A Egrégora da Casa

egregoraluzPor Kendra e Ayesha Tamarix - Entre 1348 e 1353, metade da população do mundo morreu pela Peste Negra, muita gente culpou os judeus pelo terrível ocorrido. E apesar do Papa ter dito que várias vezes que os judeus nada tinham a ver com a peste, milhares de Judeus foram expulsos de suas terras. Quase 700 anos mais tarde o mesmo episódio se repetiria, judeus torturados e despojados de suas posses fugiriam e se refugiariam na Polônia.

O que faz com que certos lugares repitam suas histórias? Será que ela ficaria gravada no seu solo, em suas construções, e essa energia de alguma forma contaminaria as gerações futuras? Ou será que esse local sempre esteve predisposto a essa energia? Na verdade essa energia e chamada de Egrégora e é responsável pela maneira como nos sentimos. Ela também muitas vezes é responsável pela maneira como agimos.

Algumas definições são bastante enfáticas sobre a definição de egrégora : "Palavra que se tornou popular entre os espiritualistas, significa a aura de um local onde há reuniões de grupo, e também a aura de um grupo de trabalho" Outras definições são mais exóticas: "Egrégoras são entidades autônomas, semelhantes a uma classe de "devas" que se formam pela persistência e a intensidade das correntes mentais realizadas nos centros verdadeiramente espiritualistas; pois nos falsos tais criações psicomentais se transformam em autênticos monstros, que passam a perseguir seus próprios criadores, bem como os freqüentadores desses centros". Finalmente temos uma definição um pouco mais clássica: "Egrégora provém do grego egrégoroi e designa a força gerada pelo somatório de energias físicas, emocionais e mentais de duas ou mais pessoas, quando se reúnem com qualquer finalidade, A egrégora acumula a energia de várias freqüências Assim, quanto mais poderoso for o indivíduo, mais força estará emprestando a egrégora para que ela incorpore às dos demais".

Um lugar e como uma pessoa, tem sua própria identidade, seu próprio humor, há lugares naturalmente ricos em energia e podemos sentir a diferença ao pisar em seu solo. Há outros em que a energia e sutil e nos sentimos bem nele.  Para conhecer a energia de um local basta sentí-la. E ficar atento a primeira impressão. Geralmente, e a mais verdadeira, pois é baseada na sua intuição imediata.

Há locais de trabalhos espiritualmente insalubres. São feios, velhos e cheios de ranço do passado. O problema e que as pessoas tendem a se acostumar com isso e a situação só choca quem acaba de chegar, que logo e encarado como antipático que exige demais e é cheio de frescuras.

A egrégora se realimenta das mesmas emoções que a criaram. Como ser vivo, não quer morrer e cobra o alimento aos seus genitores, induzindo-os a produzir, repetidamente, as mesmas emoções. Assim, a egrégora gerada por sentimentos de revolta e ódio, exige mais revolta e ódio. No caso dos partidos ou facções extremistas, por exemplo, são os intermináveis atentados. No das revoluções, freqüentemente, os primeiros líderes revolucionários a alcançar o poder passam de heróis a traidores.

Terminam os seus dias exatamente como aqueles que acabaram de destronar (segundo Richelieu, ser ou não ser um traidor, é uma questão de datas). Já a egrégora criada com intenções saudáveis, tende a induzir seus membros a continuar sendo saudáveis. A egrégora de felicidade, procura "obrigar" seus amos a permanecer sendo felizes. Dessa forma, vale aqui a questão: quem domina a quem? Conhecendo as leis naturais, você canaliza forças tremendas, como o curso de um rio, e as utiliza em seu benefício. Se esse local de egrégora danificadora for a da sua casa, há uma série de medidas que você pode tomar para aliviar a egrégora pesada  do local, mais não sendo o lugar em questão como mudar?

Você pode conversar com o dono pra ver se rola pelo menos uma mudança estética, como uma pintura, móveis novos, cortinas esse tipo de coisa. Isso resolve? Não, mais é um começo.

Pode ser que você consiga mudar a egrégora do local simplesmente com atitudes assim, uma mudança movimenta novas energias. Mas pode ser que a egrégora já esteja tão enraizada que ela não só se recusa a sair como ainda revida. E como se o ambiente inteiro se revoltasse! Coisas pifam,quebram, somem, as pessoas se estressam e o lugar logo parece feio, com infiltrações, manchas as vezes inexplicáveis.

Nesse caso quando a egrégora revida, há duas saídas para a pessoa que não quer participar desse lixo. Ou ela se protege entrando numa bolha de energia, ou ela desiste e procura um lugar que não tenha que brigar o tempo todo. E ate possível viver em um ambiente ruim por algum tempo, com a devida proteção, o problema e que dá muito trabalho e é cansativo. Nossa casa e um lugar sagrado. É onde deveríamos nos sentir seguros e protegidos. Infelizmente, nem todo mundo se sente assim. Muitas pessoas chegam diante de suas portas e dão um suspiro imaginando uma maneira de não dar o passo para dentro daquela casa. Por isso sempre estamos acostumados a pintar a casa antes de entrar, para modificar as energias locais, ou egrégoras já firmadas.

