O Caso Bruno Graff! O relato espantoso e preocupante de sua mãe Arlene Graf !!!

    bgraf123/09/2021 - ARLENE GRAF (AG) - Eu tornei público porqu eu queria que as mamães, os pais, soubessem do que aconteceu com meu filho. Para que elas podesse socorrelos a tempo. Dia 14 de agosto, num sábado, ele tomou a primeira dose e somente esta da ASTRAZENICA. Quando foi 19 horas, 3 horas depois da foto, ele teve um AVC HEMORRÁGICO GRAVÍSSIMO E IRREVERSÍVEL. Deu positivo, eu disse como? Em palavras que eu pudesse entender deu positivo que O QUE CAUSOU O AVC NO BRUNO FOI ALGO DA VACINA.

    Foi no Twiter que eu avisei primeiro, eu disse, por favor se acontecer alerte um médico..ALERTEM, GRITEM, PEÇAM EXAMES, PEÇAM TOMOGRAFIA, porque talvez um anticoagulantes tivesse salvo meu filho. Que a vacina esta causando reaçoes adversas E UMA DAS REAÇÕES É MORTE...PERA LÁ !!!!

    LEDA NAGLE (LN) - EU hoje vou conversar com Arlene, ela é mãe do menino bruno, Bruno Graf, que tomou uma vacina, primeira dose da vacina, teve um problema que a Arlene vai explicar para a gente, E VEIO A ÓBITO ! É com essa mãe doida e sofrida qu eu vou conversar hoje. E isso me da uma...........me da uma angustia muito grande porque eu sei que é um assunto dolorossíssimo, para ela. Mas que ela esta sendo muito valente e ESTA COMPRANDO ESSA BRIGA DE FALAR, DE DIZER, DE COLOCAR A QUESTÃO DELA. Boa noite, Arlene!

    ARLENE GRAF (AG) - Boa Noite, Leda!

    LN - Eu vou....eu acho muito duro não é, muito dura, muito triste essa conversa que a gente vai ter, mas eu admiro muito a sua coragem, agradeço a sua confiança e quero te dar a palavra, quero que voce exponha como você quer expor a sua história e a história do Bruno.

    AG - Obrigado, primeiro, por me convidar a conversar com você, é um prazer muito grande. Infelizment é nessa situação, gostaria que fosse em outra. E não para falar a história do meu filho, que se tornou um assunto hoje que foi até pra mim espandoso que o Brasil inteiro esta sabendo de norte a sul. Tanto que eu sou de Santa Catarina, Blumenau, e faz cinco dias estou no norte, meu filho mais velho me trouxe para Manaus para eu sair um pouquinho, pelo fato que aconteceu e agora estou aqui no Pará com ele. Mas eu toco no assunto com as pessoas que eu encontro no hotel, na recepção, todo mundo ja sabe e eu estou assim um pouco espantada. Se bem que era essa a minha intenção quando aconteceu o fato com o bruno. Eu tornei público porque eu queria que as mamães, os pais soubessem o que aconteceu com meu filho, para que elas pudessem socorre-los a tempo, os filhos, foi o que eu pensei no momento que aconteceu com meu filho. Eu até gostaria que você me ajudasse porque é a segunda live que eu faço, então, eu nao tenho a prática que você tem, se voce quiser me interroper , perguntar....

    Leia também - Esperando os forcados e as tochas, a tese "insana" de Nick Hanauer

    LN - Imagina....sim eu posso te pergundar. O Bruno tinha 28 anos, advogado?

    AG - Sim, o Bruno tinha 28 anos, era advogado, um menino inteligente, ela passou na prova da ordem ja na primeira vez... Ele NUNCA TEVE NENHUM PROBLEMA DE SAÚDE, ELE NÃO IA AO MÉDICO, porque ele NAO TINHA NADA, eu que mandava ele fazer exames de sangue, mas assim para ver só se estava tudo ok. ELE NÃO TINHA NADA, nunca teve dor de cabeça, nada nada. Ele jogava futebol, era goleiro ele gostava muito.

    LN - Então ele tomou UMA DOSE DA VACINA, é isso?

    AG - Sim. Dia 14 de agosto, num sábado, ele tomou a primeira dose e somente esta da ASTRAZENICA. Ele tomou só uma dose. No dia seguinte ele sentiu uma dor no local onde foi aplicada a vacina, mas eu disse pra ele que era normal, eu achava que aquilo era normal. E depois durante a semana seguinte ele reclamou que a noite teve calafrios, eu ainda assim achei que aquilo era normal. A gente ouve que, após a vacina, temos reações adversas. Na minha cabeça, as reações adversas seriam essas... uma dor no local, uma febre, dor de cabeça. Meu filho mais velho teve um dia todo de febre e mal estar. Então até ai pra mim era tudo normal. E quando foi no domingo seguinte, no caso 8 dias depois da vacina, no final da tarde ele disse que estava com dor de cabeça mais forte e me pediu um comprimido. ELE NUNCA ME PEDIU COMPRIMIDO. Eu dei, ele foi dormir eu disse que qualquer coisa me chamasse. Na manha seguinte, as 10:30 da manha ele me pediu para levar=-lo ao pronto socorro porque ele estava com MUITA DOR DE CABEÇA ! Mas nem ai eu pensei nada, eu não imaginei eu nao liguei nada, dor de cabeça pode ser n coisas.

    LN - É, pode ser tudo, dor de fome, gripe qualquer coisa...ai você levou ao pronto socorro e os médicos examinaram?

