O Arquivo
logo

Faça uma doação

Todo o conteúdo disponibilizado no site é gratuito e você pode utilizá-lo livremente. Nossa única fonte de renda provém dos anúncios, o que não é suficiente para cobrir as despesas com a hospedagem. Qualquer ajuda para manter o nosso site no ar é bem vinda. Caso deseje contribuir com qualquer valor, basta clicar na imagem abaixo.





espelho1"Espelho, espelho meu, Sai do espaço profundo E vem dizer se há no mundo Mulher mais bela do que eu"... (Fala da Madrasta no conto "A Branca de Neve") Na cena clássica da obra citada, a madrasta como sempre, é a pessoa má que substitui a mãe. Uma figura que a Igreja deturpou na Idade Média, para evitar a aceitação do rompimento dos casamentos mal realizados e os de conveniência tão comuns na época e hoje em dia, era uma feiticeira que pede conselhos ao espelho, que desempenha o papel de consciência representante da sabedoria interior e intermediário entre o presente, o passado e o futuro, e conselheiro das soluções dos problemas.

A madrasta é a representação das pessoas independentes, inteligentes, e que alcançam seus objetivos, e que não aceita as histórias falsas das criadas que vão se casar com príncipes. Por isso, a Igreja criou este estigma sobre as pessoas que trazem a razão da realidade sobre o povo que crê em dar pouco e receber muito, ou nada fazer e tudo receber. E nós que buscamos esclarecer e restabelecer o Plano que os Mestres Druidas conhecem e servem, vemos que deturparam uma história e mostram uma falsa realidade e solução de problemas sociais com fadas madrinhas adulteradas que dão sapatinhos de cristal, que é uma analogia aos espelhos mágicos, para que os príncipes encantados as reconheçam.

Mas não é o que a realidade mostra, pois espelhos mágicos foram quebrados e escondidos, os "príncipes encantados" estão pobres, as cinderelas abandonadas, e os espelhos estão calados, como por acaso, no espelho mágico da madrasta da Branca de Neve, que também foi calado.


O Espelho Mágico


A palavra espelho vem do latim SPECULUM, e deu nome à "especulação", que originalmente, significava observando as estrelas através do "espelho" e, da palavra "estela" (SIDUS), vem consideração, que etimologicamente significa olhar o conjunto de estrelas. E essas duas palavras abstratas, que hoje representam operações intelectuais, nasceram do estudo dos astros refletidos no espelho.

O que reflete o espelho?

A verdade, a sinceridade, e o conteúdo do coração e da consciência. No panteão indo-budista, o deus YAMA, senhor do reino dos mortos, julga as almas através de seu espelho do Karma, pois não há como esconder nada do reflexo do espelho. Segundo as lendas contadas nos livros druidas, os espelhos mágicos são símbolos lunares e femininos, símbolo da realeza, e representa a união conjugal e o espelho partido a separação. Sendo o número oito sagrado para os druidas, usava-se um espelho octogonal nas casas para poder reconhecer e afastar o mal.

Este tipo de espelho é intermediário entre o modelo redondo (celeste) e o quadrado (terrestre). O reflexo do homem não lhe é dado apenas pelo bronze polido ou água adormecida, segundo o Arquidruida SELGEN:

-"O homem se utiliza do bronze como espelho. O homem se utiliza da antiguidade como espelho. O homem utiliza o próprio homem como espelho.”

O uso do espelho para adivinhação remonta à PÉRSIA.

E, PITÁGORAS, segundo a lenda, tinha um espelho mágico dado pelos druidas, que ele apresentava à face de uma determinada LUA, antes de ver nele o futuro, como faziam os druidas e as feiticeiras da TESSÁLIA, e seu emprego é o inverso da necromancia, simples evocação dos mortos, porque ele faz aparecer homens que ainda não existem ou que desempenham uma ação qualquer que, na verdade, só executarão mais tarde.

Nas "escolas druidas" havia o espelho de grau, no qual o aprendiz via seu reflexo e nele mostrava a forma física, e só passava após o reflexo estar bem claro, este era o espelho de bronze.

No grau dois, ao olhar via o reflexo de sua alma, e muitas vezes se assustava com a essência de seu interior que refletia o horrendo, e trabalhava até que o reflexo da alma fosse claro, e este era o espelho de água.

No grau três, a iniciada busca não ter reflexo no espelho, é o de cristal.

Para quem quer possuir seu espelho mágico, que é pessoal e intransferível, que é como sua senha bancária, ninguém pode saber e usar, a não ser seu professor, deve tomar os seguintes cuidados e dicas:

1 - Procure uma pessoa que conheça o assunto, pois você não estará revelando somente segredos físicos e astrais;

2 - Faça você o espelho com uma face virgem, e a moldura de sua escolha, terrestre, celeste, etc...

