Tribo com Olhos "Azuis Elétricos" mostra resultado de condição genética rara

    olhoele2A Indonésia tem uma das maiores populações do mundo, com mais de 267 milhões de pessoas, e a grande maioria delas tem cabelos e olhos escuros. Mas em um único lugar no país as coisas são bem diferentes: na ilha Buton uma tribo indígena tem olhos de uma impressionante coloração azul brilhante. Localizada na região de Sulawesi ou Celebes, na Indonésia, essa ilha abriga a população do povo Buton.

    De acordo com especialistas, o motivo dessa característica exótica é uma condição hereditária conhecida como Síndrome de Waardenburg, um conjunto de sintomas que afeta cerca de 1 em 42 mil pessoas em todo o mundo. Por seu estilo de vida isolado, a população dessa tribo concentra um grande número de indivíduos com essa característica, o que é muito incomum. A síndrome se caracteriza por um grau de perda auditiva e deficiências de pigmentação, que podem incluir olhos azuis brilhantes, ou um único olho azul e outro preto ou marrom, o que também é conhecido como heterocromia.

    olhoele1

    Leia também - A casa mais sustentável do mundo fica no Reino Unido

    olhoele3

    Essa condição foi descrita pela primeira vez pelo oftalmologista holandês Petrus Johannes Waardenburg, por isso essa condição genética leva seu nome. Recentemente o geólogo e fotógrafo amador indonésio Korchnoi Pasaribu foi a ilha Buton e registrou imagens das pessoas da tribo local. As imagens podem ajudar em trabalhos de antropologia e mesmo contribuir no estudo da Síndrome de Waardenburg, que também afeta pessoas em outras partes do mundo.

    Fonte: https://www.curtoecurioso.com/

     

    Translate

    ptenfrdeitrues

     

     

     Ajude a manter o site no ar.

     

    Curta O Arquivo no FacebookCurta O ARQUIVO no Facebook

    O Arquivo

    Sobre  |  Fale Conosco