Há ETs na Terra trabalhando com os EUA, diz ex-ministro canadense

    ex ministro defesa10/05/2013 - Paul Hellyer,ex-ministro da Defesa do Canadá, entre 1963 e 1967, afirmou reconhecer ao menos quatro espécies de seres extraterrestres que habitariam o planeta. “Há ETs vivos na Terra neste momento, e pelo menos dois deles provavelmente trabalham com o governo dos Estados Unidos.” A declaração do ex-ministro da Defesa do Canadá Paul Hellyer, 89 anos, foi feita durante uma audiência pública sobre a existência de vida extraterrestre realizada em Washington, D.C. Diversos ex-senadores e membros da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos ouviram depoimentos de especialistas e testemunhas entre os dias 29 de abril e 3 de maio. Paul Hellyer é um conhecido defensor da existência de extraterrestres. Em 2005, ele ...

    declarou abertamente que acredita em UFOs (objetos voadores não identificados), o que gerou grande repercussão no Canadá. Como ministro da Defesa Nacional canadense, em 1963, Hellyer foi responsável pela controversa integração entre o Comando Marítimo das Forças (Marinha), o Comando das Forças Terrestres Canadenses (Exército) e a Força Aérea Real do Canadá (Aeronáutica) em uma única organização: as Forças Armadas Canadenses.

    Leia também - Os homens de preto

    Hellyer é o mais antigo membro do Conselho Privado da Rainha para o Canadá - que funciona como uma espécie de gabinete ministerial na monarquia constitucional do país. Ele afirma que passou a acreditar em óvnis quando teve uma experiência com sua mulher e amigos durante uma noite. Apesar de não ter levado muito em consideração quando viu o UFO, segundo seu relato, ele disse que manteve a cabeça aberta e passou a tratar o assunto - pelo qual se interessou há cerca de 10 anos - com seriedade.

    “UFOs são tão reais quanto os aviões que voam sobre as nossas cabeças", afirmou o político canadense no segundo dia de audiência (confira aqui o vídeo, em inglês). Ele fez parte de um grupo de 40 pesquisadores internacionais e testemunhas - entre militares e cientistas - que testemunharam suas experiências extraterrestres diante de seis ex-membros do Congresso americano na audiência pública não governamental encerrada na semana passada.

    O ex-ministro da Defesa canadense afirmou ainda que investigações apontaram a existência de "pelo menos quatro espécies (extraterrestres) que têm visitado a Terra há milhares de anos" - com o que ele concorda. Houve também declarações sobre como diversos presidentes dos Estados Unidos demonstraram grande interesse sobre óvnis e, em alguns casos, tentaram sem sucesso obter informações específicas sobre a veracidade de casos extraterrestres.

    Agora na integra, as declarações de Paul Hellyer:


    Merrill Cock: Vamos agora ao nosso honorável Paul Hellyer, que terá 20 minutos...senhor...

    Paul Hellyer:

    "Obrigado senhor por esta oportunidade, obrigdo Steve por este convite, como ja disse meu nome é Paul Hellyer, ex ministro da defesa do Canadá, servi por três governos, por 23 anos e meio a serviço do parlamento. Na condição de ministro da defesa recebi relatórios de avistamentos de UFOS, mas estava ocupado demais para me preocupar com isso na época. Eu me ocupava de unificar o exército a marinha e a aeronáutica numa força de defesa canadense unificada, o que em si ja era uma luta, então UFOS não estavam no topo da minha agenda. Mas, 10 anos atrás comecei a me interessar pelos UFOS, um senhor de Ottawa me mandou material, prometi ler um dia, tratava-se de uma cópia do livro do Coronel Corso, "O dia depois de Roswell" e fiz dele minha leitura de verão em 2005 e fiquei impressionado pelo que continha ali e que ali havia ssuntos importantíssimos que o povo da América e do mundo tinham direito de saber.

