A Estranha Trajetória do Anel de Rudolph Valentino

    rudolanel122/12/2021, por Julio Cesar Araujo - Não se sabe se Rudolph Valentino, nascido em 6 de maio de 1895, em Castellaneta (Itália), acreditava ou não em maldições, apenas é sabido que ele pode ter sido vítima de uma. Antes de sua carreira ser ofuscada pelo contexto de sua morte, ele foi um dos primeiros ícones da cultura pop e também um símbolo sexual da década de 1920, conhecido em Hollywood como "amante latino".

    Valentino estrelou vários filmes mudos de sucesso, como O Filho do Sheik, A Águia, Sangue e Areia e Os Quatro Cavaleiros do Apocalipse. A brevidade de sua jornada pela indústria do cinema foi o suficiente para arrebanhar multidões de fãs apaixonadas por seu jeito sensual e sexy. Então, de repente, em 15 de agosto de 1926, Valentino sofreu um colapso enquanto estava hospedado no Hotel Ambassador, em Nova York. Ele foi submetido a uma cirurgia de úlcera perfurada, mas não foi o suficiente para o ator conseguir se recuperar. Valentino faleceu em 23 de agosto, aos 31 anos, vitimado por uma peritonite que começou inflamando o tecido do estômago e se espalhou por todo o corpo dele.

    Leia também - Os eventos paranormais do Voo Air Lines 401

    A maldição

    A morte do ator provocou uma histeria entre seus fãs, levando mais de 100 mil pessoas às ruas de Nova York para lamentar a morte dele, alavancando ainda mais o seu status de astro pop. O frenesi foi até alvo de aproveitadores, como a atriz Pola Negri, namorada do ator, que desmoronou sobre o caixão de Valentino para encenar um ato de publicidade. Além das lembranças, Negri só ficou com um objeto de seu amor: um anel de prata simples com uma pedra semipreciosa chamado Anel do Destino. Este Valentino teria comprado em São Francisco, e o dono da loja, supostamente, teria dito que o objeto estava amaldiçoado, portanto não tinha interesse em vendê-lo, mas o ator o comprou mesmo assim.

    Valentino teria usado o acessório durante as filmagens de O Jovem Rajah, a única produção que acabou sendo um fracasso em sua carreira e que, ironicamente, foi a última da qual participou antes de passar pela cirurgia e falecer. Em posse do anel, Negri adoeceu imediatamente, mas não chegou ao fim da vida, apenas sua carreira em Hollywood enquanto ela se recuperava. A atriz decidiu passar o anel para o jovem cantor Russ Colombo, que acabou morrendo em um acidente repentino.

    Rastro de destruição

    O anel de Valentino foi parar com um amigo de Colombo, Joe Casino. Ele o colocou sob uma redoma de vidro, mas acabou se deixando seduzir pela beleza do acessório e o usou por um dia. Isso foi o suficiente para se tornar "a próxima vítima". Casino se envolveu em um atropelamento fatal de caminhão 1 semana depois. A essa altura, a reputação do anel já havia crescido, e ninguém mais acreditava em uma simples coincidência as pessoas morrerem quando ficavam em posse dele. O irmão de Casino, Del, o herdou e fez questão de trancá-lo em um cofre em sua casa. Poucas semanas depois, o homem teve sua casa invadida por James Willis, que acabou acionando o alarme e foi surpreendido pela polícia, que o matou ainda no local. Em seu bolso, eles resgataram o infame anel de Valentino, que foi devolvido ao cofre.

    O diretor Edward Small recuperou o anel quando se interessou em fazer um filme sobre a vida de Valentino, contratando um ator novato chamado Jack Dunn para interpretar o astro. Após usar o anel durante as filmagens, 2 semanas depois, Dunn morreu de uma doença no sangue. Atualmente, o status do anel é desconhecido, após passar anos em um banco em Los Angeles.

