Chakras, Vórtices e Energias-Parte1

chacrastopo1Chacras ou xacras, também conhecidos pela grafia chakras são, segundo a filosofia ioga, canais dentro do corpo humano (nadis) por onde circula a energia vital (prana) que nutre órgãos e sistemas. Existem várias rotas diferentes e independentes por onde circula esta energia. Os chakras são os pontos onde essas rotas energéticas estão mais próximos da superfície do corpo.

Imagine que os chacras são uma lâmpada com uma tomada do lado.  Eles tanto indicam a quantidade de energia naquele sistema específico como podem ser usados para recarregar a energia do sistema. Existem muitos canais e uma grande divergência quanto ao número exato. Algumas linhas afirmam existir 32, outra 114 e ainda 88.000 - sendo assentes todos que os principais são sete. Na Doutrina Espírita os chacras são chamados de Centro de Força.


Origem


A palavra chakra significa literalmente roda. Os chakras são os pontos onde se encontram e fundem as Nadís, ou meridianos, canais condutores da energia no organismo. Estas Nadís unem-se em vários pontos que rodam no sentido dextrógiro (que provoca rotação para a direita - no sentido dos ponteiros do relógio. Antônimo de levógiro).

A noção de chakra faz parte do tantra ou tantrismo, para o qual a kundalini reside no Muladhara. O objetivo das práticas tântricas, que são essencialmente Bhakti Yoga, é a subida da kundalini através dos chakras, ativando-os, a fim de se unir no Sahasra com Shiva, aqui representado como essência espiritual.

Os chakras, descritos em textos tântricos tradicionais, despertaram também a atenção do movimento esotérico europeu, por exemplo, do Rev. Leadbeater, teosofista.

Os chakras estão registrados em culturas antigas e referenciados como pontos energeticos utilizados para cura e progresso energetico e Espiritual. O Qi Gong da China ou Acupunctura, O Yoga da Índia e outras culturas antigas tinham conhecimento destes pontos e de como trabalhar com eles era benéficio à saúde.

 


Energia ultravioleta


A palavra chakra vem do sânscrito e significa "roda", "disco", "centro" ou "plexo". Nesta forma eles são percebidos por videntes como vórtices (redemoinhos) de energia vital, espirais girando em alta velocidade, vibrando em pontos vitais de nosso corpo. Os chakras são pontos de interseção entre vários planos e através deles nosso corpo etérico se manifesta mais intensamente no corpo físico.

Os Vedas (5.000 a.C.) contêm os mais antigos registros sobre chakras de que se tem notícia. Quando foram escritos, o Yoga já sistematizava o conhecimento e o trabalho energético dos chakras.

São sete os principais chakras, dispostos desde a base da coluna vertebral até o alto da cabeça e cada um corresponde à uma das sete principais glândulas do corpo humano. Cada um destes chakras está em estreita correspondência com certas funções físicas, mentais, vitais ou espirituais. Num corpo saudável, todos esses vórtices giram a uma grande velocidade, permitindo que a "prana", flua para cima por intermédio do sistema endócrino. Mas se um desses centros começa a diminuir a velocidade de rotação, o fluxo de energia fica inibido ou bloqueado - e disso resulta o envelhecimento ou a doença.

Os chakras são conectados entre si por uma espécie de tubo etérico (Nadi) principal chamado "Sushumna", ao longo do eixo central do corpo humano, por onde dois outros canais alternados "Ida" que sai da base da espinha dorsal à esquerda de Sushumna e "Pingala" à direita ( na mulher estão invertidas estas posições ).

Os Nadis conduzem e regulam o "Prana" (energias yin e yang) em espirais concêntricas. Estes Nadis são os principais, entre milhares, que percorrem todo o corpo em todas as direções, linhas meridianos e pontos. Para os hindus os Nadis são sagrados, é por meio da "Sushumna" que o yogi deixa o seu corpo físico, entra em contato com os planos superiores e traz para o seu cérebro físico a memória de suas experiências.


