gen_1(02/03/09) Um pequeno helicóptero com quatro pequenos motores em arquitetura horizontal, refrigerados a ar e de 125 cc é a promessa da firma japonesa Engineering System Co. Ltd. para resolver o problema de locomoção nos grandes centros urbanos: Por apenas 30 mil dólares a empresa está prometendo colocar à venda na internet a partir de agosto próximo o GEN H-4, um helicóptero de apenas 70 quilos, tripulado por uma pessoa e que chega a uma velocidade de 100 km/h, seguro e ideal para pequenas distâncias. Simples como uma bicicleta - O aparelho tem uma autonomia de 50 a 100 km, dependendo do peso transportado, e capacidade de até 150 kg. O diâmetro da hélice é de apenas quatro metros, exigindo pouco espaço para pouso ou partida.  Funcionando à base de uma mistura de gasolina e óleo, injeção eletrônica e dirígivel por uma barra semelhante a um guidon de bicilcletas, o pequeno veículo possui os últimos requintes de técnica, ... 

    links3Fabio Assolini (26/05/09) - Você clicaria em um link como esse: http://000112.0×7D.0×13.00000223 ? É justamente essa “técnica” que criminosos digitais brasileiros estão explorando em algumas mensagens de e-mail maliciosas. Se você clicar no link acima, irá visitar a página do Google. Mas no caso dos e-mails fraudulentos, o resultado pode não ser tão inofensivo. O ARIS-LD, equipe de análise da Linha Defensiva, tem recebido mensagens de phishing onde criminosos brasileiros exploram a técnica, apresentado os links na mensagem dessa maneira, com números:•http://0×55.[removido].000051.0×91/i/Gb[REMOVIDO].php • http://000125.[removido].0×29.00000221/i/Gb[REMOVIDO].php Esses dois endereços citados acima levam para arquivos executáveis, e se forem abertos, instalam no computador um cavalo de troia capaz de roubar senhas bancárias. Essa técnica tenta esconder o verdadeiro endereço do link de download, convertendo um número IP para valores hexadecimais e octais, e podem ser lidos e acessados por qualquer navegador web.

    incandes1Eric Camara (01/06/2009) - Dizem que tudo tem seu tempo. O das lâmpadas incandescentes parece estar chegando ao fim. Na próxima década, vários países vão retirar definitivamente de uso a genial invenção de Thomas Edison (ou de um dos outros que disputam a autoria). Todo mundo sabe, mas não custa repetir, que o tradicional e baratinho bulbo incandescente desperdiça na forma de calor nada menos que 95% da energia que usa - em outras palavras, só 5% são usados para iluminar. A partir de 1º de setembro, começam a valer proibições de venda as lâmpadas incandescentes aqui na Europa. Nos cálculos da União Europeia, com isso, até 2020 15 milhões de toneladas de dióxido de carbono (CO2) vão deixar de ser liberadas na atmosfera. A Nova Zelândia, a Austrália, o Estado da Califórnia, nos Estados Unidos, e até os nossos vizinhos argentinos e venezuelanos já têm planos semelhantes. Mas não se trata de proteger a natureza, é economia para o próprio bolso.

    teclados121/05/2008 - Um grupo do Laboratório de Segurança e Criptografia (LASEC), na Suíça, descobriu diferentes formas de recuperar inteira ou parcialmente aquilo que for digitado em teclados comuns de computador. Os cientistas afirmam que praticamente todos os teclados do mundo são vulneráveis. De acordo com o LASEC, os teclados, que servem como ...

    Translate

    ptenfrdeitrues

     

     

    Curta O Arquivo no FacebookCurta O ARQUIVO no Facebook

    O Arquivo

    Sobre  |  Fale Conosco