Dicas de sobrevivência - Parte 4

    sobrevi topo4Como Sobreviver no Deserto? - Acredito que não passou pela cabeça de ninguém ficar perdido em pleno deserto. Mas e se isso vir a acontecer? Você, mesmo não pensando nessa possibilidade, pode fica atento às dicas de sobrevivência no deserto, pois algum dia pode precisar delas. Lembre-se sempre que, no deserto há as regras dos 3: no pior dos casos você sobrevive: 3 minutos sem ar, 3 horas sob o sol, 3 dias sem água e 3 semanas sem comida.

    Avise Onde Está

    Tenha certeza de que alguém saiba para onde você vai e quando planeja retornar. Se algo sair errado, a pessoa poderá alertar as autoridades competentes e use o bom senso. Se ficar perdido, tente orientar-se antes de continuar. Se estiver cansado, descanse. Se tiver fome, procure encontrar alimento.

    Conheça Bem o Local Que Vai Explorar

    Faça sua pesquisa antes de embarcar em uma viagem – consulte mapas e estude a flora e a fauna comestíveis. Esteja também preparado para o ambiente ao qual se dirige – leve equipamento e suprimentos adequados.

    Dia x Noite

    Fazer esforço durante o dia é o caminho mais curto para transformar você em charque. Isso mesmo: durante o dia o sol é escaldante e ultrapassa os 50ºC graus, o que, com certeza, vai levá-lo à desidratação o mais breve possível, além de provocar sérias queimaduras na sua pele. Por isso, durma de dia e caminhe à noite, de preferência munido de tocha ou lanterna. Procure detectar sinais de proximidade da civilização, como sons ou luzes. A noite é até mais propícia para essa busca por civilização e vida próximo, já que a claridade emitida pelas cidades/aldeias, fica perceptível somente a noite.

    Proteja-se do Sol

    Durante o dia, esconda-se como puder dos raios solares. Se o deserto tiver escarpas, aproveite as sombras criadas pelo relevo. Como já foi citado, procure dormir durante o dia, mas em lugares com sombras, para proteger-se das queimaduras e desidratação. Se houver algum tipo de vegetação, busque a proteção de cactos e arbustos. Os maiores perigos no deserto são a insolação e a desidratação, que podem matar rapidamente. Deve-se proteger a cabeça do calor. Preparar uma touca com material de cor clara protegerá a pele do sol. Desfiladeiros oferecem sombra e podem conter fontes de água que levam a rios maiores. Encontre um cânion descendente – é um bom sinal de que há água por perto.

    Quanto Mais Roupa, Melhor!

    Por mais que você sinta calor, não caia na tentação de tirar a roupa: ela é uma proteção importante contra o sol. Desabotoe, abra e afrouxe o que puder para ficar 100% confortável e cubra a cabeça com uma camisa ou outra peça. Se você tiver filtro solar (algo comum para quem passeia no deserto), use-o. Mas jamais, em nenhuma hipótese, fique sem roupas no deserto. A insolação poderá levá-lo à morte, pois os raios de sol tem alta incidência e são muito quentes, com temperaturas elevadíssimas, geralmente acima dos 50ºC graus. Então, proteja-se o mais que puder!

    A Importância da Hidratação

    Racionar água não prolongará sua vida. A desidratação prejudica a capacidade de pensar e, nessa situação, ninguém pode se dar ao luxo de ser burro. Quando a fome bater, não coma: o corpo usa água na digestão e o resultado é uma desidratação mais rápida. Em uma situação de passeio no deserto, mesmo que o risco de se perder for pequeno, é imprescindível muita água entre os elementos da bagagem, então, esteja munido de muita água e se hidrate o mais que puder, pois o calor excessivo fará com que o seu corpo desidrate mais rápido. Plantas precisam de água; portanto, a existência de vegetação indica que a água está por perto. Se o seu estoque de água já estiver no fim, preste atenção à vegetação. É essencial encontrar água corrente – é muito provável que a água parada esteja contaminada por animais mortos e outros detritos.

    Fogo é Fundamental

    Óculos (de grau ou escuros) servem para acender fogueiras, importantíssimas para a noite, quando a temperatura cai dramaticamente. No deserto você vive duas realidades extremas: durante o dia a temperatura é altíssima, o que provoca queimaduras, desidratação e vertigens. Entretanto, à noite, ela cai na mesma proporção, o que torna a noite altamente fria. Por isso, caso não tenha um fósforo, isqueiro ou qualquer outro utensílio que seja capaz de provocar faíscas, usa a criatividade: os seus óculos, de grau ou até mesmo os óculos escuros, podem ser utilizados para acender fogueiras. Basta juntar os gravetos e tudo o que for inflamável que tiver acesso e incida os óculos contra a luz do sol, que vai, através do raio que ultrapassa as lentes, acender os gravetos.