    Porque o povo faz parte disso, não se trata de uma coisa isolada. Assim, mediante confirmação do que estava escrito no livro, que foi feita por um general dos Estados Unidos, acabei aceitando o convite do colega Victor Viggiani (???) e Mike Bird para falar no simpósio na universidade de Toronto, onde declarei que os UFOS são tão reais quanto os aviões que passam sobre nossas cabeças. Isso me conferiu a dúbia honra de ser o primeiro chfe de gabinete de ummembro do G8 a falar algo assim publicamene. Desde então aprendi muito de muitas fontes e tantas testemunhas fantásticas que me deixaram pasmo, que testemunharam nesses últimos quatro dias e eu sou grato a todas elas. Mas por não ser ufólogo, sou um político, algumas poucas coisas apenas gostaria de adicionar.

    Por exemplo, que em fins do anos 60 uma frota de UFOS cruzou os céus da NATO, o Atlêntico norte. E os supremo comandante das forças aliadas na Europa estava naturalmente muito abalado. Felizmente antes que o pânico se instalasse, a frota deu uma volta sentido norte, ja que inicialmente eles temiam que fossem os russos. Assim começou a investigação do assunto, e gerou um documento cuja conclusão final foi que pelo menos quatro espécies alienígenas tem visitado a Terra por milhares de anos. E eu endosso esta visão atualmente. E conversamos mais algumas vezes sobre este assunto. Vou mencionar algumas. Inicialmente nós os chamávamos de "eles" apenas, mas agora estamos falando em pelo menos três espécies distintas.

    Trouxe meu livro chamado "Uma luz no fim do túnel - um plano de sobrevivência para a humanidade.",onde menciono cinco espécies alienígenas, mas temos conhecimento de outras. Recebi um documento mencionando 20 espécies, inclusive suas possíveis origens, Zeta Riticulli, as Plêiades, Orion e Andromeda. Assim não os chamo mais de "eles" porque representam espécies distintas, não uma massa uniforme, diferentes espécies e se espera que tenham diferentes interesses, assim como acontece como os EUA, China, Rússia, etc (cada um com seu interesse em particular). Talvez intenções parecidas, mas percebo que ainda assim seguem em separado.

    E mais uma observação a fazer: Muito tempo foi gasto falando dos cadáveres de 60 anos (de Ets em Roswell) e fico feliz ao ouvir Linda esta manha dizer que ha Ets vivos na terra hoje mesmo e pelo menos duas dessas raças trabalham com o governo dos EUA hoje. Não muito tempo atrás me foi contado sobre os Tall Whites, relato colhido por Paula Harris trazido a público alguns anos atrás, que teve a oportunidade de falar com o piloto da força aérea Charles Hall que nos conta a história fascinante de como veio a trabalhar com estes seres, a princípio com muito medo, mas desenvolvendo uma relação positiva de trabalho com os Tall Whites em um rancho de Indian Springs, Nevada.

    Os tall Whites viviam em área da força aérea do governo americano e cooperavam com este em constante transmissão de tecnologias, conforme descrito no seu livro "Hospitalidade Milenar" em quatro versões distintas, o número dois parce o melhor paramim e leitura indispensável se voces quiserem saber o que se passou naquele deserto. Meu interesse aqui é a liberação total da informação, digamos de 98% da informação. Uma ou duas coisas talvez não possam mesmo ser divulgadas ainda, assim como crianças sobrevivem ao saber que papai noel e a fada do dente de leite não existem, igualmente os cidadãos pagantes de impostos são capazes de conviver com a nova realidade, mais nova e ampla, o fato que vivemos em um cosmos transbordante de vida de vários tipos.

