masmer4O estudante de design Jeabyun Yeon criou um conceito revolucionário: uma máscara de mergulho que transforma seres humanos em peixes. Ela extrai o oxigênio da água graças a uma nova tecnologia coreana que possibilita a respiração debaixo d’água por um longo tempo sem cilindro. A máscara é tão simples quanto as que conhecemos. A diferença é que, acoplado ao mordedor que vai a boca, ela tem dois braços, que são os filtros, que tornam o ar respirável, possibilitando mergulhos mais profundos sem a necessidade do uso de grandes cilindros de oxigêncio.

    barag1206/11/2018 - A Shoal tent é primeira barraca “anfíbio” disponível no mercado. Capaz de “flutuar” e com uma cobertura impermeável que, de acordo com o fabricante, suporta ventos fortes o produto foi pensado em pessoas que queiram “acampar” na água. A barraca pesa 34 quilos e é toda inflável. Seu ponto mais alto mede 1,90m e acomoda deitadas no colchão de ar, até duas pessoas. Só que dormir sob as estrelas, na água – sentindo o fluxo que imagine, pode ser bem relaxante (ou amedrontante para alguns) – não custa barato: a Shoal, mais uma bomba de pé, mais um kit reparo e a bolsa que a carrega custam quase 1.280 euros (valor com desconto para pré-venda).

    braa102/01/2018 - A brasileira Nadia Ayad é mais uma profissional formada em engenharia de materiais pelo Insituto Militar de Engenharia (IME) do Rio de Janeiro. No seu currículo, porém, ela já leva um prêmio internacional. Nadia desenvolveu um mecanismo de filtragem e um sistema de dessalinização de água, fazendo com que se torne potável a partir do uso de grafeno — um material composto por átomos de carbono e visto como uma alternativa de ...

    Translate

    ptenfrdeitrues

     

     

    Curta O Arquivo no FacebookCurta O ARQUIVO no Facebook

    O Arquivo

    Sobre  |  Fale Conosco