    Seja Escandaloso

    Para mandar sinais de socorro, faça 3 fogueiras e dê 3 assobios altos sempre que puder. O número 3 é um código internacional para identificar quem está em apuros: uma fogueira solitária poderia indicar somente que uns doidos estão fazendo uma rave. Então, lembre-se da regra inicial que no deserto há sempre regra do 3.
    Repita o ritual sempre que possível. Se estiver acompanhado, alternem entre os pedidos de socorro;

    Tempestade de Areia

    As tempestades de areia estão entre os fenômenos mais violentos e imprevisíveis da natureza. Ventos altos levantam as partículas de areia no ar, criando uma nuvem de grãos sufocante, reduzindo a visibilidade a zero em questão de segundos. Quase todas as tempestades de areia podem causar ferimentos, danos a propriedade ou morte, e apesar de serem normalmente associadas com os desertos do Saara ou Gobi, elas podem ocorrer em qualquer região árida ou semi-árida. Não importa onde você viva, é uma boa ideia saber o que fazer se vir uma nuvem de areia correndo em sua direção. As tempestades são normalmente acompanhadas de altas temperaturas, e você vai ficar desidratado no calor e com os ventos fortes. Não tente se mover às cegas em uma tempestade sem visibilidade, pois você não será capaz de ver os perigos no caminho. Se estiver ao ar livre, procure uma rocha grande ou algum obstáculo que possa lhe proteger parcialmente e vá para um local alto, pois a maior concentração de areia está próxima ao solo.

    Não entre em uma cova ou local mais fundo, pois pode ocorrer uma inundação, mesmo que não esteja chovendo. A tempestade pode causar alterações em cursos de água, causando enchentes. Se estiver nas dunas, não procure abrigo diretamente ao lado da duna. Os ventos podem levantar grandes quantidades de areia rapidamente, e você pode ficar enterrado na areia. Pensamento positivo conta. Quando observamos as grandes histórias de sobrevivência, notamos que as pessoas conseguem vencer situações impossíveis porque se esforçam ao máximo para alcançar o extraordinário. Não subestime a sua capacidade.


    Como sobreviver no deserto


    Se você vai viajar para o deserto e pretende fazer algumas excursões, explorar um pouco, convém fazer algumas pesquisas sobre os sítios que quer ir, pense sempre que algo pode dar errado. Você vai estar no deserto, exposto a uma série de perigos, quanto mais você estudar sobre sobrevivência no deserto, melhor. Recorde-se da regra dos 3, sobrevivemos sem ar 3 minutos, sobrevivemos 3 horas sob o sol intenso, sem água 3 dias e sem comida 3 semanas. Em umComo.com.br vamos informá-lo de algumas regras básicas de como sobreviver no deserto.

    Prevenir-se para sobreviver no deserto

    Evite ao máximo perder-se no deserto, pense sempre no pior, avise onde está, nunca vá fazer caminhadas no deserto sem dizer a alguém exatamente onde você vai e o caminho que vai percorrer. Conheça bem o local que vai explorar, nunca vá explorar nada sozinho, muito menos se for a primeira vez. Leve água consigo, muita água mesmo que o risco de se perder seja mínimo. Faça pesquisas antes da aventura, consulte mapas, estude a flora e a fauna para saber o que pode ser comestível em caso de algo correr mal. Leve equipamento adequado, facas, lanternas, comida em lata para 3 dias, uma bussola, caderno e canetas, fósforos normais e faça uns fósforos de sobrevivência. Aprenda a construir uma armadinha e a fazer facas com pedras. Deve saber e estudar os princípios básicos de sobrevivência e faça o seu próprio kit.

    Protejer-se para sobreviver no deserto

    Proteja-se do sol, muito importante, durante o dia no deserto a temperatura atinge os 50ºC, se ficar exposto a este sol vai desidratar muito rapidamente e ficar com várias queimaduras na pele. Deve dormir durante o dia e caminhar apenas à noite, use sempre uma tocha ou lanterna consigo.

