Físico confirma correlação entre gravitação e eletromagnetismo

gravitacao2Fran de Aquino, professor do Depto. de Física da Universidade Estadual do Maranhão, conseguiu num estudo inédito chegar a um resultado que Albert Einstein nunca obteve. O brasileiro desenvolveu uma pesquisa provando que há uma relação direta entre a radiação absorvida por um corpo e sua massa gravitacional, independente da massa inercial. Na pratica, o pesquisador conseguiu produzir um sistema de controle da gravidade, ...

construindo em laboratório um aparelho anti-gravitacional. "Essa descoberta já confirmada experimentalmente elimina de uma vez por todas a forma primitiva do principio que pressupunha que as massas gravitacional e inercial eram equivalentes", afirma Aquino. As conseqüências da pesquisa são importantes não apenas do ponto de vista teórico, mas também tecnológico, pois abre a possibilidade de controle eletromagnético da gravidade. "O trabalho demonstra de forma definitiva a correlação entre gravitação e eletromagnetismo, o que era uma suspeita nunca comprovada", diz.

Quase todas as áreas poderão se beneficiar da descoberta, de acordo com o físico. "Haverá enormes benefícios para os sistemas de transporte e de geração de energia. A energia que usamos, no futuro, poderá ser extraída diretamente do próprio campo gravitacional da Terra e sua utilização não deverá cau-sar poluição", observa.

Na construção civil, blocos de grandes dimensões poderão ser removidos sem o uso de guindastes. A conquista espacial deverá ser a primeira a se beneficiar e a própria Nasa, agencia espacial norte-americana, já estuda métodos de controle da gravidade para facilitar as missões ao espaço. O professor recebeu uma proposta de US$ 600 mil do Departamento de Energia dos EUA, que pretende validar suas pesquisas. Segundo Aquino, alguns editores de revistas cientificas internacionais estão pedindo para publicar o trabalho, que pode ser visto na integra no site do Laboratório Nacional de Los Alamos, nos EUA.gravitacao1O pesquisador afirma que não irá patentear o sistema que desenvolveu. "Ele pertence a todos nós". A descoberta de Aquino de que as massas gravitacional e inercial não são equivalentes é questionada por Fernando Moraes, professor da UFPE. "As idéias, teorias e experimentos do professor Aquino devem ser analisadas e testadas pela comunidade cientifica mundial, o que se constitui num processo usual no meio cientifico".Doutor em Física da Matéria Condensada pela Universidade da Califórnia (EUA), Moraes lembra que os resulta-dos de Fran de Aquino não foram publicados em revistas especializadas. Para ele, um trabalho com o impacto que esse experimento se propõe a ter deveria ser publicado na Physical Review Letters ou Nature. Os resultados de Fran de Aquino podem ser encontrados, no entanto, no site http://xxx.lanl.gov/find/gr-qc . "Mas, esse site é apenas um deposito de artigos. Qualquer pessoa pode colocar o que quiser lá, pois não passa por nenhum crivo dos cientistas", alega Moraes. Segundo ele, esta não é a primeira vez que esse tipo de resultado é anunciado, violando as leis da física conhecidas, e depois não é confirmado por outros pesquisadores. "A teoria da Relatividade Geral, de Einstein, que descreve a forca gravitacional, tem sido submetida aos mais diversos testes experimentais sem ter precisado sofrer modificações nos seus fundamentos até o presente". Uma descoberta como a anunciada, de controle da forca gravitacional por meios eletromagnéticos, se comprovada, teria repercussões fortíssimas e exigiria revisões nas teorias sobre as interações fundamentais da natureza", explica Moraes.


Brasileiro descobre segredos da gravidade


Nota do Centro de Estudos de Inteligência Extraterrestre (Csetti), ligado à Universidade de Berkeley (EUA), divulgou notícia que deixou os meios científicos em expectativa. Segundo o diretor Tony Craddock, que a confirma, o professor Fran de Aquino, da Universidade Estadual do Maranhão, conseguiu mostrar como produzir antigravidade e teria demonstrado com sucesso os resultados com a construção de aparelho antigravitacional. Fran de Aquino afirma ter lançado bases teóricas para a unificação das forças gravitacional e eletromagnética, objetivo frustrado de Albert Einstein. Seus estudos foram lidos por 36 cientistas de todo o mundo que o avalizaram, afirmando que tudo está rigorosamente correto.

