O Arquivo
logo

Faça uma doação

Todo o conteúdo disponibilizado no site é gratuito e você pode utilizá-lo livremente. Nossa única fonte de renda provém dos anúncios, o que não é suficiente para cobrir as despesas com a hospedagem. Qualquer ajuda para manter o nosso site no ar é bem vinda. Caso deseje contribuir com qualquer valor, basta clicar na imagem abaixo.





negra1(O Arquivo - Comentário. Todo mundo sabe da existencias das tais listas negras de bancos e financeiras a MUITO tempo. Sao amplamente utilizadas para a proteção dessas "dignas e honradas" intituiçoes. Mas perguntamos: onde fica o direito do cidadão comum que busca, em casos de extrema necessidade, utilizar os serviços prestados por estas?? A verdade é que bancos e financeiras jogam SUJO ...

os valores cobrados SEMPRE são abusivos é a velha questão do LEGAL e do MORAL. E a lista negra, voltamos a repetir, conhecida a MUITO tempo, é uma forma covarde de tentar evitar que o cidadão busque pagar um valor justo e razoável e não a EXTORÇÃO praticada "legalmente" por bancos e financeiras.

Mas claro...imaginem se todos buscassem seus direitos e isso obrigasse essas "dignas e honradas" instituições a cobrarem o justo e o correto? Como conseguiriam manter os lucros FABULOSOS que conseguem ano após ano a custa de um ASSALTO legalizado, mas moralmente desprezível e injustificado???)


Consumidores denunciam “lista negra” de financeiras


30/05/2010 - Financeiras de todo o país estão negando crédito a consumidores que ingressam na justiça com as chamadas ações revisionais de  juros contra bancos. Advogados, vendedores de lojas e até o representante de uma dessas instituições admitem a existência de uma espécie de  “lista negra”, na qual constam os nomes desses clientes . A denúncia foi apresentada hoje pelo “Fantástico”, em reportagem produzida pela  RBSTV.

Segundo denúncias de consumidores, a lista foi organizada pelos próprios bancos para evitar novas ações judiciais, que visam a reduzir o valor das prestações de financiamentos. Assim, quem faz parte dessa lista, tem o crédito rejeitado, mesmo sem estar no SPC ou Serasa.

Em Erechim, no norte do estado, a reportagem localizou um mecânico que teria sofrido esse tipo de discriminação. Alegando que a financeira havia cobrado encargos e tarifas abusivas, ele obteve liminar na justiça local que reduziu a prestação do financiamento da compra de um caminhão em 40%. Ao tentar adquirir um novo caminhão, o crédito foi negado , mesmo sem estar no SPC e Serasa.

- Agora, os bancos me tiram o direito, como se eu fosse um caloteiro, não tava pagando ninguém. Como se estivesse com o nome sujo na praça, o que eu compro não pago. É o inverso. O que eu compro eu pago, mas com o valor correto , reclama o mecânico.

A pedido da equipe da RBSTV, o mecânico gravou uma conversa com o funcionário da financeira onde tentou obter o crédito.

-O banco acabou recusando a ficha em função de uma ação, agora em 2009. Apareceu e eles recusaram por este motivo, disse o funcionário, que confirmou que o cliente estaria na suposta lista.

Com uma câmera escondida, a reportagem confirmou a existência do cadastro paralelo em várias revendas de carros de Porto Alegre, que se valem de financeiras para negociar os automóveis, à crédito.

-Eles têm uma caixa preta lá que eles … que todos que entram com revisional ficam queimados nas financeiras. É um acordo entre eles, declarou um vendedor.

Outro funcionário chegou a fazer uma comparação:

- É mesma coisa que ter o CPF sujo. Mesma coisa, disse.

Em nota, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) afirmou desconhecer a existência de qualquer tipo de cadastro envolvendo ações revisionais de juros. Também em nota, a Associção Nacional das Instituições de Crédito (Acrefi) admitiu que bancos e financeiras fazem, “dentro da lei”, consultas a diversas bases cadastrais, que podem incluir levantamento de informações públicas do poder judiciário.

O artigo 43 do Código de Defesa do Consumidor, a abertura de cadastro, ficha, registro de dados pessoais e de consumo deverá ser comunicada por escrito ao consumidor. O descumprimento desta norma, segundo a coordenadora do Procon no Rio Grande do Sul, Adriana Burger, pode resultar em multa de até R$ 30 milhões.

-O problema desses cadastros é a falta de transparência. O crédito é simplesmente negado para a pessoa sem esclarecer a razão, diz Adriana.


Consumidores reclamam de 'lista negra' para crédito em bancos


30/05/2010 - Clientes que entraram com ações na Justiça dizem sofrer discriminação. OAB pediu explicação às instituições financeiras. Cresce o número de consumidores que alegam ter começado a sofrer restrição de crédito depois de entrar na Justiça pedindo revisão do valor das prestações de um financiamento. É a chamada ação revisional de juros. Rever o valor das prestações é um direito de qualquer cliente de bancos e financeiras, mas consumidores em todo o Brasil se queixam de discriminação quando entram na Justiça.