O corpo físico e cada um dos chacras

 

Nosso corpo físico tem uma ligação sutil com o mundo astral. É através do desequilíbrio desta energia vital que as pessoas adoecem e acabam obstruindo esta ligação com o Divino. Daí, a relação entre as doenças e as crises emocionais. É muito comum ver pessoas que acabam somatizando e transformando energias negativas, depressão, raiva, solidão, em doenças físicas, como cânceres e outras mais graves. Nosso corpo físico tem pontos, que quando ativados, fazem fluir a energia vital, nos trazendo alegria e, principalmente, saúde. É através dos nadis (meridianos) - caminhos invisíveis dentro do nosso organismo - que a energia vital caminha por todo o nosso corpo e chega aos chacras, em pontos que concentram vibrações mais específicas, conforme veremos à seguir:

 

O Primeiro Chakra - Muladhara (Base ou Raiz, Coccix)

 

 

chacra1

 


É a sede do corpo físico. Reflete e representa energia da vida em si – Sobrevivência, Necessidades Básicas, Terra. Concentra a pessoa à energia telúrica. Questões relacionadas à sobrevivência. Sua cor é o vermelho e ele está ligado às gônadas.

 

LOCALIZAÇÃO

 

Base da coluna vertebral, sobre a região pélvica, na altura do cúccix, distância de oito dedos abaixo do umbigo.Localizado nos órgãos genitais e na pélvis, relacionado com as gônadas (glândulas sexuais), governa o sistema reprodutor. Este chakra anima a substância do corpo físico, o poder e o instinto de sobrevivência. É a ligação com a terra. Concentra as energias da Kundaliní, que uma vez despertadas progridem coluna acima, seguindo um padrão geométrico similar ao padrão apresentado na dupla hélice das moléculas de DNA que contém o código da vida.

 

FUNÇÃO

 

Responsável por nossa força e saúde física, sensualidade, emoções reprimidas; estimulante da maturidade e do senso de realidade física; quando em desequilíbrio nos torna irritadiços, instáveis, com sonos profundos e insônias inexplicadas, sem força de vontade e desprovidos da segurança e estabilidade necessária.

 

ASPECTOS A SEREM COMPREENDIDOS

 

Sobrevivência, alimento, conhecimento, auto-realização, valores (segurança financeira), sexo (procriação), longevidade e prazer.

 

INFLUÊNCIAS

 


Desequilíbrio no Físico: Anemias, resfriados, sexualidade reprimida ou excessiva, frigidez, impotência, insuficiência renal, fadiga, dores nas articulações, dores lombares e nas pernas, pressão alta ou baixa, problemas de coluna, osteoporose, falta de energia, prisão de ventre, diarréia, colite, apendicite, etc.

Emocional equilibrado: Impulso para agir, consciência instintiva básica, força, agressividade controlada, coragem, afeição, criatividade, generosidade, capacidade de sentir prazer, pessoa sensata, segura e estável, habilidade em prover o necessário para vida e capacidade de cuidar de si.

Emocional desequilibrado: Egocentrismo, agressividade, preocupação, inexatidão, indolência, extravagância, não permite o prazer, pessoa sem vida, desanimada, confusão de interesses, insatisfação, medo, timidez, insegurança, histeria, paixões fortes, aspereza, dificuldade em lidar com finananças, medo de arriscar-se, apego material, tabus sexuais.

Forma geométrica: quadrado, possuindo grande relação ao conhecimento ligado à terra, às quatro dimensões e às quatro direções.

Fase da vida: Desde a união do espermatozóide com o óvulo, até 7 ou 8 anos.

Funções: Um indivíduo dominado pelo chakra Muladhara geralmente dorme de dez a doze horas por noite, sobre o estômago. Este chakra Muladhara incluí os planos da origem, ilusão, ira, avidez, desilusão, avareza e sensualidade. Estes aspectos do primeiro chakra são inerentes à existência humana. O desejo de mais experiência e mais informação age como força motivadora, um ímpeto básico para o desenvolvimento individual.

O chakra Muladhara é o local da Kundalini enroscada, da Shakti vital, ou força energética. A serpente Kundalini está enroscada em torno do Lingam Svayambhu.