Quero deixar registrado aqui que isso não esta certo e não é normal. Sua casa deve ser seu porto seguro. E tirando casos sinistros de casas assombradas até em sua fundação, não e muito difícil mudar a egrégora de uma casa. O que geralmente atrapalha são seus habitantes.

Todos nos fazemos uns pactos estranhos, malucos e freqüentemente reclamamos dos resultados. Reclamamos de uma coisa e quando ela se vai, reclamamos que ela se foi. Temos o vício de reclamar de ver o pior em tudo. De ver nossos problemas, defeitos, doenças e franquezas com uma horrível lente de aumento. O mais difícil na hora de mudar o campo energético de uma casa e mudar as pessoas que vivem nela. De nada adianta fazer uma boa limpeza, se as pessoas insistem em jogar lixo no chão. E preciso mudar o comportamento das pessoas e isso pode ser um pesadelo.

Vamos por parte: A primeira coisa que você precisa analisar na sua casa e como você se sente. Seja mais especifico antes de responder “BEM” ou “MAL”.Se desejar escreva num papel: Cansado? Eufórico? Empolgado? Irritado?

Dentro das suas respostas, especifique agora aonde exatamente você se sente de uma determinada maneira. Há apartamentos que cabem em um bolso, mais há casa com vários aposentos e cada um deles possui uma egrégora particular.  Feito seu esquema de como se sente aonde, agora pergunte porque. Veja se há um motivo lógico para que você se sinta irritado por exemplo: Irritado com o que? Com a bagunça? Com os móveis velhos? Essa análise e importante para que você saiba que mudanças deve fazer na sua casa depois de realizar um ritual de limpeza, pois e a única forma de mudar definitivamente o padrão energético do lugar com o uso da magia natural.

E quando as pessoas da casa resistem a mudança?

E normal que pessoas sintonizadas com a energia vigente resistam a qualquer mudança, especialmente idosos, eles podem se tornar rígidos e a grande verdade e que o ser humano e adepto da Lei da Inércia. Preferem que tudo fique como esta.  Há uma hierarquia em qualquer casa. Nem sempre e o pai quem manda, as vezes  a mãe, a sogra, o tio, o filho. se você é essa pessoa, poderá efetuar as mudanças que achar necessária, mais se não é terá que usar sutileza e tato para efetuar as mudanças. Outro problemas é quando as pessoas pertencem a outras religiões, mesmo assim vale a pena tentar, pois você esta tentando tornar sua casa mais saudável e elevada para todos. O fato de várias pessoas se sentirem incomodadas em um lugar, ou uma, ou duas, já é um fator de os moradores conversarem sobre o assunto, pois ali há uma microcomunidade que procura uma harmonia familiar.

Mais as vezes só as mudanças na sua casa não resolvem, você deve considerar o bairro em que mora, a rua, dificilmente uma casa consegue ficar bonita por muito tempo numa rua de casas feias. Há uma serie de coisas que podemos fazer para mudar a energia de um local, como a verificação pela radiestesia, e a mais conhecida técnica de harmonização: o FENG SHUI, onde detectamos os pontos de energia ruim e de energia boa e procuramos equilibrar esses pontos, com técnicas simples como mudanças de móveis, pintura nas paredes, sinos de ventos etc.


Dicas de harmonização


Sujeira

Procure manter o local sempre limpo, não descuide da pintura. Evite lixo na cozinha pois ela e responsável pela prosperidade, saúde e sustento de todos na casa. A falta desse cuidado gera energia parada e estagnada.

Bagunça

Nem sempre e possível se livrar da bagunça, mais e preciso mantê-la sobre controle. A bagunça embaralha os pensamentos, arrumar tudo torna sua vida mais clara. A bagunça embaralha a sua visão, e confunde o seu sentido de percepção.

Coisas velhas e quebradas

Faça uma constante renovação de roupas, panelas, cacarecos em geral. Coisas velhas em demasia impedem a chegada de coisas novas. O novo precisa de espaço para chegar, o novo traz inícios, recomeços, oportunidades, novos prazeres e novos desafios, mas para isso tem que haver espaço, e o velho precisa deixar a nova energia chegar.

Pintura nova na mudança

Uma pintura nova na mudança ou em qualquer momento da vida de sua casa poderá movimentar as energias, uma dica é colocar um pouquinho de pó de enxofre uma quantidade de 10g/10litros na tinta.

Iluminação da casa e casa arejada

É sabido que a ação direta do Sol elimina bactérias, abra as janelas deixe a energia do SOl transmutar a energia da sua casa, com força e purificação. Há também a ação do elemento ar que entrará pelas janelas trazendo movimento, novas energias e novas possibilidades. A mensagem dos ventos amenizam as energias negativas.

Bibliografia consultada:
HARMONIA NA SUA VIDA - PHILLIPA WARING, EDITORA KUARUP
COLEÇÃO MISTÉRIOS DO, DESCONHECIDO- TERRAS E POVOS MISTERIOSOS- ABRIL
A CASA MÁGICA - SCOTT CUNNINGHAM
EGRÉGORA - IMAGICK

Fonte: http://webgtp.com/gtp/index.php

Compartilhe

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Publicidade