    AG - Eu levei, ele ficou la sozinho, pela idade dele a gente não pode mais entrar, não é, eu levei ele no Hospital Santa Catarina e ao fazer a ficha depois na recepçao, você entra e não pode entrar mais ninguem , ele ficou sozinho e eu fui para minha casa e falei que nos comunicassemos por watsap. Ele me relatou logo em seguida em 15 minutos ele ja estava sendo atendido e ja tinha sido aplicado no soro dois remédios pra dor de cabeça, retiraram sangue para fazer exame e depois de uma hora aplicaram mais dois remédios pra dor de cabeça. Então, imagino, que a dor era bem forte, dois remédios depois mais dois. E quando foi ali pelas 16:30, não veio nada, ele não foi liberado eu fui pra lá. Para saber porque o meu filho estava demorando tanto , ja eram 18 horas mais ou menos. Apesar de que ele disse que estava bem, estava aguardando e tal. Então eu fui e conversei com a médica e ela disse: mãe, deu uma alteração no exame de sengue dele. AS PLAQUETAS ESTÃO BAIXAS. Eu nao sabia que o normal era 140 mil e estava 90 mil. E o PCR esta alto, ela disse. E eu também nao sabia que o normal é 3 e o dele estava estava 113. Ai ela disse que estava esperando uma outra opinião do médico infectologista para poder liberá-lo e que ele poderia ter COVID, pelo exame de sengue que se apresentava, ou poderia ser DENGUE. E que o resultado do exame de covid sairia as 21 horas e o dengue demoraria mais. Entao eu disse, voce vai internar o meu filho ja que são 16:30, 18 horas, você nao esta conseguindo falar com o infectologista e se existe o risco, seugndo ela, DE HEMORRAGIA, PORQUE AS PLAQUETAS ESTAVAM BAIXAS, mas devido a dengue.

    Ai eu sei que dengue, tem a hemorrágica, que é muito perigosa se voce nao tratar. Mas eu pensei, ele esta aqui dentro do hospital, esta tratado, isso não vai acontecer. Então, você interna ele e amanha vamos fazer novos exames e deixa ele aqui. Fui pra casa, tranquila, porque ele estava no hospital. Isso foi segunda, quando foi na terça feira ele me passou um whatza de manha dizando que fiazeram nova coleta de sangue para novo exame e que ele estava bem, relativamente bem, tinha comido bem. E quando foi quase 14 horas ele disse, mãe agora é o horario da visita, porque apesar dele estar num hospital particular eu poderia ficar com ele no quarto, mas por causa do covid eles mudaram os protocolos de acompanhantes, então o bruno ficou sozinho. Entao eu fui e fiquei com ele por duas horas onde fiz a primeira foto do meu filho, quase na hora do fim da vizita, 15 para as 4 da tarde.

    LN - Esta foto em que ele aprece com uma camisa azul turquesa>

    AG - Isso, porque ele tomou banho, eu arrumei ele, veio o lanche, veio o notebook, ele ia começar a fazer contato coma namorada na espanha. Quando eu vejo as fotos dele eu ficou muito emocionada............................e essa foi a ultima foto que eu bati dele.

    LN - Ele esta todo alegrinho, estava tudo bem....

    AG - É, ele disse so que doia um pouco a cabeça atrás, a enfermeira veio para recolocar as seringas, porque ele tinha ido tomar banho.

    LN - Eles não fizeram uma tomografia?

    AG - Até este momento não. A enfermeira entro no quarto um póuco antes desse horário, eu perguntei pra ela, eu queria falar com a médica. Eu disse eu quero sabe o resultado do exame de hoje. Ela disse que a médica não havia passado ainda, a médica vai passar só amanhá. Eu sou assim eu cobro, eu disse o meu filho vai ficar até amanhã e eu sem saber o que deu no exame....ela disse isso é com a médica, ela provavelmente so vai passar amanhã. Eu disse o meu filho esta aqui e com que tratamento então? Ela disse que ele estava sendo medicado para dengue.... e qual é o tratamento? eu perguntei....ela disse estaamos dando remédio para dor de cabeça e soro porque para DENGUE é hidratação e repouso. Então quando eu me despedi do meu filho, beijei meu filho, porque eu beijo os meus filhos todo dia e hoje eu agradeçoa deus muito por isso. A mãe te ama filho, porque eu ja sai ha muitos anos do emprego de funcionaria publica para cuidar deles. Beijei ele, disse a mãe te ama, so descança, você nao tem nada......então veja como ele estava alegrinho porque pra ele também estava tudo bem. Entãop depóis eu fui embora, porque eu tinha que ir, na podia ficar. Ele estava até de máscara dentro do quarto sozinho, ele baixou para bater a foto.

    Depois as 20 horas eu mantei um wats, filho como voce esta e tal, ele não respondeu. E ai eu pensei que ele estivesse no banheiro, ou dormindo, .... depois de uma hora falei de novo e ele não respondeu....não deu 15 minutos eu recebi uma ligação do hospital e a senhora disse que era par ir la a mãe e o pai. Isso era umas 21:30. Ai ja me deu uma coisa ruim, eu disse marido corre, marido corre, aconteceu com o nosso menino. E chegando lá ele ja não estava no quarto, estava em outro andar, nos fizeram esperar perto da porta da UTI, perto da porta da cirurgia. Até que vieram e nos deram a triste notícia, contaram com muita delicadeza, foi tudo assim muito devagarinho....

    LN - Mas ele tinha morrido?

    AG - Querida, quando foi 19 horas, 3 horas depois da foto, ELE TEVE UM AVC HEMORRÁGICO GRAVÍSSIMO IRREVERSÍVEL. Tanto que eu vi a tomografia, o meu marido não quiz ver, FOI UMA HEMORRAGIA MUITO GRANDE NUM LADO DO CÉREBRO, MUITO GRANDE E O OUTRO LADO DO CÉREBRO FOI EMPURRADO CONTRA O CRÂNIO. DESLOCOU , O MÉDICO ME MOSTROU ! Não tinha NADA a fazer. NADA. Eu disse pelo amor de Deus doutor salva o meu filho..... ele disse as plaquetas baixaram mais ainda e o risco de hemorragia éra imenso, qualque cirurgia que fosse tentada ele morreria na cirurgia. As plaquetas estavam muito baixas nao tinha o que fazer. Então ele ficou na UTI entugado, sedado, eles permitiram que nós entrássemos, para ve-lo e ele estava vivo, mas ja com morte cerebral porque os órgãos estavam funcionando perfeitamente, o corpo quente.....e isto LEDA, foi terça a noite, e foi até o óbito, quinta de manhã ...porque existe um protocolo para que se determine a morte cerebral e eles cumpriram o protocolo. Foram tirando um medicamento, obarvando a reação, desligando outro, etc....isso levou horas até que na quinta feira, dia 26, por isso o atestado de óbito é do dia 26 de agosto as 06:22 da manhã. Também nós resolvemos doar os órgãos do bruno.