    Durante o dia aproveite as sombras que encontrar para descansar, caso encontre vegetação busque proteção em cactos e arbustos. Não se esqueça que uma insolação pode matá-lo rapidamente. Proteja sempre a cabeça, use uma touca feita de um material claro, pode ser uma camisa ou outra peça. Quanto mais roupa usar, melhor, por mais calor que possa sentir não tire a roupa, ela é uma excelente proteção ao sol, e vai mantê-lo vivo por mais tempo. Afrouxe as roupas para ficar o mais confortável que conseguir, tenha sempre um filtro solar consigo e use-o no rosto e corpo, tenha também óculos de sol, toda a proteção é pouca para você sobreviver. Hidrate-se, leve sempre água a mais consigo, antes de uma aventura no deserto. A desidratação incapacita-o de pensar, você não pode correr o risco de desidratar, racionar água não o fará sobreviver por mais tempo, deve beber água de hora a hora. Quando ficar com fome beba água, se você comer vai desidratar mais rapidamente pois o seu corpo vai libertar água para poder fazer a digestão.

    Encontrar água para sobreviver no deserto

    Tente encontrar água, a sua sobrevivência vai depender da água que você beber, não se prive de água, procure-a. Lembre-se, plantas precisam de água, se observar alguma vegetação perto de si, deve haver água nas redondezas. Beba apenas água corrente, o mais certo é se você encontrar água estagnada esta esteja contaminada por detritos. Os desfiladeiros proporcionam sombra e podem conter fontes de água que levam para os rios maiores.

    Deixe pistas para ser encontrado no deserto

    Nunca se esqueça, quanto mais rápido for encontrado maior é probabilidade de sobreviver no deserto. Infelizmente ficar perdido no deserto muitas vezes acaba em tragédia, evite isso, faça tudo para deixar pistas. Enquanto que de dia as temperaturas são altíssimas, de noite caiem brutalmente, antes de anoitecer prepare três fogueiras. A lógica das três fogueiras é para dar sinal de socorro, assim alguém que passar nessa região sabe que você está em apuros e ativa meios para o encontrar. Use os seus óculos para fazer as fogueiras, caso não tenha fósforos consigo, basta juntar alguns gravetos e tudo o que conseguir que seja inflamável, depois apontar as lentes contra os raios de sol na direção dos gravetos.

    Dê três assobios o mais alto que conseguir, frequentemente, caso alguém o ouça vai saber que está em perigo e vai procura-lo. Deixe pistas, pode ser objetos seus com mensagens, vale tudo para ser encontrado. Só não se desfaça de objetos que lhe farão falta. Procure sinais de civilizações nas suas caminhadas noturnas, fique atento aos sons e a luzes que possam surgir. Se encontrar um grande clarão pode ser sinal de uma aldeia próxima, caso não encontre nada, não perca a esperança de ser encontrado.


    Como Sobreviver em uma Floresta

    sobrevi3


    Você já fez uma trilha para admirar as flores silvestres, olhar os topos das árvores - e de repente se encontrou completamente sozinho e perdido? O que aconteceria se você não conseguisse encontrar seu caminho de volta? Embora se perder na floresta possa ser uma experiência aterrorizante, sobreviver sozinho na natureza geralmente é uma questão de bom senso, paciência e usar sabiamente os presentes que a mãe natureza lhe dá. Se você quiser saber como sobreviver na floresta, siga estes passos.

    Preparando-se para a Floresta

    1 - Faça sua pesquisa primeiro. Não entre simplesmente na mata; tenha um conhecimento sólido dos seus arredores primeiro. Estudar um mapa da área para onde você está indo - e certificar-se de levá-lo com você - aumentará as chances de não ficar completamente perdido. Eduque-se sobre a flora e a fauna da área que você está explorando. O conhecimento dos animais e plantas locais pode salvar a sua vida. Um dos livros mais precisos em relação a este assunto é "Bushcraft - Outdoor Skills and Wilderness Survival" de Mors Kochanski.

    2 - Certifique-se de comer bem antes de sair e de que alguém saiba para onde você está indo e por quanto tempo vai ficar lá. Não cometa o mesmo erro que James Franco comete em 127, um filme de sobrevivência baseado em uma história real - certifique-se de que alguém saiba exatamente para onde e quando você está indo. Desta maneira, alguém saberá que você está desaparecido, alertará as autoridades responsáveis e poderá dizer a elas por onde começar a procurar você.

    3 - Leve consigo equipamentos de sobrevivência. Ferramentas básicas como uma faca, uma pederneira (um fósforo de metal), alguns fósforos (em um cantil a prova de água), corda (a corda do tipo paracord 550 é a melhor), um apito, um saco de dormir, um espelho de sinalização, comprimidos de purificação de água e uma bússola podem fazer a diferença entre a vida e a morte. Mesmo que você esteja saindo para fazer uma trilha de um dia, certifique-se de levar o essencial. Ter todo esse equipamento não significa nada se você não puder usá-lo adequadamente. Certifique-se de praticar muitas vezes em um ambiente seguro antes de se aventurar na mata.

