Temas Inexplicados

Círculo de Transmutação e alquimia - Parte 2

cirtrans4Os alquimistas geralmente utilizavam a luz como um símbolo do espírito, e portanto eles estavam especialmente interessados na luz que parecia estar contida na matéria. Isso estava também acoplado com a idéia do "fogo perpétuo". Existiam idéias antigas sobre a existência de luzes "perpétuas", supostamente encontradas em tumbas ou cofres subterrâneos, como o descrito na monografia Rozacruciana "Fama Fraternalis", de 1614. Em sua procura, alquimistas encontraram na natureza certos materiais brilhantes, obtidos de matéria animal ou vegetal. O interesse em materiais luminescentes culminou, no século XVII com a descoberta do fósforo elementar, em 1669, portanto dentro da era iatroquímica, por um médico alquimista alemão, Hennig (ou Henning) Brand de Hamburgo.

Leia mais...

As “Tábuas de Esmeralda” de Thoth – Rei-Sacerdote de Atlântida

tabuve1As “TÁBUAS de ESMERALDA” de THOTH, o Rei-Sacerdote de ATLÂNTIDA: Este homem, rei, sacerdote e mestre da Grande Fraternidade Branca, Thoth do Egito, aparece praticamente no começo do final de Atlântida, 52 mil anos atrás, ele evoluiu e aprendeu como permanecer consciente num corpo físico o tempo todo, sem morrer, permanecendo em seu corpo original durante 52 mil anos, até 1991, quando passou a uma nova forma de ser/consciência muito além de nossa compreensão.

Leia mais...

Círculo de Transmutação e alquimia - Parte 1

cirtrans topoOs círculos de transmutação são normalmente usados pelos alquimistas para que estes possam fazer transmutações de matéria com alquimia. Desenha-se o círculo em uma superfície, e ao centro se coloca o material a ser transmutado, seguindo a Lei da Troca Equivalente, onde você só cria algo sacrificando outra coisa de igual valor. Depois de por o material no círculo, o alquimista coloca as duas mãos sobre o círculo e ele fundirá os componentes formando algo novo. As transmutações podem ser usadas para fazer objetos sacrificando outros objetos. Também há a transmutação humana, ou seja, transmutação com uso de humanos como sacrifício.

Leia mais...

O simobolismo do Tigre

simtig1O tigre simboliza o poder, a força, a coragem, a beleza, a ferocidade, a independência, a inteligência, a liberdade, a astúcia, a perspicácia e a confiança. No entanto, em algumas culturas esse felino simboliza a inveja, o orgulho, o perigo e a crueldade. Na Ásia Oriental, o tigre é um animal venerado. Ele simboliza a realeza, o destemor e a ira. Um tigre branco, no entanto, simboliza a virtude real e corresponde a um dos quatro símbolos das constelações chinesas, junto ao dragão azul, a tartaruga negra e o pássaro vermelho. Para os budistas simboliza a força espiritual, a fé, a confiança incondicional, a consciência disciplinada, a gentileza e a modéstia.?

Leia mais...

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Publicidade