O maior pedaço de meteorito do mundo

    meteomun213/01/2018 - Praticamente todos os dias, a Terra é bombardeada por cerca de 45 kg de material meteórico. Quando atingem a atmosfera, eles rapidamente se queimam como estrelas cadentes. Partículas grandes o suficiente para sobreviver à viagem através da atmosfera terrestre cairão no chão e se tornarão meteoritos. O Hoba West, ou o meteorito Hoba, na Namíbia, é o maior pedaço de meteorito do mundo, ele mede 2,7x2,7x0,9 m3 e possuí uma massa estimada em mais de 60 toneladas. É composto principalmente de ferro (84%) e níquel (15%) e é categorizado cientificamente como um siderito ataxítico, um meteorito com alto teor de níquel.

    Apenas 5% do número total de pedaços de meteoritos que caem na Terra têm uma composição semelhante à do Hoba. É um dos exemplos mais notáveis ​​encontrados na superfície da Terra. A presença de um raro isótopo de níquel radioativo ajudou os especialistas a determinar a idade, estimando-se entre 190 milhões e 410 milhões de anos, enquanto a aterrissagem na Terra ocorreu há cerca de 80.000 anos. A coisa mais estranha sobre o meteorito Hoba é que ele não deixou nenhuma cratera. Os cientistas sugerem que essa rocha maciça pode ter desacelerado ao penetrar na atmosfera, atingindo um ponto de velocidade terminal antes do impacto com a superfície.

    Há também outra teoria. De acordo com dados arqueológicos e modelos climáticos, há 100 mil anos, a parte sul do continente africano (incluindo o território da Namíbia) estava sob uma espessa camada de gelo. É possível que, se o meteorito Hoba tivesse caído durante esse período, fizesse uma cratera no gelo. Durante os 15.000 a 20.000 anos seguintes o gelo derreteu e o meteorito foi gentilmente depositado em terra firme.

    Leia também - Por que a internet do Brasil é lenta?

    Ele foi descoberto acidentalmente, em 1920, pelo agricultor Jacobus Hermanus Brits, que trabalhava na fazenda Hoba, daí o nome da rocha de ferro. Em sua declaração, que ainda é mantida no museu da cidade de Grootfontein, Brits descreveu a descoberta do meteorito:

    meteomun1


    “Num inverno, enquanto caçava na fazenda, Hoba notei uma rocha estranha. Eu me sentei nela. Apenas sua parte superior era visível. A rocha era negra e em toda a volta havia solo calcário. Arranhei a pedra com a faca e vi que havia um brilho sob a superfície. Eu então esculpi um pedaço e o levei para o SWA Maatskappy, em Grootfontein, cujo diretor o classificou como sendo um meteorito” Desde 1929, quando foi feita a primeira análise científica sobre esse megálito, o meteorito ganhou fama, não apenas entre cientistas, mas também vândalos que inscreveram seus nomes nele. Para proteger este exemplar único de rocha de ferro, as autoridades locais desenvolveram um centro turístico em torno do Hoba.

     

    Fonte: *The Vintage News: "The Largest Piece of Meteorite in the World" (tradução livre)

    Translate

    ptenfrdeitrues

     

     

     Ajude a manter o site no ar.

     

    Curta O Arquivo no FacebookCurta O ARQUIVO no Facebook

    O Arquivo

    Sobre  |  Fale Conosco