    Talvez seja humilhante perceber que outras civilizações são mais avançadas, mas isso talvez seja um passo necessário...o mundo esta uma bagunça. Nós temos no máximo 10 anos para parar o aquecimento global antes de chegarmos ao ponto irreversível, digo isso no meu livro. E dois anos ja se passaram e nossos líderes nem tocam nesse assunto, eles parecem preocupados em fomentar guerras pelo controle do petróleo, aumentando assim a ameaça. E mesmo que levassem o assunto a sério, estes líderes não teriam os recursos necessários para executar a transição necessária do petróleo para a energia limpa, porque o ocidente esta tomado por um tolo sistema financeiro e bancário. Infelizmente o congresso americano detém parte dessa culpa...e finalmente precisamos da tecnologia de energia limpa, mas ela ja existe, e vem sendo escondida pelas mãos que comandam nosso destino.

    Leia também - O Caso de San Pedro de Los Altos

    Quem são essas forças? Em primeiro lugar pensei que fossem os militares. Mas eu aprofundei os estudos e cheguei a conclusão que há três irmãs que formam o "cabal": O cabal que é constituido de relações entre os conselheiros de relações exteriores, os Bilderbergs, a comissão bancária internacional, o cartel do petróleo, o cartel bancário, a comissão trilateral, membros seletos de organizações de inteligencia e militares selecionados especialmente, todos juntos no propósito de criar um governo oculto não só nos EUA mas no ocidente todo. O CFR, conselho de relações exteriores é a mais antiga das trEs irmãs. Ainda nos anos 1940, muitos anos antes dos alemães se renderem aos aliados dando fim a visão imperialista de Hitler, este grupo economico-financeiro ja delineava uma política complexa que estabelecesse um plano de avanço militar e territorial americano em um mundo potencialmente livre do império germânico (nazista).

    Com a inclusão até mesmo da Gra Bretanha e do extremo oriente no território de influência americana este conselho não fez qualquer esforço em esconder que o objetivo desta futura hegemonia seria expandir a economia americana, favorecendo os interesses americanos de mercados e produção, o assim chamado "interesse nacional". Isso representaria os interesses da elite dominante constituida por este conselho, onde o interesse do americano comum nunca fez parte da equação. O Senhor David rockfeller pertencia a todas as três irmãs e declarou no encontro dos Bilderbergs na Europa:

    "Graditão ao Washngton Post, O New York Times e a Revista Time que assistiram nossas reuniões mas mativeram a discrição durante 40 anos, sem a qual não conseguiríamos conduzr o mundo se estivéssemos sob o jugo da publicidade."

    Mas o mundo agora esta mais sofisticado, e pronto para caminhar para um governo mundial de soberania supranacional onde uma elite de banqueiros é certamente preferível aos interesses nacionais que vigoraram em séculos passados. Naturalmente ele fingiu não ter dito isso. Porém, repórteres gabaritados confirmam esta declaração, mostrando a real intenção do grupo Bilderberg e o que ocorre lá dentro. Vocês ouviram o que Mr Rockefeller disse e ai esta: O objetivo do jogo é um grande governo mundial composto por membros da Cabal, líderes não eleitos e que não precisam dar explicações a ninguém, e segundo Mr Rockfeller o plano esta bem avançado, o que explica a supressão dos direitos civis, no Canadá inclusive.

    Um passo gigante na direção errada se deu no fim da guerra fria. Ninguém se alegrou mais que eu com a queda do muro de Brelim, coma subsequente volta a liberdade no bloco oposto de países, no que pareceu ser a nova aurora da paz e da prosperidade por toda parte, aparentemente uma oportunidade divina para um mundo livre. Porém, perdemos esta oportunidade única de fazer algo bom. Um pequeno grupo de zelotes estragou esta oportunidde de buscar a paz e estimular novas guerras, aplicando doravante sua própria visão do que seria uma nova ordem mundial, chamado assim "projeto para o novo século americano" icluindo guerras preventivas, violação de leis internacionais e mudança forçosa de regimes onde o USA assim o desejar e a busca da hegemonia cultural e econômica do USA e que isso fosse alcançado com autorização das Nações unidas e sem violação dos tratados existentes. Tudo acompanhado de uma corrida armamentista sem precedentes em tempos de paz, bem como a criação de uma polícia secreta a favor do cartel em detrimento das liberdades civis. Tais coiss eram exatamente aquelas que desprezávamos na antiga União Soviética.