3 - Em quarto escuro sob a luz de uma vela na cor azul índigo, e seu reflexo deve ser o primeiro;

4 - Espelhos de previsão devem ser guardados envoltos no linho branco e em uma caixa negra;

5 - Estes procedimentos são práticas e requerem maiores detalhes, mas lembrem-se que a família imperial japonesa guarda o seu espelho sagrado em um santuário especial, o qual é vedada a presença de não membros da família real.

Estes ensinamentos e referências têm o propósito de orientar e esclarecer dúvidas daqueles que estão no Caminho e buscam maiores fontes para completar seus trabalhos iniciáticos.

Poucos conhecem que o único reflexo, neste objeto de tamanha importância de auto conhecimento até agora despercebido, era o da personalidade e não da alma, e muito poucas pessoas estão prontas para verem o reflexo da alma.


PARA MAGNETIZAR O ESPELHO MÁGICO(esta é uma antiga prática irlandesa muito utilizada pelos camponeses.)


Peque um espelho e unte-o com uma mistura de sal e limão. Aguarde uma noite de Lua crescente e “aprisione-a” no espelho (refletindo nele sua imagem). Seu espelho estará magnetizado, sempre que quiser peça para que a Luz, que agora mora dentro dele, ilumine seus caminhos.


Usar o espelho mágico requer conhecimento

espelho2


O uso de espelhos mágicos para propósitos de magia ritual tem sido, até agora, pouquíssimo recomendado nos livros de magia, desde que somente um número muito limitado de iniciados tem estado familiarizados com a correta aplicação dos condensadores fluídicos com respeito aos espelhos, e estes iniciados mantiveram isto em grande segredo.

O espelho mágico é um auxiliar mágico que não é absolutamente necessário, mas o mago sempre irá apreciar como um bom suporte ao seu trabalho, especialmente quando operando com poderes ou seres de inteligência menor.

Em alguns casos o espelho mágico pode inclusive substituir o triângulo mágico. Um espelho mágico preparado com um condensador fluídico é de grande vantagem, mas se o mago não tiver tal condensador ele poderá ter sucesso sem ele; ou seja, um espelho ótico mágico será suficiente.

Eu dei uma completa descrição do uso de espelhos mágicos em um capítulo à parte do meu primeiro livro "iniciação ao Hermetismo", conseqüentemente eu somente devo dizer algo sobre o propósito em que o espelho mágico é servir em conexão com evocações e em que modo possam facilitar aquele trabalho. Em magia ritual pode ser utilizado para os seguíntes propósitos:

1. Para entrar em contato com poderes e seres e faze-los visíveis. Pora este propósito, o espelho mágico é tanto colocado no triângulo, ou o que seria inclusive mais vantajoso, fixado na ponta superior do triângulo, em seu exterior. A carga ou impregnação do espelho com o poder desejado vem aseguir. Empregando sua imaginação você deve concentrar seu desejo para o propósito pensado no poder condensado – volt antes da atual evocação.

2. O espelho magico, em segundo lugar, pode ser usado para impregnação do espaço em cujo caso a dinâmica necessária será automaticamente preservada durante o completo período da evocação sem que o mago precise prestar atenção a ele, assim sendo apto a concentrar-se totalmente nas outras fases de seu ritual, por exemplo, na materialização ou na clarividência. Em tal caso o espelho deve ser colocado em um canto da sala, assim sua influência irá trabalhar em todo espaço da operação mágica relevante.

3. O espelho deve ser empregado como uma força magnética para atrair o ser que está para ser evocado. Para efetuar isto a superfície do espelho deve ser carregada com condensador fluídico em fronte da direção na qual deva operar. O espelho tem então de ser colocado no centro do triangulo ou ao topo de sua ponta superior.

4. Adicionalmente, o espelho mágico pode ser usado como um acumulador ou condensador – assim muito poder qualitativo e quantitativo pode ser acumulado para permitir ao ser evocado trazer à tona o efeito desejado. Não importa se , neste caso, o ser é transformado pelo auxílio do poder condensado em uma forma visível ou se algum outro resultado ou efeito é pretendido. Tudo isto realmente depende no que um mago deseja alcançar.

5. Além disso, o espelho mágico pode substituir um telefone. Para este propósito o condensador fluídico pode ser carregado com o Akasha e um estado sem espaço nem tempo tem de ser criado pela força da concentração. A evocação então tem que ser falada no espelho. O espelho mágico assim torna-se um canal astral de comunicação.

Não somente é este o metodo do mago para chamar perante ele um certo ser ou poder; o ser por sí só é capaz de falar ao mago através do espelho.

O mago pode então as vezes ouvir a voz do ser não somente mentalmente ou astralmente, mas também fisicamente, como se ele estivesse falando através de um alto-falante.

Em princípio estará, entretanto, sobre o mago escolher a esfera na qual o espelho deva operar. Um espelho carregado para o mundo físico tornará possível para pessoas não treinadas em magia ouvirem a voz de um espírito.

Claro, dois magos, igualmente bem treinados podem, se eles escolherem, conversar um com o outro através de grandes distâncias – não somente astralmente e mentalmente, mas também fisicamente – através deste método do espelho, e eles irão ouvir, se assim eles desejarem, cada palavra através de suas orelhas físicas.

