Plantas, frutas,Ervas e seu uso medicinal - Parte 1

plantas-medicinaisUm corpo saudável é sem dúvida um ótimo instrumento para a canalização das energias que nós bruxos desenvolvemos quase que diariamente. Como também a saúde é um bem precioso que podemos conservar mantendo uma boa e equilibrada alimentação. Muitas doenças, provocadas por desequilíbrios energéticos, podem ser curadas através da alimentação, outras podem ser evitadas, ...

e em algumas já instaladas, agregando-se a alimentação ao tratamento médico alcançamos a cura com mais rapidez. A seguir, uma lista de vegetais, ervas e frutos, bem como suas propriedades, são descritas e auxiliam e evitam não só doenças como atuam no perfeito funcionamento do organismo.


Sempre se deve ter atenção especial que em doenças já instaladas, o tratamento médico é imprescindível, a alimentação nesses casos, vem somar para uma cura mais rápida, mas não substituem as prescrições alopatas. Daí se manter uma alimentação saudável e EVITAR a desarmonia orgânica que provoca as doenças.


ABACATE - Persea gratissima

Abacate



O abacate pode substituir a carne, porque contém gordura e o mesmo valor nutritivo. O abacateiro serve especialmente aos diabéticos, tanto através da fruta como das folhas. Às pessoas atacadas por esse mal é aconselhável um tratamento a base do abacateiro, durante quinze dias: Comer em jejum metade de um abacate amassado.

Após as refeições tomar um chá de folhas SECAS do abacateiro, sem açúcar. Outra indicação das folhas do abacateiro é para a limpeza do fígado. Se o fígado não vai bem por estar saturado de gordura e tóxicos, fazer um chá das folhas SECAS do abacateiro e toma-lo em goles, de hora em hora, durante todo o dia, repetindo por 15 dias. O caroço serve como tônico capilar. Em dores de cabeça aplicar folhas quentes do abacateiro sobre a cabeça, em compressa. Usar sempre folhas secas pois as verdes provocam palpitações cardíacas.

Possui os seguintes minerais: magnésio, que é essencial à vida, ajuda no metabolismo da glicose e a nutrir os nervos e o cérebro; cálcio, que combate a osteoporose; ferro, que combate a anemia tanto em gestantes como em lactantes e ajuda a formar as hemácias; fósforo, que junto ao cálcio ajuda na mineralização dos ossos e nos neurônios, melhorando o raciocínio.

O abacate traz grandes benefícios. Veja quais são eles:

1. Atua como um protetor das células e é rico em vitaminas A e E que são antioxidantes;

2. Contém, também, vitaminas do complexo B, além de alguns sais minerais: ferro, cálcio e fósforo, entre outros.

3. Ajuda a neutralizar as gorduras de outros alimentos, diminuindo os triglicérides e o colesterol ruim (LDL);

4. Não altera o colesterol bom no organismo (HDL). "Estudos realizados no México e no Brasil comprovam que ele é auxiliar no ataque a diabetes, pois não interfere no índice glicêmico dos pacientes. O abacate é recomendado por não ter tanta frutose, como o abacaxi e a uva, por exemplo", relata Bruna.

5. O abacate também é uma fruta eficiente nos tratamentos das cardiopatias, hipertensão e colesterol alto.


ABACAXI - Ananás sativus

Abacaxi



O abacaxi, além de ótimo purificador do sangue, é diurético e ajuda a digestão. Sua indicação notável é no tratamento das feridas, inflamações, infecções. Em infecções agudas, consumido em fatias, é um ótimo parceiro dos antibióticos. Contra tosse catarral, usa-se duas colheres de suco de abacaxi diluídas em uma xícara de água quente e uma colher de mel. Beber bastante quente antes de deitar-se.

Ao possuir um alto conteúdo de fibra, o abacaxi é um agente desintoxicante do organismo. Não só isso, mas além de lhe aportar um alto conteúdo de fibra, o abacaxi também contêm altos índices de vitamina C, e baixíssimos índices de gordura. Esta fruta, deliciosa e refrescante, além de brindar um prazer delicioso ao paladar, também é muito beneficiosa para a saúde. Seu alto conteúdo em vitaminas e minerais são essenciais para uma boa digestão e manter o controle de glucose no sangue, para assim também prevenir a diabete, doença com tendência a acompanhar a obesidade.