    O documento tem origem controversa e foi reescrito por ocasião do seu envio ao NY Times. Mas a mudança em seu conteúdo é meramente cosmética para torna-lo mais aceitável. o documento dizia:

    "Talvez fosse mais fácil persuadir o presidente Bush a não se envolver mais em assuntos internacionais, mas convencer o povo americano é mais difícil, convencer o americano mais sofisticado intelectualmente a aceitar medidas restritivas. Os criadores da defesa dos EUA neste novo século perceberam esta dificuldade desde o início."

    Assim, segundo eles:"Acelerar o processo transformativo, ainda que traga mudanças revolucionarias, tende a ser longo, mas sequer ser catalisado por um evento catastrófico como um novo Pearl Harbor." Isso dito pouco antes do ataque ao WTC em NY e o Pentágono em 11/09, aterrorizar o mundo. Esta referencia a Peral Harbor foi removida nas versões disponíveis na internet. O mundo inteiro lamentou e igualmente a maioria dos muçulmanos condenou este ataque.

    Mas a minha simpatia pelo EUA diminuiu quando o presidente atribuiu as razões para esta ataque, segundo Bush: "Porque eles nos odeiam? Eles odeiam o governo eleito democraticamente, seus líderes são auto escolhidos. (Bush) eles odiam a liberade religiosa...Fiquei triste ao ouvir isso, creio que o presidente os EUA acredta no que diz ao atrbuir a Osama Bin Laden um óio fanático ao USA como explicação para o fato.

    Osama: "Os muçulmanos defendem sua fé. Os ventos da mudança sopram a paz, esteja com eles. Prometo em nome de Allah que não haverá paz no USA enquanto as tropas americaqnas não se retirarem da Palestina e da retirada dos infiéis do território de Maomé." As palavras de Osama deixam claro que o conflito não surge de uma disputa entre tirania e democracia e sim da política externa do próprio Estados Unidos."

    E da questão palestina, Mr Hellyer, lamento interromperesta discussão, ....

    Preciso de mais uns cinco minutos

    O senhor terá mais dois minutos para concluir

    Leia também - Caso Antonio Vilas Boas

    "Okm em poucas palavras....os EUA e sua política externa é a raiz desse conflito e 10 anos mais tarde estamos com outra guerra que ninguém pode vencer pois nenhum pais do mundo tem como se proteger do ódio fanático e assim vizinho selança contra vizinho e estado contra todos. E as liberdades conquistadas com dificuldades por milhares que morreram por isso vão pelo ralo. E a única chance de uma negociação de paz passa por mudanças de paradigma do governo americano, como o abandono do plano americano de controle da energia e a cooperação de toda a humanidade para construir um mundo para todos onde os jovens aceitem a nobre causa de conter o aquecimento global, e criar um sistema bancário sustentável, assim como aceitar a nova realidade que precisamos viver em harmonia com nossos vizinhos celestiais, do mesmo modo que buscamos poaz na Terra, em um mundo onde precisamos ser seres espirituais e praticar a regra dourada que as religiões do mundo tem em comum."

    Agora o senhor tem 30 segundos para concluir....

    "O psiquiatra judeu John Mack, lider mundial na pesquisa com abduzidos, e ja falecido, disse em seu impressinante livro passaporte para o cosmos: "Embora os alienígenas nao sejam deuses, seu comportamento é muita vezes tudo menos divino, os abduzidos relatam constantemente que os alienígenas estão mais perto da divindade do que nós, agindo como mensageiros anjos ou guardiões que intermediam nossa comunicação com a fonte divina......Obrigado."

    Fonte: http://noticias.terra.com.br
    http://www.youtube.com/watch?v=KsWHVw5vAjQ

    Translate

    ptenfrdeitrues