O caso levou a Ordem dos Advogados do Brasil a pedir explicações às instituições de crédito que atuam no estado.

“Meu nome não está inscrito em nenhum cadastro de restrição - nem SPC e nem Serasa - e não consigo efetuar nenhuma compra em nenhuma loja”, reclama um consumidor.

A advogada Maria Cristina Siqueira afirma que instituições financeiras mantêm uma lista secreta com nomes das pessoas que pedem na justiça a revisão de um contrato de financiamento.

“Esse banco de dados é interligado entre as instituições financeiras, e quando o cliente efetivamente se dirige a uma loja para adquirir um produto financiado, mesmo que não haja qualquer tipo de negativação no seu CPF, ainda assim o crédito lhe é negado”, aponta a advigada.

A lista paralela prejudicaria até os profissionais que representam consumidores em ações revisionais. É o caso do advogado João Arruda Brasil Neto, que trabalha no Mato Grosso do Sul: “Eu já tive o crédito restrito em virtude desta informação de que o meu nome estaria nas listas de advogados que entraram com revisionais”.

“Vamos oficiar todas as entidades financeiras perguntando sobre a existência ou não desta lista e os advogados que militam contra os bancos, perguntando a eles se eles sabem da existência da chamada lista negra, se eles podem atestar, se já foram prejudicados pela existência da lista negra”, avisa o presidente da OAB-MS, Leonardo Avelino Duarte.

Muitas queixas


Mesmo com o nome limpo na praça, uma consumidora do Rio de Janeiro diz que não consegue qualquer tipo de financiamento: “Fui tentar tirar um cartão de crédito; também não consegui”.

Um consumidor do Rio Grande do Sul faz a mesma acusação. Ele diz que o histórico de crédito está limpo, mas tem uma ação revisional de juros aberta no ano passado, e por isso não consegue financiar a compra de um caminhão zero quilômetro.

O consumidor gravou um telefonema dado à financeira. Do outro lado da linha, o funcionário confirma a existência da lista.

Funcionário - O banco acabou recusando a ficha em função de uma ação, agora em 2009. Apareceu lá e daí eles recusaram por este motivo. Eles fazem consulta agora de todos os clientes que pedem financiamento para ver se tem ação contra banco.
Consumidor - Então, na verdade, eu estou na ficha negra.
Funcionário – É, infelizmente, no momento, sim.

“Eu estava tranquilo, continuo pagando a dívida. Mas hoje eu não consigo comprar um fusca velho, quanto mais um caminhão novo”, reclama o gaúcho.

A reportagem do "Fantástico" se apresentou como cliente em oito revendas de carros. Depois que o repórter diz que tem uma ação revisional contra um banco, os vendedores, que não sabem que estão sendo gravados, confirmam a existência da lista.

Vendedor -  Têm uma caixa-preta lá que todos que entram com revisional ficam queimados nas financeiras.  É a mesma coisa que ter o CPF sujo.


Outro lado


Em nota enviada ao "Fantástico", a Federação Brasileira de Bancos afirma desconhecer qualquer banco de dados sobre ações revisionais.

Também em nota a Associação Nacional das Instituições de Crédito afirma que os bancos e financeiras fazem, dentro da lei, consultas a diversas bases cadastrais que podem incluir levantamentos de informações públicas do Poder Judiciário.

Mas, segundo o artigo 43 do Código de Defesa do Consumidor, a abertura de cadastro, ficha, registro e dados pessoais e de consumo deverá ser comunicada por escrito ao consumidor. O descumprimento do artigo pode gerar a multa de até R$ 30 milhões.

A coordenadora do Procon do Rio Grande do Sul, Adriana Burger, confirma que é discriminação negar crédito a quem entrou na Justiça.

“O problema destes créditos é a falta de transparência. É simplesmente negado para a pessoa sem esclarecer a razão. Nós acabamos deduzindo que foi porque ela entrou com uma ação no Judiciário. Mas a empresa nega o serviço, nega a venda deste produto e não diz claramente qual a ração. Então, há um cadastro paralelo, há um cadastro negro, há um cadastro pardo, que não é oficial e que restringe os direitos das pessoas”,.

O consumidor que tem o nome limpo na praça mas não consegue crédito por causa de ação revisional pode procurar o Procon. Se possível, deve levar provas ou testemunhas.

“O que eu compro eu pago, mas com o valor correto”, diz o consumidor gaúcho.

 

Fonte: Portal G1
http://wp.clicrbs.com.br/diretodafonte/

Comentários   

 
#21 Guest 18-12-2013 15:49
Recentemente foi a uma concessionario adquirir um veiculo e o vendedor diz que o meu nome esta na lista negra não estou nem no SPC ou Serasa ,vou procurar os meus direitos e vou processar esta financeira por passar constrangimento
 
 
#20 Guest 03-09-2013 21:08
Recentemente paguei uma pendencia que estava no meu nome e logo depois estou tentando ter credito e nao consigo de forma nenhuma.Tentei financiar carro e foi negado,tentei cartão de crédito e negado até cartão do carrefour e foi negado. Acho isto um absurdo, pois como é que vou aumentar o tal do score se ninguem dá crédito.
 