O site do Laboratório Nacional de Los Alamos www.arxiv.org registra todos os estudos, como também do Cseti www.cseti.org e o professor Fran de Aquino afirma que ‘‘podemos concluir facilmente que as forças gravitacionais podem ser reduzidas, anuladas e invertidas através da radiação eletromagnética’’. Essa notícia foi colhida na Internet, mas sua confirmação trará novos horizontes para a ciência mundial.

http://www.inova.unicamp.br/inventabrasil/franaq.htm 


A Célula de Controle de Gravidade


eletro2Um dispositivo, denominado Célula de Controle de Gravidade, que tem a propriedade de reduzir, anular, inverter e intensificar a intensidade da gravidade local foi desenvolvido a apartir da descoberta da existência de correlação entre a massa gravitacional e massa inercial publicada no artigo "Mathematical Foundations of the Relativistic Theory of Quantum Gravity", Copyright © 2002-2008 por Fran De Aquino, disponível em: arXiv - physics/0212033. Neste artigo mostra-se que qualquer substancia submetida à ação de um campo eletromagnético tem sua massa gravitacional reduzida, e que a aceleração da gravidade em qualquer direção transversal à substancia fica reduzida na mesma proporção em que a massa gravitacional da substancia foi reduzida. De acordo com esse princípio, denominado aqui de Principio Geral de Controle de Gravidade, a alteração na massa gravitacional da substancia e na aceleração da gravidade em qualquer direção transversal a substancia é diretamente proporcional ao produto da densidade de energia eletromagnética aplicada pelo índice de refração, e inversamente proporcional à densidade de massa da substancia (q.v. "Mathematical Foundations of the Relativistic Theory of Quantum Gravity" ) .

O uso de gás, em ultra-baixa pressão, decorre do fato de que os gases têm baixa densidade de massa e, quanto menor a pressão menor também a densidade de massa do gás. A "Célula de Controle de Gravidade" é um dispositivo sem precedente na literatura. Do ponto de vista tecnológico, existem diversas aplicações para esta invenção; certamente ela mudará os paradigmas de geração de energia ( ENERGIAG), transportes e telecomunicações . Conforme mostrado no artigo "Gravity Control by means of Electromagnetic Field through Gas at Ultra-Low Pressure" as "Células de Controle de Gravidade" podem ser utilizadas para converter energia gravitacional em energia mecânica de rotação, e a partir deste Motor Gravitacional gerar energia elétrica por meio de um gerador de energia elétrica convencional, acoplado ao Motor Gravitacional. Elas também podem ser usadas para produzir propulsão, neste caso o sistema propulsor, denominado de Propulsor Gravitacional pode produzir empuxos de até varias centenas de Kilonewtons. Estes propulsores gravitacionais podem ser utilizados como elementos básicos de impulsão no projeto dos mais variados sistemas de transporte, certamente terão aplicações, nos mais diversos processos industriais, provavelmente esta tecnologia encontre aplicações numa infinidade de outras áreas da atividade humana.

Podem ainda ser usadas na construção de uma prensa Gravitacional de Ultra-Alta Pressão, conforme detalhado no artigo "Gravity Control by means of Electromagnetic Field through Gas at Ultra-Low Pressure". Em naves aeroespaciais (Espaçonave Gravitacional)elas têm muitas aplicações, por exemplo, para produzir gravidade artificial no interior da nave. Como conseqüência do Principio Geral de Controle de Gravidade e das "Células de Controle de Gravidade" surge então um novo conceito de espaçonave e vôo aeroespacial, surge também um novo benefício para a área das telecomunicações com a possibilidade de serem construídos transmissores e receptores cujo funcionamento se fundamenta no método de controle da gravidade aqui descrito. Estes sistemas podem também serem projetados para transmissão de potencia elétrica sem o uso fios elétricos. (q.v."Gravity Control by means of Electromagnetic Field through Gas at Ultra-Low Pressure").