    AG - E quando você começou a desconfiar dessa situção e mandar fazar o exeme, porque voce mandou fazer exame na espanha, não foi isso?

    LN - Olha, é inacreditável, as pessoas talvez não vão acreditar. Eu confio muito na Nossa Senhora e tudo o que eu peço pra ela ela me atende. Eu accho que foi Ela. Quem não acredita vai rir, não importa. Porque na terça feira a noite quando os médicos começaram a contar, sai assim......doutor poderia ser da vacina? POrque até ali eu juro, eu não tinha pensado que o Bruno tinha tido dor de cabeça forte da vacina, porque tudo pra mim era coisinhas de vacina era tudo normal, reações adversas pra mim como eu ja disse, uma febre, um dor de cabeça leve, um mal estar, etc.

    LN - É o que a gente houve falar sobre a vacina, né>

    AG - É....ai eu disse poderia ser da vacina? Ai eles disseram assim NÃO PODEMOS DESCARTAR A HIPÓTESE ! Então eu achei muito ético, hoje consigo analisar friamente. Eles não foram logo dizendo NÃO....como eu tenho recebido muitos relatos....eles falaram que não descartavam a hipótese. Ai eles nos liberaram disseram que nos, pais, poderiamos entrar na UTI a hora que quiséssemos. Os irmãos, família, amigos podem entrar, sendo que podem entrar dois de cada vez. Depois que eu fui pra casa comecei a pensar, ele teve um avc hgorrágico gravissimo e irreversivel, para quem não é médico eu ainda pensava num milagre, pedi orações no grupo do twuter eu acreditava nisso, mas pensando os médicos nos liberaram pra UTI E TAL, nao tem jeito mesmo. Ai no outro dia na UTI os médicos sempre vinham a psicóloga nos acompanhava ja eram outros médicos porque reveza dentro da UTi, nós perguntávamos de novo se poderia ser da vacina eles é...assim e tal. Em determinado momento eles vieram com um papél pedindo para nós assinarmos, explicando que o nosso plano de saúde não cobria...e se nós quiséssemos fazer O EXAME QUE IRIRA CONFIRMAR QUEO QUE O BRUNO TEVE ESTAVA RELACIONADO COM A VACINA, o valor éra bem alto , 3875 reais, e esse exame iria para fora do Brasil. De primeiro momento eu falei que não, esse exame vai trazer o meu filho de volta? Nâo, entao eu fui pra casa. Mas eu fui pra casa de manha e quando chegou a noite eu falei para o meu marido que queria ir la, voltar lá. Eu não quero conviver com a dúvida. Ai eu mandei chamar a moça com o papel, eu quero assinar e nos vamos fazer o exame.E foi assimj que aconteceu.

    Esse exame, muitos estão me perguntando, no insta, no face, no twiter, PORQUE NUNCA OUVIRAM FALAR. Se chama: ANTI HEPARINA PF4 AUTOIMUNE !!!! Isso só o médico que entende e que consegue explicar. E muitas pessoas me disseram que nao sabiam que existia esse exame. E uma médica me disse que esse exame não é feito no Brasil, ainda não é feito. O exame foi feito na Espanha. E outra médica me disse que tem outro laboratório na Espanha que faz, em Barcelona também.

    LN - E veio o resultado positivo?

    AG - Veio, depois de mais ou menos 10 dias. Dai quando o doutro do laboratório me ligou para me dar a notícia, eu pedi para ele me explicar ele me explicou. Mas eu não sei explicar. Deu positivo, em palavras que eu pudesse entender, deu positivo. O QUE CAUSOU O AVC NO BRUNO FOI ALGO DA VACINA.

    bgraf3

    LN - TROMBOCITOPENIA TROMBÓTICA INDUZIDA PELA VACINA.....

    AG - Isso. Eu só sei dizer que a trombocitopenia são plaquetas baixas e a trombotica é trombose. Porque a causa que esta na certidão de óbito é AVC HEMORRÁGICO DECORRENTE DE TROBOCITPENIA TROMBÓTICA IMUNE (TTI).

    LN - Eu falei com os médicos aqui em São Paulo e eles também confirmaram que esse exame prova isso. Só para explicar para as pessoas a Arlene me passou vários documentos, inclusive a carteira de vacinação, a certidão de óbito, etc. Eu vi o Guilherme Fiusa ler a carta aberta que você fez ao ministro da saúde. Ela relata o caso e HÁ OUTROS MÉDICOS QUE FIZERAM DOCUMENTOS, LAUDOS MÉDICOS RELATANDO SOBRE O CASO DO BRUNO. A partir dai, digamos, você se comprometeu com você mesma e com Nossa Senhora, a tornar isso público para evitar outros casos.

    XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

    Leia a íntegra da carta de Arlene, mãe de Bruno Graf

    bgraf4

    O grupo Médicos Pela Vida ouviu o apelo de Arlene Ferrari Graf, mãe em luto pela perda precoce de seu filho, um jovem com 28 anos e que ainda tinha tudo pela frente, inclusive um casamento. A ela, prestamos nossa solidariedade.

    Será que o Ministro da Saúde responderá a esta carta, ou irá ignorá-la? A notícia incomoda, sendo pouco divulgada na grande mídia – que faz questão de abafar qualquer fato que represente uma versão diferente da narrativa atual imposta pela própria imprensa.

    No caso dos atuais experimentos vacinais, finge-se não ver como tantos desses eventos adversos acontecem aqui, em Israel, o país que seria o exemplo, e muitos países ocidentais. Dando uma olhadinha no próprio site da Anvisa ou do Ministério da Saúde, verifica-se que muitos estados brasileiros sequer registram os efeitos adversos. Por qual motivo? É concedido esse descompromisso a qualquer gestor público da saúde?