O abacaxi é uma fruta muito rica em vitaminas e pertence à família das bromealiceas ele pode ser cultivado em qualquer região quente do planeta, ele é um alimento que tem uma incrível aceitação no mundo inteiro independente de ser natural ou industrializado, é rico em vitamina C, betacaroteno e vitaminas do complexo B ainda contém minerais como cálcio, manganês potássio, ferro e fibras os quais são muito importantes para ter uma vida saudável, tem uma enzima muito poderosa chamada bromelina, algumas pesquisas revelam que essa enzima ajuda na redução de algumas inflamações e contribui para a digestão, para quem tem o grupo sanguíneo A é muito importante contendo fibras solúveis, que ajudam a controlar os níveis de colesterol no sangue.

Ele é bem interessante na culinária também pode fazer parte de sucos deliciosos e de alguns modos de preparação alimentícia como sorvetes, saladas, bolos, frangos com abacaxi, além de cremes hidratantes e xampus. O abacaxi é um alimento energético e o suco dele em um copo de 250 ml contém em média 150 calorias o que pode te manter forte durante o dia inteiro sem sentir muito sono, ideal para quem trabalha muito tempo em uma posição só. E tem mais uma qualidade contém a celulose, uma substância que é indispensável para o funcionamento intestinal.


ABOBORA - Cucúrbita pepo

Abbora



Rica em potássio, ferro, fósforo e magnésio, é eficaz como diurético e para combater a prisão de ventre. Faz-se um suco fresco com pedaços grossos de abóbora madura, colocando-os em um guardanapo e torcendo para extrair o suco. Adoçar com pouco açúcar e tomar uma manhã sim e uma não, em jejum por um mês. A abóbora pertence ao grupo das hortaliças, que é composto pelas verduras e legumes. Em sua composição nutricional você encontra carboidratos, proteína, pouquíssima gordura, cálcio, sódio, potássio, fósforo, ferro, magnésio, vitamina A, C, E e outras vitaminas.

Possui também bastante água e fibras. A abóbora moranga, conhecida também como jerimum é rica em vitamina A, que devido a sua pigmentação, possui uma substância funcional que é um poderoso antioxidante (combate os radicais livres), colabora na prevenção de doenças cardiovasculares e outros benefícios. Por conter todas essas propriedades, o consumo de abóbora está associado à redução no risco de certos tipos de câncer, doenças do coração, derrames e problemas na visão.

Um Segredinho revelado - Alguns anos atrás, um meu ex-professor me mostrou uma análise de sangue; o que eu vi me deixou impressionado. Os cinco principais parâmetros do sangue, ou seja: uréia, colesterol, glicemia, lipídeos e triglicerídeos apresentavam valores que, em muito excediam os níveis permitidos. Comentei que a pessoa com aqueles índices já deveria estar morta ou, se estava viva, isto seria apenas por teimosia. O professor, então, mostrou o nome do paciente que, até então, tinha sido ocultado pela sua mão. O paciente era ele mesmo! Fiquei estupefato! E comentei: "Mas como? E o que você fez?". Com um sorriso, ele me apresentou a folha de uma outra análise, dizendo: "Agora, olhe esta, compare os valores dos parâmetros e veja as datas".

Foi o que eu fiz. Os valores dos parâmetros estavam nitidamente dentro das faixas recomendadas, o sangue estava perfeito, impecável, mas a surpresa aumentou, quando olhei as datas; a diferença era de apenas um mês (entre as duas análises da mesma pessoa)! Perguntei: "Como conseguiu isso? Isso é, literalmente, um milagre!"
Calmamente, ele respondeu que o milagre se deveu a seu médico, que lhe sugeriu um tratamento obtido de outro médico amigo. Este tratamento foi utilizado por mim mesmo, várias vezes, com impressionantes resultados. Aproximadamente, uma vez por ano, faço análise de meu sangue e, se algum dos parâmetros estiver apresentando tendência ao desarranjo, volto imediatamente a repetir esse processo. Sugiro que você o experimente.