É o chakra onde nasce e reside a energia kundalini que se movimenta em espiral, pelas nadis, rios internos conhecidos por Ida e Píngala que distribuem por todo o corpo energia e o impulso de vida. É também o centro erótico do Ser.

- Nadi Ida: canal esquerdo transportador das correntes lunares, natureza feminina visual e emocional, produção de vida, energia materna, respiração esquerda que proporciona estabilidade para a vida. A narina esquerda é aberta durante o dia, equilibra a energia solar criando um equilíbrio para si, tornando-nos mais relaxados e mais alertas mentalmente.

- Nadi Píngala: canal direito transporta correntes solares, natureza masculina, depósito de energia destrutiva, também purificador, a narina do lado direito é de natureza elétrica masculina, verbal e racional. Torna o corpo físico mais dinâmico, (eficiente e ativo durante horas noturnas, aumentando a saúde). Quando um casal tem um orgasmo sexual, sem repressão e com consciência; em algumas vezes, elevam a kundalini, nutrindo todos os chakras através de Sushumna, Ida e Píngala.

 

1chacra

 

Cores Básicas: Vermelho (varia para roxo ou vinho).

Bija-mantra: "LAM". É o Responsável pela absorção de energia da terra (energia telúrica, geoenergia, kundalini). Não é aconselhado por alguns autores o desenvolvimento desse chakra. Ilusão, cólera, avareza, desejo, sensualidade, territorialidade, instinto de sobrevivência desequilibrado, possessividade, temor e preocupação excessiva com o próprio corpo são algum dos desequilíbrios ligados a esse chakra.


Cor: Vermelho

Sentido: Olfato

Som: Lam

Elemento: Terra

Glândulas Endócrinas: Supra-renais

Sentido: Olfato

Óleos: Mirra - vetiver - patchouli

Minerais: Rubi - granada - jaspe vermelho - quartzo fumado - turmalina negra

Metal: Chumbo

Planetas: Saturno - Terra

Alimentos: Proteínas - frutos vermelhos - vegetais

Elementos: Terra

Corpo Subtil: Corpo físico

Corpo Aparelho Reprodutor

Em Harmonia: Vitalidade, atividade, sexualidade, estabilidade

Em Desarmonia: Frustração sexual, letargia, egocentrismo, ansiedade

Qualidades (polaridade +): Segurança ao nível material e de saúde física - sensação de 'pés bem assentes na terra' - estabilidade - coragem

Características (polaridade -): Insegurança material - fúria - raiva - violência

Relação com o corpo físico: Todo o sistema ósseo - dentes - rins - sistema eliminatório - planeta terra - mãe física

Relação com o corpo emocional: Sensação de segurança e de ter uma vida material e física plena (dinheiro - lar - trabalho - relações sociais) - influência e plenitude sexual, dada a sua relação com as glândulas sexuais

Bloqueios que denunciam a disfunção do chakra: Falta de dinheiro - más relações no lar ou no trabalho - má relação com a mãe física - dores nos ossos ou dentes - constipações - rinites, sinusites, etc. - problemas da coluna ou rins.

 

O Segundo Chakra - Svadhistana (Chakra da polaridade - Básico - Chacra órgão genital e base da barriga)

 

 

chacra2

 


Relaciona-se com criatividade, sentimentos e sensualidade. equilíbrio masculino-feminino com energia sexual. Sua parte traseira relaciona-se com a mente subconsciente. Sua cor é o laranja, relaciona-se com as glândulas supra-renais e aos órgãos baço/rins e intestino.

 

LOCALIZAÇÃO

 

Dois dedos abaixo do umbigo, abdomen - região pélvica. Localizado na lombar e abaixo do umbigo, está relacionado com as glândulas supra-renais, regendo a coluna vertebral e os rins. Rege os rins, sistema reprodutor, circulatório e bexiga. As energias como a paixão, sensualidade e a criatividade são manifestadas através deste chakra

 

FUNÇÃO

 

É a sede dos nossos desejos, controla o nosso apetite alimentar e sexual, o aparelho e os órgãos de procriação, tanto masculinos quanto femininos, a fertilidade, a criatividade. Guarda as lembranças das vidas passadas, provoca sonhos proféticos e sensibilidade apurada, é a sede da nossa vitalidade. É chamado pelos chineses de tan-tien (terra dos remédios). Seu desequilíbrio provoca falta de vontade de realizar as coisas, insatisfação com o que estamos fazendo ou trabalhando, vida sexual desregrada, falta de apetite alimentar e sexual, esterilidade, falta de criatividade.