    Não fosse o inconformismo de uma mãe, Bruno Graf seria apenas mais um anônimo. E vai ficando por isso mesmo. Por enquanto.

    Ao mesmo tempo, a mesma mídia de massa fecha os olhos para cidades, regiões, estados ou países que tomaram outros rumos para controlar a pandemia. Como a Índia, por exemplo, que utiliza, em larga escala, fármacos sem patentes, baratos, genéricos, e produzem resultados espetaculares. Antes, criou-se uma narrativa que um desastre de grandes proporções aconteceria por lá. Implantaram a ivermectina em larga escala. A pandemia foi controlada e o país sumiu da mídia. Ninguém percebeu esse sumiço?

    Entretanto, uma coisa é certa: a vacina jamais pode ser obrigatória.

    A lei 13.797/20, promovida pelo então ministro Mandetta, sem embasamento científico e com objetivos questionáveis, é uma aberração. A legislação, além de contar com aspectos flagrantemente inconstitucionais, os quais dão plenos poderes a gestores estaduais e municipais para que obriguem uma vacinação forçada, retiram o poder dos médicos em avaliar uma prescrição de vacina, de modo individual e minucioso.

    Leia também - A Máfia Médica e a Indústria da Doença

    Assim, direitos constitucionais estão sendo violados. Prefeitos e governadores impedem cidadãos não vacinados de frequentar lugares públicos. Muitos têm até de largar os seus empregos por não concordarem em tomar as injeções experimentais. Até o direito de ir e vir foi solapado. É hora de dar um basta!

    E nós, Médicos Pela Vida, pedimos ao Ministro da Saúde: leia a carta da Sra Arlene Graf e não vire as costas para os brasileiros que não se sentem confortáveis ou não podem se vacinar nesse momento.

     

    Íntegra

    Carta aberta ao Ministro da Saúde

    Blumenau, 11 de setembro de 2021

    Excelentíssimo Senhor

    Dr. Marcelo Queiroga

    MD Ministro da saúde

    Sou Arlene Ferrari Graf, mãe de Bruno Oscar Graf, um jovem advogado de 28 anos, que gozava de saúde plena e que dez (10) dias após receber a primeira dose da vacina Astrazeneca no dia 14 de agosto de 2021, sofreu um AVC hemorrágico gravíssimo e tristemente irreversível.

    Bruno sentiu já nas primeiras horas um desconforto na região onde havia sido inoculada a vacina, que evoluiu para dores no corpo por dias seguidos, como a mídia e médicos diziam que eram sintomas normais da vacina, ele foi medicado com um remédio comum para dor que eu havia em casa. As dores começaram a aumentar e outro sintoma começou a surgir, a dor de cabeça. No nono dia (9) Bruno sentiu uma forte dor de cabeça e pediu para ser levado ao hospital, ele foi atendido no PA do Hospital de Santa Catarina em Blumenau (SC) por volta das 10:30hs.

    Após receber a medicação para aliviar a dor, foi feito um exame de sangue no qual detectou plaquetas baixas e PCR 113. A médica plantonista cogitou a possibilidade de COVID-19 ou Dengue. No mesmo dia saiu resultado negativo para COVID-19, sendo assim solicitei a internação do meu filho.

    No dia seguinte (24 de agosto de 2021) foi coletado mais amostras de sangue para novos exames, meu filho continuou internado seguindo um protocolo de tratamento de dengue.

    As 14hs do mesmo dia 24 de agosto visitei meu filho, que estava aparentemente bem, fiz uma foto sua para enviar a sua namorada que mora na Espanha e tranquilizá-la. As 16:00hs o horário de visitas se encerrou e eu tive que ir embora, me despedi do meu filho dando-lhe um beijo em sua testa ternamente dizendo-lhe: “ Mãe te ama filho. Descansa que amanhã eu volto.” Não pude ficar com ele devido aos novos protocolos de acompanhantes nos hospitais pelo covid.

    Eis que 3 (três) horas após, por volta das 19:00hs Bruno reclamou de uma dor estranha no braço, dor de cabeça e não conseguia visualizar tampouco o que ele via na parede do quarto, começou a balbuciar, perdeu os movimentos de um lado do corpo, e aconteceu o PIOR que se poderia esperar: um AVC hemorrágico gravíssimo que impossibilitou qualquer medida.

    Era o FIM para o meu filho Bruno, amado, querido, educado, respeitoso, sem vício algum e que foi arrancado de minha vida subitamente, sem aviso prévio. Não lhe fora dado nem mesmo a chance de lutar pela vida, não teve a chance de nenhum tratamento como ocorre até mesmo com um câncer onde muitos lutam por anos, sem contar na chance de tratamento que ele teria tido se tivesse contraído o COVID. Não, meu filho não teve oportunidade para NADA.

    Bruno foi para a UTI e ficou mantido ligado aos aparelhos, até o dia 26 de agosto às 6:22hs quando findaram os exames protocolares para oficializar a morte cerebral.

    Eu perguntei aos médicos: “ em que lugar do mundo posso levar meu filho para devolver-lhe a vida?”……. a resposta sabemos.

    Mesmo neste momento mais difícil da minha vida, aceitei fazer o exame que me foi indicado ( ANTI-HEPARINA PF4, AUTO-IMUNE) o qual me custou R$ 3.875,00 reais, este exame foi encaminhado para a Espanha , onde de lá eu receberia a resposta à pergunta mais difícil: “ Meu filho poderia ter morrido pela vacina?”.

    O resultado se confirmou, a causa morte foi a vacina e isto só fez amplificar ainda mais a minha dor, porque eu levei o meu filho para ser vacinado no dia 14 de agosto de 2021, e a sensação que ficou dentro de mim depois deste resultado, foi de ter levado meu filho Bruno ao matadouro.

    Hoje me torturo e penso que, se o Bruno aos 28 anos, saudável, sem nenhuma comorbidade, tivesse contraído o vírus do COVID coisa que nunca aconteceu nestes 18 meses de Pandemia, ele teria tido a chance de tratamento e de LUTAR!