     

    O anel amaldiçoado de Rudolph Valentin que leva seus usuários a morte

     rudolanel2

    17/05/2020, por Suzane Bernardo - Mesmo um ladrão que tentou roubar o anel morreu antes de se afastar. O lojista nunca quis vender o anel. “Está amaldiçoado”, disse ele. Chama-se O anel do destino. Mas para o ator de Hollywood Rudolph Valentino, que viu o anel em uma loja de São Francisco, isso não importava. O simples anel de prata com a pedra semipreciosa era perfeito; ele tinha que ter, então ele comprou. Por outro lado, talvez ele devesse ter escutado e ficado longe disso.

    Era a década de 1920 e Valentino era uma estrela de cinema. Nascido na Itália em 1895, partiu para a América e se tornou uma sensação na era do cinema mudo, mas depois de comprar o anel, algo deu errado. Tudo começou com o miserável fracasso de “The Young Rajah”, e quando ele fez “The Son of the Sheik” em 1926, ele morreu usando o anel. Aos 31 anos, ele desenvolveu uma infecção após uma cirurgia para úlceras hemorrágicas. Estima-se que 100.000 pessoas lamentaram fora de sua casa funerária após sua morte.

    UM ANEL AGRADÁVEL

    O anel foi passado para sua amante, a atriz Pola Negri, uma conhecida vampira de Hollywood, que imediatamente adoeceu. Enquanto ela se recuperava, sua carreira em Hollywood chegou a um fim abrupto. Ela decidiu passar o anel para o jovem cantor Russ Colombo, que a lembrou de Valentino. Pouco tempo depois, ele morreu em um acidente de tiro.

    A amante enlutada de Valentino, Pola Negri.

    O anel foi para o amigo de Colombo, Joe Casino. Casino colocou o anel debaixo do vidro, mas acabou decidindo usá-lo, resultando em um atropelamento fatal por um caminhão uma semana depois. A essa altura, a reputação do anel havia crescido. Quando o irmão de Casino Del herdou, ele trancou-o em um cofre em sua casa. Foi roubado por James Willis, que acionou o alarme em casa e, quando a polícia chegou ao local, atirou em Willis e o matou. Dentro do bolso estava o anel, que foi recuperado e colocado de volta no cofre. O diretor Edward Small recuperou o anel quando se interessou em fazer um filme sobre Valentino. Small contratou um ator desconhecido chamado Jack Dunn para interpretar Valentino e fez com que ele usasse o anel. Duas semanas depois, Dunn morreu de uma doença no sangue.

    rudolanel3

    QUEM É O PRÓXIMO?

    Agora, o anel fica em um cofre em um banco de Los Angeles. Alguns dizem que ele sobreviveu a numerosas tentativas de roubo, uma greve e um incêndio. Outros dizem que foi novamente roubado.“Não sei (exatamente) de onde veio, nem sei de onde é agora”, disse o autor e jornalista Alyse Wax à Ripley’s. “Eu acredito que os eventos reais ocorreram; no entanto, não acredito que o anel seja amaldiçoado. Eu realmente não acredito em maldições. Eu acho que foi uma série de incidentes infelizes que as pessoas atribuem a um objeto físico.”

    Apesar de não acreditar em maldições, é uma sequência notável de eventos e não culpo ninguém por acreditar em uma maldição. O momento é simplesmente sinistro. Alguns dizem que o fantasma de Valentino ainda procura o anel, querendo destruí-lo. Os fãs ainda lotam sua cripta no Hollywood Forever Cemetery todo dia dos namorados, deixando presentes e cartões para ele. Muitos relataram ter visto sua figura fantasmagórica enquanto ele anda pelos jardins.

    Leia também - Entrevista com David Icke

    Ele também foi visto em restaurantes, nos estúdios da Paramount e em dois lugares da cidade que apresentam estátuas dele. Para completar, o fantasma do cachorro de Valentino, Kabar, assombra o cemitério de animais de Los Angeles em Calabasas. Em setembro de 2017, um retrato de Valentino, Negri e o anel foi vendido em leilão. Nenhuma palavra sobre como está o dono da pintura …

    Fonte: https://www.megacurioso.com.br/
               https://www.ripleys.com/
               https://minilua.com/

    Translate

    ptenfrdeitrues