Projeto de lei quer colocar pais na cadeia por não vacinarem seus filhos

    Dep. Pedro Westphalen - PP / RSO deputado gaúcho do PP do Rio Grande do Sul, Pedro Westphalen, é o relator do projeto de lei que quer colocar na cadeia pais que decidirem não plicar vacinas nos seus filhos.

    Enquanto o sistema político defende pautas como liberação das drogas, do aborto e julga que pequenos delitos não são considerados crimes (sem falar na liberação de condenados pela “justiça”), Pedro Westphalen que prender colocar pais na cadeia, impedindo-os de trabalhar e de estarem juntos de seus filhos e suas famílias.

    O trecho a seguir foi publicado em matéria publicada no site do jornal Correio do Povo:

     

    O texto, relatado pelo deputado Pedro Westphalen (PP-RS), acrescenta ao Código Penal o crime de omissão e oposição à vacinação. Para os responsáveis que se negarem ou se omitirem a vacinar a criança ou adolescente, sem justa causa, poderão sofrer detenção de um mês a um ano ou multa. Ainda de acordo com o projeto, incorre na mesma pena quem divulgar, propagar e disseminar, por qualquer meio, notícias falsas sobre as vacinas componentes de programas públicos de imunização.

    Não somos contra vacinas. Toda pessoa tem o direito de se vacinar, bem como a seus filhos. Somos contrários a ter nosso direito de escolha barrado pelo Estado. É direito dos pais e de todas as pessoas buscarem informação antes de optarem ou não pela vacina.

    O deputado Pedro Westphalen, para quem não sabe, é médico. E com todo respeito, a Medicina não é a maior responsável pela redução da mortalidade no mundo, mas sim a Engenharia:

    • A engenharia criou e implementou as redes de saneamento básico;
    • A engenharia criou o cano de PVC que leva água tratada para as casas;
    • Engenheiros criaram a geladeira que conserva os alimentos por mais tempo;
    • Engenheiros criaram o ar condicionado que refresca o ambiente e reduz o número de mosquitos;
    • A lista é grande....

    O caro deputado, que hoje consta com 34 assessores vinculados ao seu gabinete, deveria pedir a pelo menos um deles para se informar sobre o outro lado das vacinas, ou será que livros agora passaram a fazer parte do que ele considera fake news? Temos certeza de que algum assessor ou o próprio deputado não deve ter problemas com a língua inglesa. Fica a sugestão de leitura:

    millers review400 artigos científicos importantes resumidos para pais e pesquisadores

    dissolvendo ilusoesDissolução de ilusões: doenças, vacinas e a história esquecida

    the virus and.vaccineO vírus e a vacina: vacina contaminada, cânceres mortais e negligência do governo

    Infelizmente a pressão da indústria farmacêutica aliada ao sistema político e à grande mídia estão começando uma perseguição às pessoas que buscam informação e que optam por produtos e tratamentos naturais.

    Enquete

    Você tem parente próximo ou amigo pessoal internado ou que tenha falecido por coronavírus?

    Translate

    ptenfrdeitrues

     

     

     Ajude a manter o site no ar.

     

    Curta O Arquivo no FacebookCurta O ARQUIVO no Facebook

    O Arquivo

    Sobre  |  Fale Conosco