    Não se esqueça de levar consigo um kit de primeiros socorros. Você deve levar bandagens, antissépticos e pinças para remover espinhos que possam lhe infectar.
    Se você precisar de alguma medicação, ou injeção, leve-as com você - mesmo que você não planeje ficar longe o suficente para precisar delas. Antes de sair, aprenda como usar uma bússola. Se você tiver um mapa e puder observar alguns relevos proeminentes, você pode na verdade usar a bússola para triangular sua posição e, a partir daí, descobrir para onde precisa ir.

    Ao escolher uma manta isotérmica (uma manta leve, fina e de um material extremamente refletivo), gaste um pouco mais para comprar um modelo maior e mais durável. Uma manta térmica pode ser usada para bloquear o vento e a água, pode ser enrolada no corpo para prevenir/combater a hipotermia, ou até mesmo colocada atrás de você para refletir o calor da fogueira para suas costas, mas nada isso é útil se a manta for pequena demais, ou rasgue assim que você abri-la.

    4 - Leve um meio de comunicação consigo. Um celular com bateria extra, ou um rádio transmissor portátil são a melhor e mais rápida forma de resgate se você estiver realmente perdido, ou machucado. Um sinal de celular pode ser obtido apenas a partir de uma colina, ou árvore, mas isso é melhor que nada. Um praticante sério de trilhas pode até mesmo pensar em comprar um transmissor de localização como o EPIRB, ou um telefone via satélite, para trilhas longas, precárias, ou muito remotas.
    Um telefone via satélite é um aparelho que permite que você contate serviços de emergência, ou os seus próprios contatos pessoais em situações não-emergenciais, ou simplesmente entrar em contato com amigos e familiares enquanto trilha para que eles saibam que está tudo bem. Uma assinatura é necessária para esse serviço e não é nada barata.

    Sobrevivendo na Floresta

    sobrevi2

    1 - Não entre em pânico se você se perder. O pânico é mais perigoso do que praticamente todo o resto, porque ele interfere que você utilize a sua melhor, mais útil e versátil ferramenta de sobrevivência: sua mente. Assim que você perceber que está perdido, antes de fazer qualquer coisa, pare. Respire fundo e acalme-se. Antes de agir, siga as indicações do acrônimo PPOP:

    P = Pare
    P = Pense
    O = Olhe ao seu redor
    P = Prepare-se para sobreviver reunindo materiais

    2 - Oriente-se. Onde quer que você esteja se tornará o seu "ponto zero". Encontre uma forma de marcá-lo usando uma peça extra de roupa, uma pilha de pedras, uma folha de papel, ou qualquer outra coisa que seja facilmente visível ao longe. Aprenda as direções básicas: o sol nasce no Leste e se põe no Oeste. Use essa informação para ver a direção como numa bússola (em uma direção orária, começando no topo, 12:00) Norte, Leste, Sul, Oeste. Por exemplo, se já for no fim da tarde e o sol estiver a sua direita, então você deve estar virado para o Sul. Aprender como identificar a Estrela polar à noite em seu quintal com antecedência também será muito importante.

    3 - Fique em um único lugar. Isso não apenas aumenta suas chances de ser encontrado, mas também reduz a energia que seu corpo gasta e a quantidade de água e comida que você precisará. Acocore-se e fique parado. As chances são de que alguém estará procurando por você, especialmente se você contou a alguém dos seus planos. Além disso, se vcoê estiver com outra pessoa, não se separem. Ter outra pessoa com você aumenta as chances de vocês sobreviverem. Além disso, procure alguma sombra próxima se estiver quente, porque isso diminui bastante o risco de você ficar desidratado e ter uma insolação. Não se sinta tentado a tirar a roupa, já que isso apenas aumenta o risco.

    4 - Faça uma fogueira. Faça uma fogueira de bom tamanho com combustível o suficiente para aquecer por muitas horas e certifique-se de que você tem bastante madeira seca. Acenda o fogo antes de achar que irá precisar dele, mesmo que o tempo esteja quente; é mais fácil acender o fogo estando em boas condições, do que entrar em pânico quando o sol se por - sem mencionar o fato de que ter uma fogueira acesa por perto lhe dará uma sensação de conforto e segurança enquanto você descobre seu rumo.

    Uma boa regra geral é juntar madeira até achar que tem o bastante para passar a noite, depois pegar mais três pilhas do mesmo tamanho, para que assim você talvez tenha o bastante para passar a noite.

    Você deve ter acesso a madeira seca no "sub-bosque" da floresta. Você também pode usar cascas de árvore ou estrume seco. Se você fizer um fogo que esteja quente o bastante, você pode queijar madeira verde, arbustos, ou ramos de árvore para fazer uma fogueira sinalizadora que cria muita fumaça.
    A melhor madeira para manter o fogo é a madeira morta que você pode arrancar de qualquer árvore. Independente do tipo de floresta em que você esteja, com certeza haverá madeira seca disponível.

