéricas que, no futuro, marcará uma nova era em que a espiritualidade prevalecerá sobre os bens materiais.

Membros da Sociedade Eubiótica - comunidade mística brasileira especializada em estudar e esclarecer os grandes mistérios da humanidade - advertem que tanto brasileiros como estrangeiros deveriam olhar para o Brasil como ponto central de uma nova civilização na Terra. A existência de intraterrestres, seres que vivem dentro da Terra, na Serra do Roncador, em Barra do Garças, vem atraindo ufólogos e esotéricos do mundo inteiro desde as expedições do oficial da Real Artilharia Britanica, Coronel Fawcett, em 1919.

Sir Percival Fawcett , explorador britânico, perdeu-se na Serra do Roncador, em Barra do Garças, procurando uma "cidade perdida" do povo da Atlântida no interior do Brasil. Supõe-se que o desaparecimento dele esteja mais relacionado com as tribos da região do que com uma possível descoberta de uma civilização intraterrena. De qualquer forma, Fawcett, seu filho e seus carregadores desapareceram no Roncador e até hoje não foram encontrados.

É sabido que a abertura do túnel Roncador é guardada com muita rigidez pelos índios Xavantes, que não permitem a aproximação de estranhos. Os índios Morcegos também guardam essas aberturas que supostamente dão acesso às cidades subterrâneas onde habita um povo de outra dimensão no interior da Terra. 
Um explorador norte-americano, chamado Carl Huni, escreveu em seu diário quando de sua visita ao Roncador: "...A entrada das cavernas é guardada pelos índios Morcegos, que são de pele escura e de pequeno porte, mas de grande força física. Seu sentido de olfato é mais desenvolvido do que os melhores cães de caça. Mesmo se eles o aprovem e lhe deixem entrar nas cavernas, receio que estará perdido para o mundo presente, porque guardam o segredo muito cuidadosamente e não podem permitir que aqueles que entram possam sair..."

"...Os índios morcegos vivem em cavernas e saem ã noite para a floresta mas não mantém contato com os moradores que habitam uma cidade subterrânea na qual formam uma comunidade auto-suficiente, com uma população considerável. Acredita-se que as cidades subterrâneas na qual vivem foram construídas pelos Atlantes...". Esse é o grande mistério que envolve a Serra do Roncador e atrai tanto estudiosos no assunto, como turistas do Brasil e do mundo. 

Atrativos naturais:

• Dedo de Deus - paredão maciço vertical e uma das principais atrações turísticas do lugar. Ao local é atribuída a observação de discos voadores.

• Cachoeira Pé da Serra - é morada de muitas aves, tem duas nascentes, sendo uma de água fria e outra de água quente.

• Cachoeira das Andorinhas - tem 30 metros de queda livre proporcionando um belo visual ao turista.

• Gruta dos Pézinhos - Uma das lendas do Roncador é a de, na região, habitava um povo de seis dedos, na biologia chamado de polidactilia. Nas paredes dessa gruta é possível observar inscrições em baixo relevo de figuras semelhantes a pés com seis dedos. Será a prova da existência desse povo?

• Ponte de Pedra - São dois enormes blocos rochosos que se unem pela ponta formando um tipo de ponte. Entre os blocos existe uma grande abertura com quase 250 metros de altura. De acordo com alguns esotéricos seria um portal de entrada para o mundo dos intraterrenos, e também um lugar de observação de discos voadores.É ainda considerado pelos místicos um poderoso ponto energético onde existem manifestações de energia telúrica (da terra) . O certo mesmo é que o lugar possibilita um belo visual de todo o Vale dos Sonhos.

Fontes: http://pt.wikipedia.org/wiki/Serra_do_Roncador
 http://www.fenomeno.trix.net/fenomeno_ufologia_1_ets-ronca.htm
 http://portaldoaraguaiaturismo.wordpress.com/misterios-da-serra-do-roncador/
 http://www.ufoecoturismo.com/serra_do_roncador.htm

Comentários   

 
#6 Guest 22-08-2014 10:56
At this time it sounds like Drupal is the best blogging platform available right now.
(from what I've read) Is that what you are using on your blog?


Feel free to visit my website car washes near my location: http://mobilecarwashwaco.blogspot.com/
 
 
#5 Guest 14-06-2013 23:21
Enigmas da vida, FRC.
 
 
#4 mesmo 09-10-2012 19:27
Gostaria de sugerir o uso de um revisor para suas postagens , uma vez que é desanimador ver como escreves nossa lingua portuguesa.
 
 
#3 Guest 26-08-2011 22:08
Senhores Paleontólogos/A rqueólogos, tenho
um fóssil-Crâneo 1ser Extra-Terrestre , contatei dvs. pessoas mas não deram crédito. Quero leiloá-lo,inter essados p/ Organizações de Pesquisa. Contato:
047 - 8864-4703 ou 9130-1055. ou email
cfpc.brasil@yahoo.com.br
Dimas
 
 
+1 #2 Guest 26-08-2011 15:08
Morei na região e posso dar maiores detahes:
1) Conheci a pedra SS Arraya quando ainda estava em seu local. Foz do córrego Avoadeira.
2) Sob a "ponte de pedra" existem escritos em caracteres desconhecidos, ao longo de um paredão que margeia o curso d' água local. Nunca foi decifrado ou mesmo estudado.
3) Na Reea Azul, no caminho das Águas Quentes, existe a entrada de uma caverna, em posição inacessível a não ser por hábil escalador. Luzes saem e entram nesta caverna. Diversos moradores já sonharam com tesouros escondido nela.
 
 
#1 Guest 30-03-2011 10:19
Lí o livvro , gostei muito , sou Roza Cruz
gostaria de saber mai sobre a Vestal!

anita
 

Adicionar comentário

ATENÇÃO:
- Não utilize os comentários para fazer perguntas ou enviar mensagens à administração do site;
- Não utilize palavrões;
- Não faça comentários ofensivos.

Código de segurança
Atualizar

For Sale LevitraViagra Overnight Shipping

O Mito do Colesterol e da Estatina



Curta nossa página

HorizontalDivider

Você também poderá gostar de