 

ASPECTOS A SEREM COMPREENDIDOS

Poder de seduzir criatividade e relacionamento.


INFLUÊNCIAS


Desequilíbrio no Físico: desarmonia dos rins, fígado, pâncreas, vesícula e bexiga. Alergias alimentares, problemas menstruais, distúrbios gástricos e intestinais, perda da vitalidade, dores lombares, no sacro e cóccix.

Emocional Equilibrado: União sexual prazeirosa, alegria instintiva, capacidade de planejamento, coragem de viver, paixão, habilidade em relacionar-se, jogo de cintura, flexibilidade, auto-aceitação e paixão pela vida.

Emocional Desequilibrado: Medo, incapacidade de construir, distração, raiva, ódio, inveja, insegurança, falta de paixão, tristeza, manipulação e apego, dependência emocional, vícios e auto-destruição.

Forma Geométrica: Círculo. Representa a forma crescente da lua.


Cor: Laranja - tonifica; é uma cor acolhedora e estimula a alegria. É uma cor social que traz otimismo, expansividade e equilíbrio emocional. Traz confiança e automotivação. Azul ou verde para sedar.
Alimentos que estimulam o chakra: Abóbora, cenoura, milho, laranja, manga, caqui.

 

2chacra

Cores Básicas: Laranja, Vermelho.

Fase da vida: de 8 à 14 anos.

Funções: Energia de criatividade e impulso emocional; é o centro da procriação, manifesta-se sexualmente, mas sob o aspecto de sensação e prazer; fantasias e desejos sexuais. É representado por uma lua crescente. Neste chakra inicia-se a expansão da personalidade. Centro da purificação.

Bija-mantra: "VAM". Responsável pela irrigação energética dos órgãos sexuais. Desenvolvido estimula o funcionamento dos outros chakras. Desdém, abandono, indulgência excessiva, desconfiança, medo, indiferença e sensualidade são alguns dos desequilíbrios ligados a esse chakra.


Cor: Laranja

Sentido: Paladar

Som: Vam

Elemento: Água

Glândulas Endócrinas: Gónadas (ovários - testículos)

Sentido: Gosto

Óleos: Sândalo - cárdamo - gengibre

Minerais: Cornalina - pedra da lua - calcite laranja - opala de fogo

Metal: Estanho

Planetas: Lua

Alimentos: Citrinos - vegetais

Elementos: Água

Corpo Sutil: Corpo emocional

No Corpo: Sangue, linfa, sucos gástricos, rins, bexiga, vesícula

Em Harmonia: Adaptabilidade, satisfação, boa circulação

Em Desarmonia: Má circulação, problemas renais, ciúmes, solidão

Qualidades (polaridade +): Emoções - instintos - sensações - prazer - exercício e movimento - relação com o ‘perceber a linguagem do corpo’

Características (polaridade -): Indulgência permissiva - dificuldades sexuais - inveja - distúrbios uterinos ou orgãos reprodutores

Relação com o corpo físico: Fígado - pâncreas - baço - rins e bexiga - equilíbrio dos fluídos orgânicos - ligações

glandulares com os testículos ou ovários e no fabrico testosterona e/ou estrogéneo - vertebras lombares

Relação com o corpo emocional: Todo o tipo de prazeres físicos ou emocionais - bom relacionamento com o corpo - gosto pela vida

Bloqueios que denunciam a disfunção do chakra: Passividade e negligência - bulimia ou anorexia - não maternidade ou não paternidade

 

O Terceiro Chakra - Manipura (Plexo Solar, Chacra do umbigo)

 

 

chacra3

 


É o chakra que reflete o poder pessoal, atividade intelectual e o desenvolvimento da personalidade e sua influência. Sua cor relacionada é o amarelo, rege o plexo solar, o estômago e o fígado.