 
#19 Guest 18-07-2013 12:57
estou tentando financiar um carro mais nao esta dando certo devido ao um tal de score do serasa é uma pontuação que o consumidor tem que ter eu tentei comprar um celular no valor de 799.00 minha renda é 1599.00 e financiadora lozango nao aprovou sai da loja indignado humilhado quase que eu voltei a loja e comprei tudo que tem la avista ja que nao consigo comprar mais nada desde que estou com esse problema eu nao gasto mais meu dinheiro so invisto na poupança ja estou com o dinheiro do carro avista mais ainda sim quero financiar pq sou um trabalhador meu nome esta limpo cumpro com minhas obrigaçoes e consegui ver meu score ele esta com 0281 eu vi na casas bahia assim que so la eu consegui comprar meu celular
 
 
#18 Guest 28-05-2013 23:48
Fui a uma loja LEADER, para adquirie um cartão , fui informado que não poderia te-lo, pois tinha restrições perguntei quais, ela não soube me informar, meu nome esta limpo.Achei que eles deveriam ser mais claro......
 
 
#17 Guest 16-05-2013 16:17
eu me encontro nessa cituação hoje,financiei uma moto,ja quitei mas o banco alega que não paguei,e colocou meu nome no spc serasa,entrei com uma ação na justiça e o juiz mandou o banco limpar meu nome,só quer continuo sem poder fazer cartão de credito,e não consigo compra nada,meu advogado falou que eu tenho que prova que meu nome esta na lista negra mas eu não consigo provar,o que devo fazer?
 
 
#16 eneias b gaudencio 13-08-2012 02:14
eu tenho 3 contrato ja quitado renda conprovada suficiente para arcar com o valor das parcela um dos contrato foi quitado a dia 10 atras mesmo pagando tudo em dia foi nagado alguem sabe me respoder.
E que os agem de má porque eles sabem dessa lista e não nos avisa tenho quase serteza q eles não fazem isso para eles mesmo . só querem dinheiro com as degaça dos outros é tudo farinha do mesmo saco .
 
 
#15 Guest 24-02-2012 01:43
mesmo c/ nome limpo, e tendo movimentação bamcária e possuindo comprovante de renda, não consegui finaniamento p/ um carro popular, p/ajudar no tratamento do meu filho, não jutificaram, o panamericano, o funcionário informou q. eu não possuo as características do cliente deles após ter levado meus docto. p/ o gerente, antes até havia negociado o valor. tdos não informaram apenas negaram e realmente existe a lista negra e se vc. fez alguma reclamação no bacen, não consegue emprestimo ou crédito em lugar algum, é uma máfia. Se existe alguém ou entidade q.tome providências sera ótimo pois enquanto existir, os tais consignados, eles mantem esta política.de exclusão. então deveríamos fazer uma lista dos bancos e entidades q. negaram e não mais, fechar qualquer negócio.
 
 
+2 #14 Guest 20-11-2011 18:45
tentei um finaciamento dando de entrada 30%,mais foi negado?como o artigo 43 do cdc pode e deve me ajudar?
 
 
+4 #13 Guest 20-08-2011 20:03
existe sim esta lista a pouco tempo tentei financiar um carro o vendedor tentou passar a ficha em mais de dezzzzz bancos e depois de eu muito insistir ele me revelou que o meu perfil de credito é considerado como auto risco sendo que entrei com a acao ja tem mais de tres anos para comprovar esta suposta lista fui ao banco em que sou correntista e pedi para o gerente aumentar o limite da minha conta e do meu cartao de credito nao foi possivel perguntei a ele porque ele me informou como desculpa que eu deveria investir um pouco mais em servicos como seguros ou aplicacoes sendo que recebo meu salario por esta conta que é mais de quatro mil reais que uso o debito automatico para pagar varias contas inclusive os dois cartoes de creditos desta financeira que é o banco do brasil se alguem souber como de resolve este problema me ajudem
 
 
#12 Guest 07-04-2011 19:33
É lastimável essa lista negra dos bancos.
Estive nessa situação de vexame quando precisei fazer um emprestimo no Bradesco, mas eles não revelam claramente o motivo. Tenho uma ação revisional e foi assim que descobri a razão da recusa do emprestimo. O que fazer? Eles são poderosos e ai quem vai nos socorrer???
 

Adicionar comentário

ATENÇÃO:
- Não utilize os comentários para fazer perguntas ou enviar mensagens à administração do site;
- Não utilize palavrões;
- Não faça comentários ofensivos.

Código de segurança
Atualizar

20mg LevitraViagra Online


Curta nossa página