    Lembre-se que um fogo pequeno é mais fácil de queimar do que um grande, porém, porque ele exige menos combustível. Assim que você tiver brasa o suficiente, mantenha o fogo em um tamanho controlável, para que você não passe tempo demais procurando por combustível.

    Não faça uma fogueira numa área onde não seja seguro fazer isso. Sua fogueira deve ficar bem longe de árvores e arbustos inflamáveis, preferivelmente em uma clareira. Tome cuidado com sua fogueira. Embora você queira alimentá-la, não exagere. Considere o clima e outros fatores e lembre-se, com um incêndio na floresta é muito mais difícil sobreviver do que apenas estando perdido!

    5 - Sinalize sua localização. Faça barulho assobiando, gritando, cantando, ou batendo pedras, uma na outra. Se puder, marque sua localização de forma que seja visível do ar. Se estiver em um prado na montanha, faça três pilhas de folhas escuras, ou galhos em forma de um triângulo. Em áreas arenosas, faça um grande triângulo na areia. Três de qualquer coisa na mata é um sinal de perigo. Você pode usar o fogo para mandar um sinal de emergência. O sinal universal para isso é criado fazendo três fogueiras em linha reta, ou três fogueiras que formam um triângulo. Você também pode tocar um apito três vezes, dar três tiros com um rifle no ar, se tiver um, ou um espelho brilhante, que reflita a luz três vezes.

    6 - Explore a área. Embora você não deva andar demais por aí, você deve explorar a área imediatamente ao seu redor para tentar encontrar algo útil. Você pode encontrar coisas que alguém deixou ali antes, seja uma caneca de alumínio, ou um cinzeiro, pode ser útil demais. Certifique-se de sempre voltar para o seu "ponto zero" quando estiver procurando por água, abrigo, ou o caminho de casa.

    7 - Encontre uma boa fonte de água. Em uma situação de sobrevivência, você pode viver até três dias sem água, mas no fim do segundo dia você não estará em muito boa forma; encontre água antes disso. A melhor fonte de água é uma nascente, mas as chances de encontrar uma dessas são pequenas. Você também deve procurar por pássaros próximos, porque eles gostam de voar perto de águas limpas. Beba a água que restar - você deve racioná-la, mas não tanto a ponto de ficar com sede no mesmo instante.
    A água corrente é sua melhor opção; o movimento da água reduz a sedimentação. Esteja avisado de que beber água de riachos pode causar algumas doenças, mas quando você está em uma situação de vida ou morte, o risco de doenças é algo que fica em segundo plano e qualquer coisa, você pode ser tratado depois quando voltar para a cidade.
    Se houver orvalho e você estiver desesperado, você pode pegá-lo usando a roupa e depois espremer ela para beber o líquido. Você também pode conseguir encontrar água em aberturas de rocha.

    8 - Purifique sua água. Um método grosseiro de purificação da água é pegar sua panela e aquecer a água. Para que que esse método acabe efetivamente com as bactérias, a água deve ferver bem por pelo menos três minutos.[1] Você também pode colocar a água limpa numa garrafa de plástico transparente e deixá-la no sol por seis horas para matar a maior parte dos organismos.Porém, se a água estiver tão cheia de sedimento que o sol não possa penetrá-la, esse método não funcionará. Se você tiver um pouco de sal, adicione uma pitada na água para tentar fazer o sedimento se assentar ao fundo.

    9 - Encontre, ou crie um abrigo. Sem o abrigo adequado, você estará completamente exposto aos elementos e se arriscará a ter hipotermia, ou um ataque cardíaco, dependendo do tempo. Se você não estiver vestido adequadamente para as condições climáticas, encontrar um abrigo é ainda mais importante. Por sorte, a floresta está cheia de ferramentas e recursos, tanto para fazer abrigos, quanto para fazer fogo (para se aquecer, para sua segurança e para usar como sinalizador). Eis algumas coisas que você pode usar:

    Procure por uma árvore caída, ou torta. Você pode fazer um abrigo empilhando galhos em ambos os lados da árvore caída, depois colocar arbustos, folha de coqueiro, folhas, ou outras plantas.

    Use arbustos ou galhos verdes (ramos) de árvores para repelir a água, bloquear o vento, manter a neve longe e criar sombra. Feche o máximo de lados que puder do seu abrigo.