Aqui está o SEGREDO: Semanalmente, por 4 semanas, compre, na feira ou em supermercado, pedaços de abóbora. Não deve ser a abóbora moranga e sim a abóbora grande, que costuma ser usada para fazer doce. Diariamente, descasque 100 gramas de abóbora, coloque os pedaços no liquidificador, junto com água (SÓ ÁGUA!), e bata bem, fazendo uma vitamina de abóbora com água. Tome essa vitamina em jejum, 15 a 20 minutos antes do desjejum (café da manhã). Faça isso durante um mês, toda vez que o seu sangue precisar ser corrigido. Poderá controlar o resultado, fazendo uma análise antes e outra depois do tratamento com a abóbora. De acordo com o médico, não há qualquer contra-indicação, por tratar-se apenas de um vegetal natural e água (não se usa açucar!).

O professor, excelente engenheiro químico, estudou a abóbora para saber qual ou quais ingredientes ativos ela contém e concluiu, pelo menos parcialmente, que nela está presente um solvente do colesterol de baixo peso molecular : o colesterol mais nocivo e perigoso - LDL .Durante a primeira semana, a urina apresenta grande quantidade de colesterol LDL (de baixo peso molecular), o que se traduz em limpeza das artérias, inclusive as cerebrais, incrementando, assim, a memória da pessoa.

Há apenas um inconveniente: o sabor da abóbora crua não é muito agradável! Nada mais.

Porém, há um detalhe importante: nem a abóbora, nem a água poderão ir para a geladeira, porque a refrigeração destrói os ingredientes ativos da vitamina. Esta é a razão de ter que comprar, semanalmente, a abóbora, pois, fora da geladeira, ela se estraga rapidamente.


ACELGA - Beta vulgaris

Acelga



Hortaliça indicada para oxigenar o sangue e normalizar a digestão, além de acalmar os nervos e robustecer o cérebro. É muito útil para ser ingerida por pessoas nervosas. Talvez seja o nome esquisito, mas é bem possível que isto se dê pelo gosto levemente amargo, que desagrada a paladares mais sensíveis. Assim, quando se fala em verduras, é comum logo pensarmos em alface, rúcula, espinafre, agrião e couve, por exemplo. Mas tipos de folha como a acelga acabam ficando em segundo plano, embora sejam bem nutritivas. Aliás, de acordo com a nutricionista Isabel Guimarães, de São Paulo, a acelga é um alimento quase completo, oferecendo diversas substâncias saudáveis. A presença de vitamina K, inclusive, é essencial não apenas para a coagulação do sangue. Isso porque quando uma pessoa faz um tratamento à base de antibióticos, há chance de prejudicar a absorção do nutriente no intestino. Nesse caso, o consumo de iogurtes com probióticos (as bactérias do bem) e de alimentos ricos na vitamina são capazes de ajudar a normalizar o funcionamento do órgão e a repor a substância.

A acelga conta, ainda, com as vitamina A, C e E. Além de poderosos antioxidantes – elementos que desaceleram o envelhecimento das células, elas são fundamentais para o organismo. Entre outras funções, a vitamina A atua na qualidade da visão, no crescimento dos ossos e na saúde da pele. A vitamina C também contribui para a saúde da pele, fortalecendo o sistema imunológico. A vitamina E, por sua vez, desempenha da mesma forma um ótimo papel na defesa do corpo e na prevenção de doenças inflamatórias. Segundo Isabel, a folha apresenta propriedades relaxantes, indo muito bem na salada se você deseja amenizar a pressão daqueles períodos de maior estresse. “A presença de magnésio no alimento controla os níveis de cálcio nas células nervosas, mantendo os nervos relaxados. Isso diminui a intensidade da enxaqueca, da fadiga muscular e das câimbras”, explica.  

Outra vantagem é que a acelga auxilia na redução dos níveis de glicose do sangue, sendo uma aliada no cardápio das pessoas com diabetes. Para quem quer perder peso, também é interessante. Afinal, um prato de sobremesa cheio oferece apenas 10 calorias – cinco a menos que o alface.Por causa do gosto amargo, se as vantagens nutricionais do alimento ainda não foram suficientes para convencer, vai a dica: não consuma a acelga pura. O melhor é combinar com outros ingredientes da salada ou misturá-la em receitas de tortas de legumes e carnes.