    Mas ele não teve esta escolha e nem mesmo esta chance. Ficou apenas a dor e a saudade de toda nossa família, do Bruno Oscar Graf.

    Depois de todo sofrimento e dor, eu venho a público pedir ao Excelentíssimo ministro da Saúde que avalie junto aos órgãos de saúde responsáveis, tais protocolos impostos a sociedade.

    1- Avaliem melhor a obrigatoriedade desta vacina para este vírus.

    2- Avaliem e levem em consideração o estado físico de cada indivíduo antes da vacinação.

    3- Dêem-nos o direito de ter a liberdade de escolher se queremos nos submeter a uma vacinação experimental, e sobretudo que os senhores nos comuniquem as consequências de tal.

    4- Que os senhores comecem a notificar as reações adversas que estão sendo relatos por inúmeras pessoas a cada dia, relatos esses que estão sendo subestimados e negligenciados. Que passem a constar nos autos médicos e seja divulgado de forma aberta e transparente à sociedade.

    Com meu respeito e estima,

    Arlene Ferrari Graf

    XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

     

    AG - Foi. Porque assim, quando aconteceu isso com meu filho, eu senti a necessidade de alertar porque foi um susto tão grande de meu filho qu eu deixei lá por uma dor de cabeça por um possíve denque, que eu não via como um risco de morte porque ele estava hospitalizado e de repente um AVC POR CAUSA DA VACINA??? Aquilo me deu um pavor, eu pensei MAIS PESSOAS VÃO MORRER POR CAUSA DISSO E NÃO VÃO SABER, MAIS PESSOAS VÃO TER O FIHO COM DOR DE CABEÇA E NÃO VÃO SE ATENTAR QUE PODE SER ISSO, eu vou avisar correndo olha se voces chegarem no hospital, porque o meu filho ficou praticamente 38 horas tratando uma dor de cabeça E ERA OUTRA COISA, vinha logo depois um AVC. Por isso eu digo, eu me culpei na hora, se eu estivesse mais bem informada, porque ja iria chegar berrando, voces vão ver se não é da vacina, ja façam uma tomografia imediatamente, porque eu ja faço assim eu não sou corpo mole ainda mais se tratando de filho. Eu avisei primeiro no twiter, se acontecer alerte o médico, gritem, peçam exames, peçam tomografia, porque talvez um anticoagulante tivesse salvo meu filho...

    LN - Ele não chegou a fazer tomografia, não é?

    AG - Ele só fez, quando no quarto as 7 da noite, eu acho que eu coloquei na carta, as 7 da noite porque eu li no prontuário médico dele, ele reclamou: eu estou com uma dor estranha no braço, para o enfermeiro.... a dor de cabeça aumentou, eu nao estou enxergando mais esse relogio que esta aqu na parede do quarto. Ai ele começou a não falar mais, apenas balbuciar, nao falava mais corretamente, um lado do corpo dele ele perdeu o movimento e ai foi ...PUMMMM, entendeu? Ai dali ele foi fazer a tomografia, ja era tarde, foi só para confirmar mesmo. Eu soube essa semana através de um jornalista que esta fazendo uma pesquisa sobre o caso do Bruno, Ricardo Loveran, da Joven Pan. Ele me acompanha dede o velório sábado, domingo ele me ligou eu não tinha condições de falar, mas mesmo assim eu atendi, e esse homem não me larga, ele me acompanhna. Ele esta fazendo uma pesqauisa completa com tudo, com os laudos com tudo. Ele ja ligou duas vezes para o palácio do planalto. Uma vez ele ligou e me colou em linha perguntando até se eu queria falar com o ministo o que eu queria perguntar, mas ai quem atendeu foi o acessor que disse que o ministro iria me responder. Inclusive pegou o meu telefone e disse que iria entrar em contato, ainda não entrou. Essa semana o ricardo também entrou e disse que o ministro respondeu a minha carta, como ele vai me mandar eu nao ser, ele disse que respondeu. Mas assim esse alerta dessa carta que eu escrevi, uma carta aberta, uma ideia que uma outra pessoa me deu, foi assim que começou a historia da carta. E ela ja foi bantante espalhada, muita gente ja leu, divulga bastante e o que eu percebi? no caso do meu filho.. Que é o primeiro caso no Brasil CONFIRMADO POR MORTE PELA VACINA, mas depois que eu divulguei no twiter e no instagram...A HISTÓRIA NÃO É BEM ASSIM !!! TEM MUITOS CASOS OCORRENDO...MUITO MUITO ! VOCÊ NÃO TEM NOÇÃO DO QUE ESTA ACONTECENDO. ESTA HAVENDO UM CRECIMENTO MUITO GRANDE. UM SURTO DE INFARTO DE AVC, SÓ QUE EU NAO SEI O QUE ESTA ACONTECENDO POR ISSO QUE EU QUERO FALAR COM O MINISTRO, EU QUERO FALAR COM ELE, SÓ A CARTA NÃO, EU QUERO FALAR COM ELE. O QUE ESTA ACONTECENDO QUE OS MÉDIDOS NÃO ESTÃO LIGANDO, NÃO ESTÃO CORRELACIONANDO.

    O caso desse menina Isabeli de São Bernardo É A MESMA COISA !!!! Fui eu at~e que ajudei a Creitiane Borges, a mãe da menina, conversei com ela, porque uma professora da escola da isabeli soube do bruno, falou comigo, me passou o telefone da Cristiane. E ai eu disse para a Cristiane, procure o hospital, vai la peça esse exame, peça o prontuário E ELES GUARDARAM O SANGUE DA MENINA SÓ POR TRÊS DIAS, O NORMAL É DE 20 A 30 DIAS O LABORATÓRIO TER, EU SÓ POSSO TE FALAR ISSO, ISSO É DE CONHECIMENTO PÚBLILCO...

    bgraf4

    LN - E é muito entranho,não é?