    Cavernas podem ser uma ótima escolha, mas certifique-se de que a que você escolheu já não está ocupada por ursos, gatos selvagens, cobras, ou outros animais hostis; eles sabem que as cavernas são boas também, e estão a procura de abrigo há muito mais tempo que você.

    Se estiver nevando, faça uma caverna de neve. A neve é um excelente isolador, e lhe manterá muito aconchegado.

    Certifique-se de que seu abrigo não seja tão escondido a ponto de você passar o tempo todo nele e impedir que as pessoas lhe encontrem.

    Não gaste energia demais construindo o abrigo perfeito, ou você vai ficar exausto.

    10 - Encontre alimentos seguros. Saiba que a maior parte dos adultos saudáveis pode sobreviver até três semanas sem comida, a menos que esteja frio.[3] É melhor estar com fome e saudável que doente. Certifique-se de conhecer seu alimento, antes de comê-lo. Se há alguma coisa que vai diminuir sua habilidade de sobreviver, é estar perdido e mortalmente doente. A fome não vai ser um grande problema.

    Não tenha medo de comer insetos e outros besouros. Embora possa ser nojento comer alguns gafanhotos, eles lhe dão uma boa nutrição. Todos os insetos devem ser cozidos, já que eles podem ter parasitas que podem lhe matar. Não coma nenhuma lagarta, insetos com cores vivas, ou qualquer inseto que possa lhe picar ou ferroar. Remova as pernas, a cabeça e asas de qualquer inseto antes de comê-lo.

    Se você estiver perto da água, peixes são uma boa escolha. Os vairões podem ser comidos inteiros. Evite comer quaisquer cogumelos e frutinhas que vir, não importa o quão faminto esteja. É melhor ficar com fome do que comer algo venenoso. Muitas frutinhas na floresta, especialmente as brancas, são venenosas.

    Dicas

    Você pode usar musgo como bandagem, isso ajuda você a não perder sangue e musgos são fáceis de encontrar. Você pode encontrá-los quase sempre nas margens dos rios.

    Se você não tiver um isqueiro ou fósforos, você terá de criar o fogo a mão. Se você encontrar mechas o suficiente (materiais pequenos, como grama seca, penas, ou cascas de árvore, que queimam facilmente) você geralmente pode usar a energia do sol para fazer fogo usando uma lupa, ou a lente do seu óculos, ou um pedaço de vidro quebrado, uma capa de relógio ou bússola, ou outros objetos transparentes que intensifiquem a luz. É muito difícil criar fogo usando fricção; sua melhor aposta é levar consigo vários implementos de criação de fogo.

    Se você não puder ficar onde está até que alguém lhe encontre, não escolha simplesmente uma direção aleatória e comece a andar, mesmo que você tenha meios de garantir que você ainda está seguindo aquela direção. Em vez disso, tente subir, ou descer a colina. Subir lhe dá uma boa chance de encontrar um ponto de vantagem, que pode lhe ajudar a ver os seus arredores. Se você descer, provavelmente encontrará água, que você pode seguir rio abaixo; em muitos casos, isso te levará até a civilização. Mas não siga o fluxo do rio à noite, ou na névoa já que ela pode te levar até um penhasco. Jamais entre em um desfiladeiro. Mesmo que não haja risco de inundação repentina, as paredes de um desfiladeiro podem ficar tão íngremes que a única maneira para sair dele, é passando pelo meio. E o pior, se houver algum fluxo no desfiladeiro, ele pode se transformar em um rio com o tempo, forçando você a ter que voltar.

    A noite, há um grande risco de você congelar até a morte. Mantenha-se seco. Aqueça-se. Saia do chão. Faça uma "cama" usando uma camada de galhos, folhas, gravetos, o que quer que esteja disponível, e cubra-se com essas mesmas coisas. Para se manter quente à noite, você pode aquecer pedras no fogo, enterrá-las e dormir sobre elas, mas esse é um processo detalhado; é mais fácil se colocar entre a fogueira e um grande objeto que reflita o calor, como um tronco de uma árvore caída, uma pedra grande, ou sua manta isotérmica.

    Um cinto pode também ser usado para prender a bandagem (mas não aperte demais!), como uma correia, ou como uma armadilha.
    Uma das ferramentas de sobrevivência mais importantes é algo que a maioria das pessoas nunca pensaria: uma xícara de alumínio. Sem ela, é difícil cozinhar muitos alimentos.

    Amarre roupas com cores vivas (jaquetas, bandanas e até mesmo roupas íntimas) no topo de uma árvore para chamar a atenção.

    Se você não tem certeza absoluta de onde você está e como voltar para um lugar que você conheça, não diga "Eu acho que esse é o caminho." Quanto mais você se movimentar assim que perceber que está perdido, piores são suas chances de encontrar o caminho de volta.