AGRIÃO - Nasturtium officinale

Agrio



O agrião é tão eficaz que não se deve usa-lo diariamente, a não ser para tratamento dos brônquios, durante períodos limitados. A quantidade de ferro, iodo e vitaminas que contém faz passar para a água em que é deixada de molho uma boa parte de sua força; por isso, uma receita para a carência de ferro e para a depuração do sangue é chamada Água de Agrião: Em um copo de água na temperatura ambiente mergulhar folhas de agrião. Cobrir o copo e deixa-lo no quarto de dormir. De manhã, coar e bebe-la sem açúcar.

As propriedades terapêuticas do agrião combatem o raquitismo, o ácido úrico e as doenças do pulmão, agindo na purificação do fígado e do estomago.Os  fumantes devem fazer uso do agrião, uma vez por semana, para a desintoxicação do organismo. O seu suco, adoçado com mel é um excelente xarope para combater bronquite,  tosse, tuberculose pulmonar e toda sorte de enfermidades catarrais. Usa-se em saladas para combater a diabetes, e o consumo diário para os que sofrem de acido úrico.

É uma planta conhecida, boa para saladas. Deve-se usá-la crua, porque, quando cozida, suas propriedades medicinais se perdem.O agrião contém um óleo essencial, iodo, ferro, fosfato e alguns sais. Seu uso prolongado tem eficaz efeito depurador do sangue e antiescorbútico. Emprega-se também como ótimo remédio contra a atonia dos órgãos digestivos; como estimulante no escorbuto, escrofulose e raquitismo; como diurético nas hidropisias, nas enfermidades das vias urinárias, nos cálculos; como expectorante nos catarros pulmonares crônicos; como desopilante do fígado. Tomam-se, diariamente, 3 a 4 colheres de sopa de suco de agrião puro ou diluído em água.

O agrião convém aos diabéticos, porque encerra poucos princípios amiláceos.Aplicado, em cataplasma, sobre úlceras, apressa sua cicatrização.Em resultado de algumas experiências, atribuem-se ao agrião propriedades antídotas dos efeitos tóxicos da nicotina.O suco desta planta, misturado com mel, dá um bom xarope para combater a bronquite, tosse, tuberculose pulmonar.Os que sofrem de ácido úrico, em virtude de terem comido muita carne, especialmente carne de porco, toucinho, salsichas, etc, devem comer diariamente uma salada de agrião. Eis uma boa receita: Escolha uns punhados de agrião, em quantidade suficiente para encher um prato. Lave-o bem. Tempere com limão, azeitonas, um pouco de azeite e um pouco de sal. Pronto, está aí um prato fácil e rápido.A cura desejada – bem entendido – só se alcança sob a condição de se remover completamente a causa do ácido úrico, a saber, as condenadas substâncias venenosas que acima mencionamos, e que erroneamente soem ser chamadas “alimento”.

O agrião nada pode fazer quando se prossegue no abuso causador do ácido úrico; mas acelera grandemente a cura quando os alimentos cárneos, principalmente os de origem suína, são abandonados.As mulheres grávidas não devem comer agrião em grande quantidades, pois, em virtude de sua ação sobre a matriz, pode provocar o aborto. Não deve usar-se o agrião que cresce junto às águas paradas ou pouco movimentadas, pois que ao mesmo podem prender-se insetos aquáticos, portadores de bacilo de Eberth, causador do tifo. Lavando-se bem o agrião e espremendo-se bastante suco de limão em cima, pode-se comê-lo com bem menos perigo; mas, de qualquer maneira, é preferível obter sempre o agrião das águas correntes.


AIPO - Apium graveolens

Aipo



Essa verdura combate a depressão. Por ser rico em cloreto de sódio, é ideal para casos de insônia e perturbações nervosas, podendo entrar no preparo de saladas, ser bebido como suco ou mesmo mastigando seus talos. Como alimento é recomendado àqueles que sofrem de artrite, reumatismo e acido úrico. É também indicado seu uso externo em frieiras, para tanto, colocar 100gr de aipo em um litro de água e ferver lentamente por 20 minutos. Dar um banho muito quente nos pés ou mãos, uma vez por dia.