    AG - É...MUITO ESTRANHO. Aconteceu a morte de uma pessoa e você não guarda o sangue? La no Hospital santa Catarina ficou guardado, eu não sei ainda se tem, ocorre que para fazer certos exames depois de um certo tempo ele perde a estabilidade, ai certas coisas ja não da para fazer.... MAS SÓ TRÊS DIAS, MEIO ESTRANHO. E AGORA, VAMOS DIZER, O PAI VEM TER UM AVC, A MÃE, IRMÃO ETC E AS PESSOAS ESTÃO INDAGANDO AOS MÉDICOS DA POSSIBILIDADE DE SER DA VACINA E OS MÉDICOS DIZEM NÃO.....É APENAS COINCIDÊNCIA!!!!! EU NÃO ESTOU ACUSANDO NINGUEM ...sõ que olha o que aconteceu com meu filho..

    LN - O problema é que o exame é bastante caro para a população em geral, não é todo mundo que pode gastar 3800 reais para fazer esse exame...

    AG - Tudo bem, mas o hospital deveria pelo menos OFERCER ESSA POSSIBILIDADE...você quer fazer para tirar a dúvida??? custa tanto, as vezes a familia faz um vaquinha ou com o aumento de pedido desse exame pode ser que o valor baixe...

    LN - É verdade....deveria ser oferecido né, ele NÃO É OFERECIDO, É MUTO SUSPEITO QUE NÃO SEJA NÉ? É MUITO ESTRANHO...

    AG - Isso que eu quero falar com o ministro....E VOCÊS DEVERIAM PAGAR...VOCÊS DEVERIAM FAZER PORQUE ISSO É DE INTERESSE PÚBLICO.

    LN - É verdade...

    AG - QUE A VACINA ESTA CAUSANDO REAÇÕES ADVERSAS E UMA DAS REAÇÕES É MORTE???????????? PERALÁ.....

    Leia também - Máfia da Doença: a quimioterapia mata mais do que o câncer, denuncia médico

    LN - Além da Isabeli você conhece outros casos?

    AG - Eu tenho no meu telefone VARIOS OUTROS CASOS, UMA MENINA ESTA FAZENDO UMA COMPILAÇÃO, UMA MENINA DE JUNDIAI, QUE ESTA FAZENDO ESSA COMPILAÇÃO E ESTA PASSANDO PARA UMA DRA FAMOSA PARA VERIFICAR.

    LN - E esta fazendo uma pesquisa...

    AG - Sim, uma pesquisa.....MAS É MUITO ESTRANHO. A DRA MARIA EMÍLIA GADELHA. Ela me ajudou muito depois do que ela soube ela entrou em contato comigo, ela me ajudou muito muito. Eu recebi muita força , leda, de muitas pessoas logo que ocorreu,senão eu nao estaria nem aqui falando...Porque eu queria deixa bem claro, o que eu escrevi na carta que o meu filho , ELE FOI VACINADO E VEIO A FALECER E NÃO TEVE CHANCE DE TRATAMENTO. Vamos supor ...ahhh o seu filho esta com um problema, baixou as plaquetas por causa da vacina, nós vamos tratar nem que leve seis meses, um ano, mas seu filho vai se curar. Não, meu filho nao teve essa chance. Quem tem covid existe chance de se curar. Eu nao vou entar aqui na questão de tratemento precoce, nada disso, mesmo que voce va para o hospital você tem chance de sobrevida. Eu enho uma irmã de 74 anos que em dezembro foi hospitalizada, entubada, ficou 30 dias no hospital entubada....ESTÁ VIVA ! E O MEU FILHO? MEU FILHO NÃO TEVE COVID, MEU FILHO TOMOU A PICADA E NÃO TEVE CHANCE DE TRATAMENTO. ISSO QUE ME DÓI. Eu nao estou menosprezando nada, a dor de quem morreu pelo covid,é dor igual a minha. MAS A PICADA (VACINA) QUE LEVOU O MEU MENINO, ELE NÃO VOLTA. ISSO ME DOI MUITO. SABER QUE EU LEVEI ELE DE CARRO PARA O HOSPITAL E NÃO TRAGO ELE MAIS PRA CASA. No final da carta, eu pedi ao ministro, talvez as pessoas não tenham visto, eu na minha humilde opinião que o ministro e as autoridades competentes e eu sei que foi repassado para os governos e para os prefeitos.... ELES TEM QUE AVALIAR MELHOR A OBRIGATORIEDADE DESSA VACINA PARA ESTE VIRUS. TEM MUITAS PESSOAS QUE OU ESTÃO PEDINDO A CONTA NO EMPREGO, ESTAO SENDO OBRIGADAS A SE VACINAR E ELAS TEM DOENÇAS QUE NÃO PODEM RECEBER ESSA VACINA. Por exemplo eu passei para voce ai um caso de um pessoa que entrou na justiça em Gaspar Santa catarina, que por acaso é uma cidade ao lado da minha, e a juiza concebeu uma liminar para que ela não fosse picada (VACINADA). Ela citou o caso do Bruno no final. tem pessoas que tem problema de trombose, por exemplo. Então tem médicos e "médicos", tem pessoas que vão ao angeologista, ALGUNS NÃO ACEITAM DAR ATESTADO DE QUE A PESSOA NÃO PODE TOMAR A VACINA OU OUTROS SIM !

    LN - Na cidade de Gaspar foi a morte a Tais, uma adolescente de 15 anos eu acho. A Justça estadual da segunda vara cívil da comarca de Gaspar, ela cita realmente o caso do advogado Bruno Oscar Graf de 28 anos, falecido em 26 de agosto em Blumenau. Ela cita em documento ofical do poder judiciario do estado de santa catarina.

    AG - Eu acho que deveria ser melhor avaliado a obrigatoriedade, isso cabe aos prefeitos e governadores por causa de fator de doença. Que a pessoa tem a doença que não pode receber a picada, então assim todos são obrigados? Poxa. Tem pais brigando na justiça, o pai quer que vacine o filho e a mãe não quer, eles são separados. O pai levou o caso ja ao juiz. Ai a mãe ja esta levando o caso do Bruno para , vamos dizer, uma ferramenta....olha o que aconteceu com Bruno Oscar Graf por isto não quero vacinar o meu filho, são crianças ainda, pior né. E o que o ministro falou essa semana, ele desaconselha para menores...