LOCALIZAÇÃO

 

Fica no meio das costelas, abaixo do osso externo, sobre a "boca do estômago". Localizado um pouco acima do umbigo. Rege o pâncreas. A área de influência deste chakra é o sistema digestivo: estômago, fígado e a vesícula biliar, além do sistema nervoso.


FUNÇÃO

 

Ele serve para promover a clareza de raciocínio. Benéfico aos estudos e todos os processos de aprendizagem. Cuida de todo o aparelho digestivo. Quando em desequilíbrio, proporciona má digestão, azia, dores no peito, disfunções hepáticas, nervosismo e desinteresse com os estudos.


ASPECTOS A SEREM COMPREENDIDOS

 

Escolhas do que você quer. Individualidade e poder pessoal (como você se vê), sua identidade no mundo.


INFLUÊNCIAS

 

Desequilíbrio no Físico: Má digestão, diabetes, toxinas, úlceras e hérnias, gastrites e problemas de assimilação dos alimentos. Hipocondria, câncer no intestino e anorexia ou bulimia.

Emocional Equilibrado: Impulso para vivenciar as emoções, colocar-se expressando suas próprias qualidades, vontade de liderar, amor a vida, aptidão para experimentá-lo com plenitude, propósitos definidos de ações, intuição, ternura e boa vontade. Auto-estima, confiança e alegria.

Emocional Desequilibrado: Ansiedade, egoísmo, vaidade, ciúme, preconceitos, ira, timidez, intransigências, abuso de poder, impaciência, preocupação. Não sabe dizer não. Desconfiança, arrogância e baixa auto-estima.

Forma Geométrica: Triângulo invertido, sugerindo o movimento descendente da energia.

Cor: Amarelo dourado para tonificar.

Cores Básicas: Verde, Vermelho, Amarelo.

Alimentos: Manteiga, gema do ovo, cenoura, batata doce, abóbora, banana, abacaxi, melão, pêssego, limão.

Gemas: Citrino, topázio, cornalina amarela.

Mantra: Ram (lê-se o "R" com em vidro) - o principal ponto de concentração durante a produção deste som é o umbigo. Traz longevidade.

Elemento: Fogo auxilia a digestão e a absorção do alimento fornecendo a energia vital.

Fase da Vida: De 14 à 21 anos.

Bija-mantra: "RAM". Responsável pela irrigação energética do sistema digestório. Desenvolvido, facilita a percepção de energias ambientais. Raiva, irritabilidade, fascinação, ódio, medo, timidez, crueldade, inveja, ciúme, apego cego, melancolia, letargia e ânsia de poder são alguns dos desequilíbrios ligados a este chakra.

 

3chacra

 


Localização Plexo Solar

Cor Amarelo-Azul

Sentido Visão

Som Ram

Elemento Fogo

Glândulas Endócrinas: Pâncreas - supra-renais

Sentido: Visão

Óleos: Limão - lima (citronella)

Minerais: Quartzo citrino - topázio amarelo - âmbar - olho de tigre - calcite dourada

Metal: Ferro

Planetas: Marte

Alimentos: Frutos amarelos (manga, limão, etc.) - vegetais

Elementos: Fogo

Corpo Sutil: Corpo mental

No Corpo: Sistema digestivo, fígado


Harmonia Coragem, criatividade, independência, força

Desarmonia Problemas de fígado, olhos, arrogância, ansiedade

Qualidades (polaridade +): Intelecto - racionalidade - vontade - poder - personalidade - mental

Características (polaridade -): Abuso de poder - raiva - medo - ódio - distúrbios de stress - ansiedade - problemas digestivos

Relação com o corpo físico: Vista - olhos - pele - músculos - alergias - vértebras lombares - pensamento lógico e racional - determinação - vontade - decisão

Relação com o corpo emocional: Sensação da realidade lógica - mentalidade decisiva - liberdade e percepção do próprio poder
Bloqueios que denunciam a disfunção do chakra: Problemas de vista - problemas de pele - problemas musculares - controle e manipulação - dependências - dificuldade de afirmação e de identidade - superactividade mental ou intelectual

PARTE 2

Compartilhe

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Publicidade