O consumo de aipo também irá lhe aportar grandes quantidades de fibras, ajudando ao trânsito digestivo e a manter os níveis de colesterol dentro do normal. Ele também contém bastante vitamina C, pelo qual é bom para doenças infecciosas. Na medicina naturista, as folhas do aipo são consideradas como sustâncias tônicas estimulantes, carminativas, diuréticas e capazes de eliminar a febre. São bebidas como infusão para melhorar a micção e as raízes são cozidas para tratar a gota e o reumatismo entre outras doenças. Mas, um dos maiores benefícios do aipo é para todos aqueles que procuram perder peso; um copo de suco de aipo pelas manhãs é ideal para controlar o apetite, e também é um diurético leve que serve para casos de retenção de líquidos.

O aipo é uma excelente fonte de vitamina C, uma vitamina que ajuda a suportar o sistema imunitário. Os alimentos ricos em Vitamina C como aipo podem ajudar a reduzir sintomas de resfriado ou a gravidade dos sintomas de resfriado. A vitamina C também previne os danos dos radicais livres e por isso é também associado com a redução da gravidade de condições inflamatórias, como a asma, osteoartrite e artrite reumatóide. Como os radicais livres oxidam o colesterol e podem levar à ruptura de placas que podem causar ataques cardíacos ou acidentes vasculares cerebrais, a vitamina C é benéfica para a promoção da saúde cardiovascular. Devido ao grande número de benefícios da vitamina C para a saúde, não é surpreendente que a pesquisa mostrou que o consumo de vegetais e frutas de elevado grau desse nutriente está associada a uma redução do risco de morte por todas as causas, incluindo doenças cardíacas, derrames e cancro.

O Aipo é uma excelente fonte de minerais como potássio, sódio, cálcio, manganês e magnésio. Potássio é um importante componente das células e fluidos do corpo que ajuda a controlar a taxa cardíaca e pressão arterial. Aipo contém compostos activos chamado phthalides, o que pode ajudar a relaxar os músculos ao redor das artérias. Com mais espaço dentro das artérias, o sangue pode fluir com uma menor pressão. Os phthalides também reduzem as hormonas de stress, um de cujos efeitos é fazer com que os vasos sanguíneos se contraiam.

O Aipo tem ação diurética - As suas sementes, caule e raiz têm propriedades diuréticas (remove o excesso de água do corpo através da urina) e propriedades estimulantes e tônicas. As sementes de ancestrais selvagens do aipo, que se originou em torno do Mediterrâneo, foram amplamente utilizadas como um diurético. O aipo, que é rico em potássio e sódio, os minerais mais importantes para a regulação do equilíbrio hídrico, estimula a produção de urina, contribuindo assim para livrar o corpo do excesso de fluido.

Além de aumentar a produção de saliva e sucos gástricos, o aipo abre o apetite e facilita a digestão enquanto aumenta os movimentos naturais do intestino prevenindo gases e cólicas, além de neutralizar o excesso de bactérias responsáveis pelas fermentações e putrefacções intestinais. Assim atua como um laxante suave graças à sua fibra. Reforça o sistema auto imune devido ao seu conteúdo em substâncias antioxidantes.

Melhora a acne ao favorecer a depuração do sangue e ter propriedades antibacterianas. Faz aumentar o desejo sexual - propriedade afrodisíaca conferida pela cumarina que contem - e facilita a ereção. Ajuda a limpar feridas e queimaduras facilitando a sua cicatrização quando usado de forma tópica. Devido às suas propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias pode-se empregá-lo para fazer bochechos em caso de infecção ou inflamações.  Também tem propriedades benéficas para a pele, para os pêlos e os ossos devido às furanocumarinas e psoralenos que contem e que actuam como protectores da pele e estimulantes da repigmentação. Por isso está-se a utilizar hoje em dia o aipo em casos de psoríase e Vitíligo assim como em outros problemas da pele ou que se manifestam nela como a acne.