    LN - Mas ontem o ministro Levandovsky disse que quem decide são os governadores e prefeitos e não o ministério da saúde.

    AG - Exatamente, você veja, .....

    LN - É muito complicado, desde o começo da pandemia essa dualidade de decisões tem atrapalhado muito, né?

    AG - É verdade, atrapalha. A outra questão que eu coloquei, que eu acho que poderia ser avaliado e levando em consideração o estado físico de cada indivíduo antes da picada. A mesma coisa que eu falei agora, se a pessoa tem problema de trombose poque ela vai ser vacinada se ela não pode.

    LN - Sim, mas você veja, no caso do Bruno ELE NÃO TINHA NENHUM PROBLEMA, NÃO É?

    AG - Pois é não tinha, mas mesmo assim eu penso agora nessas outras pessoas. O meu ja não tinha e aconteceu e os que tem?? vai ser pior ainda....

    LN - E qual vai ser o caminho daqui para frente? O seu caminho, o que você vai fazer. Com a dor não há o que fazer, essa perda é irreparável. E o Bruno é insubstituível, ponto. Você vai ter que, que Nossa Senhora te de forças , que a sua fé te ajude , que os outros filhos te ajudem, o marido, mas essa dor vai permanecer . Voce pretende continuar amparando as mães que eventualmente tenham tido essa situação, pretende alertar como esta tentando alertar o ministor mas ainda não teve esse encontro, ele agora esta isolado em NY com covid, VACINADO INCLUSIVE COM AS DUAS DOSES.

    AG - Eu acho que essa vai ser um tema que vai ser bastante discutido ainda porque tem mais casos de pessoas que tomaram as duas doses e contrairam o vírus e também faleceram. Isso só tempo vai nos dar essa resposta. Agora o que eu vou fazer, se eu te falar Leda, que o que não me faz chorar é ficar com esse telefone aqui, que eu vim viajar com meu filho, meu filho disse mãe larga esse telefone, dai se eu largar esse telefone eu choro. Ahh eu fui no rio amazonas ver o encontro das águas do solimões e rio negro, o Bruno nunca vai ver isso,....eu choro, entende. Eu vou continuar sim, o meu marido é contra, mas ele disse se isso te faz bem FAÇA. Eu disse que isso me fazia bem. Então eu vou ali no twiter e vejo o que eu posso publicar, responder. Vou no Instagram, muitas pessoas me perguntam. Querem saber mais detalhes do exame, eu vou continuar até onde eu posso fazendo isso. Tendo contato com as pessoas, o carinho.....eu não imaginava que o brasileiro, porque nos la no sul somos muito fechados, frios, a gente de desendencia europeia a gente é frio.....mas eu não imaginava ter recebido tanto carinho, até voce Leda, voce não me conhece, voce me convidou. Leda isso toca muito o meu coração muito, muito.......

    LN - É o mínimo que a gente pode fazer por você, não há muito o que fazer a não ser isso, a solidariedade...

    AG - Toda hora morre gente, o meu filho é mais um só, mas assim pelo jeito que foi e eu não sabia que o meu menino TINHA SIDO UM CASO QUE TINHA TINHA CHAMADO A ATENÇÃO DO BRASIL. Entendeu, eu não sabia disso eu só soube depois. A imprensa veio emcima de mim la em Blumenau, inclusive, o Bruno foi velado no sábado, na segunda vieram la em casa, fizeram uma reportagem e publicaram QUE A MÃE SUSPEITA (QUE A CAUSA DIRETA DA MORTE DO BRUNO FOI A VACINA).... QUANDO VEIO O EXAME COMPROVANDO QUE A MORTE DO BRUNO FOI CAUSADA DIRETAMENTE PELA VACINA...........EU MANDEI UM WATSAP PARA TODOS DA IMPRENSA COM O EXAME COMPROVANDO......SÓ QUE NINGUEM ME PROCUROU MAIS !!!!!!!!!!!!!!!!! Entendeu, ai ninguem me procurou mais...O QUE É ISSO ??????

    LN - É estranho, né ? Isso também surpreende muito a gente.

    AG- Porque se agora eu ja tenho uma prova do fato.........PORQUE EU TENHO QUE SER ESCONDIDA???????? PORQUE AGORA EU TENHO QUE SER CALADA ??????? MAS EU NÃO VOU ME CALAR...

    LN - Você nao vai se calar e a gente tem que explicar nessa live para que atinga o maior número de pessoas QUE O PRÓPRIO HOSPITAL PODE FAZER O ENCAMINAMENTO DO SANGUE PARA O LABORATÓRIO NA ESPANHA?

    AG - SIM É ATRAVÉS DO HOSPITAL, INCLUSIVE TEM QUE SER ATRAVÉS DO HOSPITAL E COM UM REQUISIÇÃO MÉDICA.

    LN - Uma coisa que me chamou muito a atenção foi que voce disse o sangue tem que ficar guardado durante um período, né? É praxe do laboratório, eu não sabia disso.....

    AG - Eu também não sabia, quando eu solicitei, autorizei porque eu havia mudado de ideia, eu perguntei se ainda daria pra fazer como o paciente ja havia ido a óbito, eles disseram que o sangue fica no labortório de 20 a 30 dias, ele fica guardado. Depois o próprio farmaco do labortório me disse que sim, só que o sangue vai mudando e alguns exames ja não é mais possivel fazer, com o tempo...

    LN - Ele vai perdendo a capacidade de evidenciar determinadas coisas, mas ele fica guardado de 20 a 30 dias. Ai ja acende uma luz estranha em cima desse laboratório que dispensou o sangue com apenas três dias, esse hospital..

    AG - Sim eles falaram que era apenas 72 horas........NÃO TEMOS MAIS !!!

    LN - Ha muitos interesses envolvidos...lamentavelmente a gente é obrigado a concluir isso.

