vigame109/09/2018 - Não há dúvida de que os videogames significaram uma enorme mudança na forma como usamos o nosso tempo livre. Eles são os protagonistas nas reuniões de amigos, de momentos solitários, e constituem um mercado que movimenta bilhões de dólares. Todos nós já jogamos em algum momento e, geralmente, os relacionamos com situações de descontração em que não queremos pensar muito. Mas, e se o nosso videogame favorito estivesse beneficiando o nosso cérebro? Existe uma relação entre inteligência e videogames? A seguir, veremos a mudança que passamos na nossa maneira de ver o mundo graças aos videogames, e observaremos como nem todos eles têm o mesmo efeito cognitivo.

    exord126/03/2019 - Pela autoridade que me é conferida como Presidente pela Constituição e pelas leis dos Estados Unidos da América, ordena-se o seguinte: Seção 1. Propósito. Um pulso eletromagnético (EMP) tem o potencial de interromper, degradar e danificar a tecnologia e os sistemas de infraestrutura crítica. EMPs de origem humana ou natural podem afetar grandes áreas geográficas, interrompendo elementos críticos para a segurança e a prosperidade econômica do país, e podem afetar adversamente o comércio global e a estabilidade. O governo federal deve promover abordagens sustentáveis, eficientes e econômicas para melhorar a resiliência da nação aos efeitos dos EMPs.

    muntrab116/01/2018 - Com o avanço da inteligência artificial, Yuval Noah Harari, autor de ‘Sapiens’, prevê que muitos profissionais não apenas ficarão desempregados, como também não serão mais empregáveis. Com o avanço da inteligência artificial, os humanos serão substituídos na maioria dos trabalhos que hoje existem. Novas profissões irão surgir, mas nem todos conseguirão se reinventar e se qualificar para essas funções. O que acontecerá com esses profissionais? Como eles serão ocupados? Yuval Noah Harari, professor da Universidade Hebraica de Jerusalém e autor do livro Sapiens – Uma Breve História da Humanidade, pensa ter a resposta.

    teinte1A Teoria do Design Inteligente diz que “causas inteligentes são necessárias para explicar as complexas e ricas estruturas da Biologia, e que estas causas são empiricamente detectáveis.” Certas características biológicas desafiam o padrão darwiniano de “coincidências fortuitas”. Elas parecem haver sido desenhadas. Uma vez que o desenho necessita, logicamente, de um desenhista inteligente, a aparência do desenho (design) é citada como evidência para a existência de um Desenhista (designer). Há três argumentos primários na Teoria do Design Inteligente: (1) complexidade irredutível, (2) complexidade específica e (3) princípio antrópico.

    Translate

    ptenfrdeitrues

     

     

    Curta O Arquivo no FacebookCurta O ARQUIVO no Facebook

    O Arquivo

    Sobre  |  Fale Conosco