GRAVIDADE
 

eletro1A Gravidade é a força que nos puxa para baixo? *A Gravidade forma junto com o eletromagnetismo as forças nucleares forte e fraca (chamadas nucleares, pois ocorrem no núcleo dos átomos e também são muito importantes, mas não se manifestam diretamente em nossa vida) e são um dos quatro pilares da Física. Possuindo várias ramificações como a mecânica, óptica, eletricidade, termologia, ondas e a física moderna, esta última é toda a física desenvolvida a partir do século XX.  *Gravidade é uma força natural que atrai os corpos para o centro da terra. Mantendo os mesmo em posição perpendicular ao seu eixo ou centro gravitacional, no nosso caso em pé. Este eixo chamado Centro Gravitacional é localizado no centro de simetria do ser humano, na altura do diafragma (mais ou menos), onde se supõe aplicado o seu peso corpóreo, para um movimento rotatório. Sendo o responsável por não afundarmos quando imersos em água, por exemplo. O que nos permite também flutuar (boiar) quando estamos sobre a água ou algum outro líquido com a mesma densidade que a água do mar ou rio. Ou quando voamos nossos corpos são como que “puxados” de volta para a terra.  *Em 1600 William Gilbert, após estudos decisivos da bússola, deduziu que o interior da Terra deveria ser formada por alguma espécie de rocha magnética, provavelmente magnetita.  *Hoje sabemos que a Terra é formada por ferro e níquel submetidos às altas temperatura e pressão, tornando-se facilmente magnetizáveis, porém se considerarmos a elevada temperatura do núcleo da Terra seria improvável que estes minerais sejam os responsáveis pelo magnetismo terrestre. De acordo com estudos geológicos atuais, acredita-se que o magnetismo da Terra seja causado pelo aparecimento de correntes elétricas no interior do globo, criadas pelo atrito interno entre as várias camadas do planeta que estão em movimento, tratando-se, portanto de eletromagnetismo.

*A gravidade em nossas atividades cotidianas, dá-se pela necessidade que temos de vários tipos de matéria e energia, para nossa sobrevivência. Onde precisamos ingerir vários tipos de alimentos, para que estes nos forneçam energia às funções vitais como andar, correr e até piscar os olhos.

*Para existir energia são necessários massa e volume, que são diferentes, mas juntos originam o peso. Por sua vez o peso é uma forma de força de atração gravitacional que a Terra exerce sobre um corpo.

*Também, gravidade é a mais fraca das quatro forças da Natureza. Ela ocorre entre dois corpos quaisquer. Ela é responsável pela formação e permanência dos corpos que vemos hoje por todos os lugares do Universo. Foi por causa da gravidade, que juntou lentamente gases e poeira cósmica para formar as estrelas, os planetas, as galáxias e outros, sem ela, o Universo não existiria como o compreendemos hoje.

*A Lei da Gravidade diz que “a matéria atrai a matéria na razão direta das massas e na razão inversa do quadrado da distância". Então, quanto mais massa, mais gravidade. Gravitação que é o mesmo que gravidade é a força de atração que existe entre todas as partículas com massa no universo.

*A relação entre gravidade e eletromagnetismo, sempre foi algo de difícil comprovação científica, pois trata-se de uma ligação pequena e distante até a atualidade.


Novas Descobertas
 

*Ao estudamos este assunto descobrimos que Albert Eisntein, mentor da teoria da relatividade, procurou provar até o fim de sua vida a correlação entre Gravidade e Força Eletromagnética, não o conseguindo, porém lendo mais sobre o assunto descobrimos dados de que Fran de Aquino, professor do Departamento de Física da Universidade Estadual do Maranhão, conseguiu num estudo inédito chegar a um resultado que Einstein nunca obteve:

*Este brasileiro desenvolveu uma pesquisa provando que há uma relação direta entre a radiação absorvida por um corpo e sua massa gravitacional, independente da massa inercial. Na prática este pesquisador conseguiu produzir um sistema de controle da gravidade, construindo em laboratório um aparelho anti-gravitacional. 

*As conseqüências da pesquisa são importantes não apenas do ponto de vista teórico, mas também tecnológico, pois abre a possibilidade de controle eletromagnético da gravidade.O trabalho demonstra de forma definitiva a correlação entre gravidade e eletromagnetismo, o que era uma suspeita nunca comprovada.

*Desta forma quase todas as áreas poderão se beneficiar da descoberta: Haverá enormes benefícios para os sistemas de transporte e de geração de energia. A energia que usamos, no futuro, poderá ser extraída diretamente do próprio campo gravitacional da Terra e sua utilização, assim, não deverá causar poluição. Na construção civil, blocos de grandes dimensões poderão ser removidos sem o uso de guindastes. A conquista espacial deverá ser a primeira a se beneficiar.

*É bom salientar que a teoria Quântica da Gravidade, do professor Fran de Aquino não invalida a teoria de Einstein, apenas a complementa.

 


Fonte: http://forum.outerspace.terra.com.br/showthread.php?t=184062
       http://proavirtualg5.pbworks.com/Gravidade

Compartilhe

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Publicidade