    AG - Mas você veja, se esta tendo tantas mortes, UM SURTO TÃO GRANDE DE AVC E INFARTO, o interesse do governo é procurar saber o porque, se o povo morreu por causa do covid, MORRERAM MUITOS, E ESTÃO AINDA MORRENDO, porque estão morredo pós A PICADA. Acho que isso tem que ser investigado.

    LN - É verdade.

    AG - Existe um site da ANVISA onde você registra as ações adversas, nós fizemos porem muitas pessoas tem reações, eles não sabem disso, o pessla não sabe nem entrar la para fazer esse registro. Uma coisa que eu sescrvi aqui na carta para o Ministro, eu acho que isso caberia aos médicos quando a pessoa chega a ir ao hospital e tem uma reação seja ela qual for, o médico deveria registrar, alguem do hospital deveria registrar no site. Uma outra coisa importante também é que nos deveriamos ter a liberdade de escolher se nós QUEREMOS NOS SUBMETER A ESSA VACINAÇÃO QUE É EXPERIMENTAL, TEM SIDO DEIXADO BEM CLARO ISSO, eu era e sou ignorante nesse assunto, eu acho que quando o governo faz a propaganda da vacinação , deveria estar em letras maiores, em NEGRITO, EXPLICANDO QUAIS SÃO ESSAS REAÇÕES ADVERSAS. Eu não sou contra a vacina, cada um faz o que quer do seu corpo, MAS QUE DEVERIA SER COLOCADO BEM CLARO QUE PODE HAVER MORTES POR AVC, POR INFARTO, POR TROMBOSE, POR MIOCARDITE, ETC. Então...

    LN - A ANVISA soltou uma nota hoje, comunicado 22/09, dizendo que a investigaão conclui que o óbito de adolescentes NÃO ESTÁ relacionado a vacina. O resultado das investigações apontma que a manutenção da relação beneficio risco para todas as vacinas autorizadas no Brasil. A anvisa particou do conselho interinstitucional da farmaco vigilância de vacinas e outros imunobiológicos que conduziram investigação no estado de sao paulo.

    AG - Então eu qquero que ele me convidem...falem sobre o caso do meu filho e soltem uma nota sobre o meu !!!

    LN - É, porque não né? E você tem o exame....

    AG - Sim. E o caso dessa menina da Isabeli, da mãe cristiane coitada, não foi feito ainda o exame de sangue, não é? Se eu não tivesse feito o exame do meu filho e eles iriam concluir também que não foi a vacina a causa da morte dele.

    LN - É esse exame é muito importante para quem quer ter uma resposta e provar isso.

    AG - Então eu penso, pelo que eu recebo assim a ANVISA tem bastante relatos, fora o que as pessoas não relatam porque não sabem. Eles sabem dos relatos e estes ESTÃO SENDO SUBESTIMADOS! Eu escrevi na cartas ESTÃO SENDO SUBESTIMADOS E NEGLIGENCIADOS. Mas isso não interessa né? Não interessa.

    LN - Eu espero que o ministro se de ao trabalho de responder e tome providências, oferça ou pague esses exames...tome uma atitude é preciso descobrir, a gente não pode ficar nessa dúvida, a dúvida é o pior dos quadros, ja perder uma pessoa e a pessoa ainda fica na dúvida...

    AG - É, foi o que me motivou a fazer o exame, eu disse que eu não queria viver eternamente com essa dúvida. Meu filho tinha uma doença pré existente ou foi causada por esta vacina? E EU OBTIVE ESSA RESPOSTA........SIM FOI POR CAUSA DA VACINA! Eu quero deixar aqui registrado que as mães cuidem bem do seus filhos, se forem vacinar prestem bem atenção nas reações, procurem ler mais a respeito...NÃO FAÇAM COMO A DONA ARLENE FEZ, PORQUE ELES ME CHAMAM DE DONA ARLENE, NÃO FAÇAM COMO EU PORQUE EU TINHA UMA AMIGA QUE ME AVISAVA E EU ACHAVA QUE ELA ERA LOUQUINHA, ELA LE MUITO ELA FALAVA ...ELA É LOUQUINHA, FALAR CONTRA ESSA VACINA...EU SEMPRE VACINEI TODOS OS MEUS FILHOS...EU TOMEU DUAS DOSES, O MEU MARIDO TOMOU DUAS DOSES....

    LN - Você tomou a astrazenica também?

    AG - Sim, em Blumenau o que mais tem é a Astrazenica geralmente, até agora eu só ouvi falar que veio essa. E eu naão escutei essa minha amiga, não prestei atenção, por isso eu esto dizendo para as mãezinhas prestarem atenção, quem tiver me ouvindo, os pais prestarem atenção. Não vou dizer que a picada (vacina) mata, mas aconteceu com meu filho. Só pra ficarem atentos, vai ao médico relata, busca logo ajuda , é isso que eu queria dizer FICAR ATENTO APÓS A VACINA.

    LN - Arlene, Dona Arlene, o nosso tempo esta acabando ...eu agradeço muito a você, a sua coragem, a sua confiança de falar comigo, e o que eu posso desejar é que a tua fé te ajude, teus flhos, teu marido, teus amigos e a memória do Bruno, né? também te ajude a passar por esse momento.

    Leia também - Juntos, mais ricos do mundo terão mais dinheiro que 99% da população até 2016

    AG - Muito Obrigada. Eu vou superar com o tempo, como muitas outras mães que perderam seus filhos eu ei de superar também. É muito dolorido mas eu tenho o amor e o conforto de toda a minha família,] meus amigos e agora de outros tantos amigos que eu fiz pelo brasil a fora.

    bgraf2

    Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=gkDoFYbWYCQ

               https://clinicamarinabaitello.com.br/

               https://medicospelavidacovid19.com.br/

               CANAL NO YOUTUBE: Canal Leda Nagle - https://www.youtube.com/c/LedaNagle/videos

               FACEBOOK: https://www.facebook.com/ledanagleoficial

    Translate

    ptenfrdeitrues

     

     

     Ajude a manter o site no ar.

     

    Curta O Arquivo no FacebookCurta O ARQUIVO no Facebook

    O Arquivo

    Sobre  |  Fale Conosco