    As mangas de uma jaqueta a prova de água podem ser usadas para reter água, ao amarrar uma das pontas dela.

    Outro item subestimado mas importante para sobrevivência são duas sacolas de lixo leves e grandes. Elas não ocupam muito espaço na mochila, mas podem ser usadas para várias coisas. Encha uma com água e leve ela para o local onde está. Corte (o menor buraco possível) em um dos cantos para acomodar sua cabeça e deixe o resto sobre o seu corpo (e mochila, se preciso). (Seus braços podem ficar dentro do saco - e provavelmente devem, se estiver frio/chovendo, ou você perderá calor rapidamente e suas roupas irão ficar encharcadas muito rápido). Colocar uma sacola dentro da outra e preencher o espaço entre elas com folhas, grama e folhas de pinheiro podem criar um saco de dormir improvisado se for absolutamente necessário. As melhores sacolas de lixo são aquelas para lixo industrial (elas podem ser usadas para sinalização também, se forem de uma cor chamativa).
    Se estiver frio e você estiver perto de ter hipotermia, certifique-se de não adormecer. Isso pode causar sua morte.

    Considere levar um cajado ou bengala com você. Se não tiver uma, qualquer cabo com o tamanho de uma bengala serve. As pequenas marcas que ela faz na terra irão ajudar você a refazer o seu caminho melhor do que João e Maria.
    Não alimente nenhum animal selvagem, ou isso pode ser mortal. Nem mesmo um coelhinho, jás que ele pode acabar atraindo outros animais para onde você está.
    Confie em seus instintos.

    Você pode sobreviver por várias semanas sem comida, mas apenas poucos dias sem água, e, com um tempo ruim, talvez apenas algumas horas sem abrigo. Mantenha suas prioridades organizadas.

    Chuva, neve, ou orvalho todos podem ser ótimas fontes de água limpa. Você pode usar qualquer coisa, desde um copo, até uma peça de roupa impermeável, ou uma folha grande, para coletar a água da chuva
    .
    Não se esqueça que até mesmo o menor corte, se deixado sem tratamento, pode levar a infecção e lhe fazer adoecer, ou até mesmo levar a morte.

    Se você planeja uma viagem longa para um terreno difícil, ou com o qual você não está habituado, é sempre uma boa ideia ter um plano reserva. Mapas detalhados/guias de trilhas, comida e água extras, e dispositivos de sinalização, como um espelho, sinalizador, ou até mesmo (dependendo da largura e localização da viagem) um sinalizador de alerta pessoal, podem salvar sua vida.

    Um acrônimo importante para se lembrar é "PPOP", que significa Pare, Pense, Olhe e Planeje.

    É mais seguro não entrar na mata sozinho.

    Se estiver com ferimentos graves, mangas de camisa podem ser cortadas e serem usadas como bandagens, se preciso. Lembre-se de amarrá-las apenas ao redor da ferida, para que elas ainda fiquem folgadas o bastante para por um ou dois dedos entre a bandagem e o corpo.

    Sua faca primária de sobrevivência deve ser uma lâmina fixa, com uma empunhadura sólida e firme; um canivete pode ser usado como reserva, embora seja melhor do que nada.

    Jamais desperdice água.

    Não entre em pânico! Tente se acalmar o mais rápido possível, pra não pirar.

    Nunca, jamais entre na floresta sem bússola. Veja em qual direção você está entrando na floresta, digamos, numa estrada reta, ou trilha, e se você ficar desorientado, basta voltar na direção oposta da qual você entrou. Se você não tiver uma, use ou aprenda as posições cardeais das estrelas e as posições do sol e da lua.
    Uma arma de fogo é sempre uma ferramenta essencial na floresta. Um rifle .22 ou pistola pode servir como meio para conseguir alimento, para se proteger de humanos, ou animais, e como dispositivo de sinalização.

    Se quiser pescar, você pode fazer uma vara de pescar a partir de um galho de 2 metros e com 2,5-7,5cm de diâmetro (basta levar seus anzóis de pesca). Descasque o galho e, usando uma faca, corte uma abertura depois de 5-7,5cm da ponta da vara. Amarre uma ponta de qualquer cordão ou linha nessa abertura, depois amarre o anzol na outra ponta do cordão ou linha. Além disso, você pode tentar usar como isca um pedacinho de carne, um inseto, ou outra coisa que você queira tentar usar para esse fim.

    Avisos

    Evite cortar suas roupas a todo custo. Cortar uma manga da camisa para usar sejam no que for pode parecer uma boa ideia na hora, mas ao cair da noite, você vai desejar não ter mexido nela.

    Beber sua própria urina como fonte de água não é recomendado.

