geroge14 1No dia 16 de junho de 1944, o garoto negro de apenas 14 anos era executado na cadeira elétrica. Pequeno e franzino, os policiais tiveram dificuldades em atá-lo à cadeira. Quando foi atingido pela descarga elétrica de 2.400 volts, a máscara que cobria seu rosto escorregou, revelando os olhos cheios de lágrimas e a saliva que corria de sua boca. Morreu após dois abalos de descarga elétrica. Um advogado e um ativista pediram a reabertura do caso, pois pretendem revelar com novas provas que aquele menino negro, e franzino, jamais poderia ter assassinado duas meninas brancas, Betty Junho Binnicker de 11 anos, e Maria Emma Thames de 7 anos.

    bomlu1Projeto A119 ou "Um Estudo de Voos Lunares Investigativos" foi um plano ultra-secreto desenvolvido no final da década de 1950 pela Força Aérea dos Estados Unidos com a intenção de detonar uma bomba nuclear na Lua. Presume-se que a finalidade de tal ato seria demonstrar a superioridade dos Estados Unidos em relação à União Soviética e ao restante do mundo durante a Guerra Fria.

    pirta1Capitão Gancho, Jack Sparrow, Barba Ruiva. A lista de piratas da ficção é grande e recheada com figuras interessantes: foras-da-lei com um código de ética muito peculiar, que roubavam tesouros, cidades e navios. Nem todo pirata tem a perna de pau, o olho de vidro ou a cara de mau, mas eles definitivamente existiram e alguns ficaram famosos. Elegemos 10 piratas notórios, que realmente existiram e fizeram história. Confira a lista:

    banbro topoO Banco Ambrosiano (porteriormente renomeado de Banco Ambrosiano Veneto após a fusão com o Banco Católico do Vêneto) foi um dos principais bancos privados católicos italianos. No centro das operações que levaram a ruína do banco estava o seu principal executivo, Roberto Calvi e seus companheiros da loja maçônica P2 (Propaganda Dois). O Banco do Vaticano era o principal parceiro do Banco Ambrosiano; e, com a súbita morte do Papa João Paulo I em 1978, surgiram rumores de que haveria ligações com as operações ilegais daquela instituição (hipótese explorada no filme The Godfather Part III).

    Translate

    ptenfrdeitrues

     

     

    Curta O Arquivo no FacebookCurta O ARQUIVO no Facebook

    O Arquivo

    Sobre  |  Fale Conosco