6. Ainda há ainda um outro propósito do espelho servir em magia ritual: para proteção contra influências não desejadas. A condensação de luz geralmente traz isto à tona. Quando carregando o espelho o mago tem que concentrar em seu desejo de manter longe todas influências não desejadas. O poder de radição de um espelho carregado deste modo pode ser grande o suficiente para prevenir qualquer larva, fantasma, etc. de aproximar-se do espaço no qual o mago está operando; Elas não devem, sob nenhuma circunstancias que sejam, penetrar neste espaço. Assim neste caso o espelho tem que ser colocado de modo a erradiar toda sala ou espaço aonde a importante operação mágica é executada.

Em geral, o mago terá seu espelho servindo somente a um único propósito. Ele irá somente aplica-lo para aquele tipo de problema que parece a ele o mais difícil. Em magia cerimonial, o mago pode, se ele quiser, usar mais de um espelho mágico como um auxiliar mágico, de modo a alcançar seus objetivos e facilitar seu trabalho.


O poder energético dos espelhos


Por Franco Guizzetti - Um dos instrumentos mais poderosos do Feng Shui para trabalhar com a energia dos ambientes é o espelho. Este instrumento que reflete imagens aparece nas histórias e folclores de muitas civilizações em diferentes épocas. Um espelho colocado do lado de fora da casa ou ambiente, pode "espantar" ou expulsar as energias negativas que podem nos rondar.

Colocar espelhos na porta de entrada, pelo lado de fora numa altura de 1.80 m, é muito usual no Feng Shui para impedir que energias negativas ou ruins entrem nos ambientes. Em geral, se coloca um ba guá de proteção com um espelho no meio para proteger a porta de entrada. É aconselhável para quem tem mais de uma porta de entrada, proteger cada porta com um ba guá com espelho ou só com um pequeno espelho. E por falar em porta de entrada, uma das dúvidas comuns das pessoas é se pode ou não colocar um espelho na parede em frente a porta de entrada de uma sala.

Em geral, se este espelho for pequeno, não há nenhum problema. Mas, se for um espelho grande não é recomendado, pois irá rebater para fora da casa toda e energia que irá entrar por porta - tanto as boas, quanto as más. Já que falamos de sala, espelhos estrategicamente colocados neste ambiente podem dar uma idéia de ampliação quando sentimos o local pequeno e apertado ou, mais iluminado quando os espelhos ficam de frente a uma janela ou se refletir uma luminária.

Quando o espelho é colocado num ambiente de frente a uma janela ou varanda, a imagem que aparece na janela/varanda é refletida dentro do ambiente pelo espelho. Se esta imagem for uma jardim, um parque, uma montanha, o mar ou qualquer outra bela e energizante paisagem, como toda a certeza teremos também uma bela e revigorante imagem refletida em nosso ambiente. Mas, se a imagem que aparece na janela, for por exemplo um lixão ou um prédio abandonado, com certeza não uma boa imagem e energia para ser ter refletida dentro dos ambientes.

Numa sala de jantar, um local da casa onde temos uma concentração de energias de prosperidade e união familiar, colocar um espelho numa das paredes desta sala que reflita a mesa de jantar irá simbolizar a idéia de "dobrar " a energia de prosperidade que este ambiente perpetua. Numa cozinha, podemos colocar um espelho na parede ao lado da mesa da copa, para que também esta seja dobrada e sua prosperidade. Podemos colocar um pequeno espelho atrás do fogão, para que o fogo das bocas seja refletido e dobrado, já que o fogão representa o cofre da casa e, assim o espelho irá duplicar sua riqueza. Muita atenção a usar espelhos num quarto de dormir!

O Feng Shui recomenda não colocar o espelho na parede que fica de frente a cama, pois um espelho nesta posição irá refletir os pés de que quem esta deitado na cama e, para o chinês, é sinal de má sorte. Num corredor pequeno ou hall de entrada é muito interessante colocar um espelho médio ou grande em uma das paredes, pois teríamos a idéia de ampliação do espaço e da energia que por ali circula. Já para quem tem corredor muito longo é muito recomendado colocar um espelho pequeno no fim deste corredor para que a energia que vem acelerada pelo corredor bata no espelho e volte.

Nos banheiros e lavabos podemos ter espelhos sem nenhum problema. Uma outra boa dica para banheiros é colocar um pequeno espelho na porta do banheiro pelo lado de fora para evitar o roubo de energia dos ambientes vizinhos. Mas atenção: mantenha a porta sempre fechada.

Fonte: http://olivrodabruxa.blogspot.com
            http://www.terra.com.br
            http://www.mortesubita.org

Adicionar comentário

ATENÇÃO:
- Não utilize os comentários para fazer perguntas ou enviar mensagens à administração do site;
- Não utilize palavrões;
- Não faça comentários ofensivos.

Código de segurança
Atualizar

GoogleNews


Curta nossa página