    Se você aquecer pedras, certifique-se de que elas não estejam úmidas (ou que não sejam de uma fonte de água). Ao aquecê-las no fogo, elas irão explodir, já que a água entre as rachaduras da pedra se transformará em vapor.

    Não se confie na tecnologia moderna, como em celulares, aparelhos GPS, ou rádios para salvarem sua vida se estiver perdido. Leve um desses com você se estiver disponível. Mas lembre-se de que esses itens não são à prova de erros; tenha um plano reserva.

    Jamais viaje diretamente por um rio, porque a água absorve o seu calor muito mais do que o ar, o que pode levar a hipotermia.

    Se você se encontrar preso na mata durante o inverno, não coma a neve a menos que você possa derretê-la e aquecê-la primeiro! Se você comer neve, sua temperatura corporal irá cair e você arriscará ter uma hipotermia, ou morrer. Uma forma improvisada de aquecer a neve é colocá-la em sua garrafa de água e colocá-la entre sua jaqueta e roupa.

    Mantenha o controle do fogo! Certifique-se de que não há material combustível próximo da sua fogueira e cerque ela completamente usando rochas ou berma feita de areia. Apague o fogo usando uma grande quantidade de água: sature ele, para que não existam chances da mínima faisca permanecer acesa. Você deve pode tocar o carvão apagado diretamente com as mãos. Uma coisa é estar perdido na floresta, mas outra coisa é estar perdido e cercado por um incêndio porque você foi negligente.

    Se você encontrar alguma cobra, deixe-a em paz. As cobras picam porque estão com fome, ou quando se sentem ameaçadas. Somos grandes demais para sermos vistos como presas pela maioria das cobras; elas não gostam dos humanos como comida. Fique parado e a cobra irá embora. Ataque e ela irá retaliar. Se uma delas se enroscar no seu kit, mova-a para longe usando um longo galho de madeira e gentilmente a tire de perto. Se ela vier na sua direção, fique parado. Ela não sabe que você é quem está causando esse desconforto a ela e se você não se mexer, ela provavelmente nem vai te notar. Porém, se você matar a cobra, pode aproveitar para comê-la. Já que você provavelmente não vai saber se ela é venenosa ou não, uma boa regra é cortar a cabeça e depois cortar o mesmo comprimento da cabeça do ponto que você cortou, para trás. Isso irá remover as glândulas de veneno, se houver alguma.

    Materiais Necessários

    Apito com bússola (geralmente eles são vendidos em um colar feito com corda de para-quedas, e você pode usar a corda também se precisar)

    Garrafa para água

    Criadores de fogo: fósforos, isqueiro, pederneira, lente de aumento ou lupa (às vezes na corda do compasso)

    Panela para ferver água/cozinhar a comida

    Canivete suíço

    Mapa do local

    Anzóis e uma boa quantidade de linha de pesca. Coloque em uma bobina e ponha num bolso. Os anzóis são ótimos se você quiser pegar peixes, mas podem ser úteis para outras coisas também, e não pesam quase nada. Coloque-os na sua carteira e ponha no seu bolso de trás.

    Três a quatro barras de proteína, ou pequenas porções de ração humana

    Manta isotérmica

    Kit básico de primeiros socorros

    Garrafas de água extras (fechadas até você se perder)

    Bússola

    Comprimidos purificadores de água

    Muda de roupa

    Bolas de algodão e vaselina. A vaselina é útil para passar nos lábios ressecados, mas, o mais importante, quando você despedaça bolas de algodão e as mistura com vaselina, o resultado é um composto muito inflamável e que irá queimar bem e por muito tempo. Essa é uma ótima forma de criar tochas e acender fogueiras. Não use em queimaduras!

    Corta/barbante

    Kit de costura/fio dental (útil para reparos e para a linha de pesca)

    Azeite de oliva (calorias e para acender fogueiras)

    Uma machadinha (para cortar madeira e se defender)


    Fonte: https://www.leaf.tv
               Guia de Armazenamento e Conserva de Alimentos
               Comunidade Bem Simples
               http://forum.antinovaordemmundial.com
               https://sobrevivaatudo.wordpress.com
               http://listverse.com
    .          http://hypescience.com
               http://lifehacker.com
              https://ceabonline.com.br
              http://meioambiente.culturamix.com
              https://tempolivre.umcomo.com.br
              http://www.equipped.com
              http://www.wilderness-survival.net/
              http://www.wilderness-survival-skills.com/

    Translate

    ptenfrdeitrues

     

     

    Curta O Arquivo no FacebookCurta O ARQUIVO no Facebook

    O Arquivo

    Sobre  |  Fale Conosco