ALFACE - Lactuca sativa

Alface



Contém várias vitaminas e é uma fonte de ferro e minerais. Seu poder de limpeza dos intestinos é fantástico. Fortalece o sistema nervoso e a musculatura, além de ajudar a digestão. É um grande calmante para os nervos e combate a insônia mais recalcitrante. Um chá para dormir é feito fervendo-se rapidamente duas folhas de alface fresca em uma medida de uma xícara de chá de água. Tomar morno na hora de deitar-se. É ainda recomendada contra as doenças do coração e dos rins, seja em forma de chá ou saladas, estas com pouco azeite, vinagre e sal. Para contusões e inchaços fazer uma cataplasma fervendo algumas folhas de alface em pouca água por cinco minutos. Deixar amornar, untar as folhas com azeite de oliva, estender sobre uma gaze e aplicar na região atingida. Este mesmo método pode ser usado para irritações e rubores da pele.

A alface constitui um bom antiácido no estômago e no sangue. Contudo, a grande propriedade atribuída à alface é o efeito calmante e sonífero, pelo que está indicada no caso de insónias. São ainda recomendadas às mulheres que desejam ficar grávidas e a grávidas que tiveram toxoplasmose, dado que são uma boa fonte de folatos (substâncias que ajudam a evitar anemias dado intervirem na formação dos glóbulos vermelhos e brancos, e também são necessários para a síntese de ADN para formar novas células).

A alface apresenta reduzido valor calórico e quantidades significativas de carotenóides (antioxidantes), para além da presença de oligoelementos (minerais como o zinco, cobre e manganês). A alface é a verdura mais rica em contributos de nutrientes. Quanto a vitaminas, destaca-se a presença de vitamina A, vitamina C e betacaroteno ou pro-vitamina A. As alfaces caracterizam-se por serem especialmente úteis numa dieta de emagrecimento, dado que contêm uma boa fonte de fibra laxante, que aumenta a sensação de saciedade. A alface é também uma boa fonte de vitamina K, essencial na coagulação sanguínea. A fibra mais abundante na alface é a celulose, que não conseguimos digerir mas que tem a excelente propriedade de diminuir o nosso contacto com eventuais carcinogénios pois acelera o esvaziamento intestinal e diminui a pressão no seu interior.


ALHO - Allium sativum

 

Alho



O alho purifica o sangue, atua sobre as mucosas do nariz, da garganta e dos pulmões, desinfeta todo o organismo, funciona como antibiótico para combater infecções. Para o enfraquecimento do organismo, principalmente nos idosos, consumir durante as refeições um dente de alho bem amassado com uma cenoura, isso previne contra doenças mais graves. Atua na circulação, e para esses problemas, consumir pão de centeio temperado com alho socado, salsa e gotas de azeite sendo que será este o primeiro alimento do dia, repetido por uma semana, descansar 15 dias e fazer novamente, assim sucessivamente. O alho cozido, tem uma grande perda de sua eficácia e cru em grande quantidade irritam os rins.

A alicina, é a substância activa presente no alho responsável pelos seus benefícios medicinais, coferindo a ele também o seu intenso aroma. O alho, allium sativum, é um alimento ciêntificamente reconhecido como um alimento que produz benefícios para a  saúde cariovascular. Introduzir o alho da alimentação ajuda a  reduzir o colesterol, proteger os vasos sanguíneos, melhora o fluxo sangúíneo e o tempo de coagulação, e além disso é também poderoso um antibacteriano e antimicótico. Os benefícios do alho se estendem ao sistema gastrointestinal reduzindo os processos de fermentação intestinal aliviando também o desconforto gástrico.

O alho é um excelente remédio caseiro para o coração. Para se obter benefícios cardiovasculares do alho, deixe de molho 5 dentes de alho frescos em meio litro de água por um período de 6 horas. Beba 100 ml deste preparado em jejum e antes de ir dormir. Para fazer esta receita deve ser utilizado alho fresco, porque a concentração das substâncias activas especialmenta da allicina reduzem quanto maior for o tempo de armazenamento.

PARTE 2

 

Compartilhe

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Publicidade