Curiosidades

Rosto da Bruxa de Torryburn é revelado por reconstrução digital

brufo1O rosto de uma escocesa acusada de bruxaria, chamada Lilias Adie, conhecida como a bruxa de Torryburn, foi revelado 313 anos após sua morte. Lilias Adie, após confessar que era uma bruxa e que tinha um pacto com o diabo, morreu na prisão em 1704, antes de ser queimada na fogueira. Agora, graças ao Time Travels da BBC, Radio Scotland e pesquisadores da Universidade de Dundee, seu rosto foi reconstruído digitalmente e revelado pela primeira vez. Adie foi enterrada na parte alta de uma praia, acima da linha da maré alta e uma grande laje de pedra foi colocada sobre o túmulo para evitar que ela retornasse dos mortos.

Leia mais...

Aragog, o coquetel mexicano feito com veneno de tarântula

vgog125/05/2017 - Nomeado em homenagem à aranha gigante dos livros de Harry Potter, Aragog é um cocktail inusitado feito com uma gota de veneno de tarântula, que entorpece a língua, faz cócegas nos lábios e provoca uma sensação de formigamento na garganta. O drink foi criado há dois anos por Romeo Palomares, mixologista do Luciferina Bar, localizado na Cidade do México, depois de ter sido desafiado por seu chef a criar um coquetel que impressiona os clientes. A criação surgiu durante a comemoração do Dia dos Mortos, quando as bruxas andam soltas e o drink seria bem convidativo se tivesse um ingrediente especial(?).

Leia mais...

O Mistério do desaparecimento da minissérie brasileira "O Marajá" (1993)

maraser1O Marajá é uma minissérie brasileira que estrearia pela Rede Manchete em 26 de julho de 1993 (no horário habitual das telenovelas, 21h30) em substituição a Amazônia - Parte II. Escrita por José Louzeiro, Regina Braga, Eloy Santos e Alexandre Lydia, com direção de Marcos Schechtman. A trama mostra a vida de Fernando Collor de Mello enquanto presidente do Brasil, em uma sátira que mostra o protagonista, Elle, presidente de um país fictício.

Leia mais...

Sceadugengan - Andarilhos das Sombras

criflo1Os Sceadugengan (andarilhos das sombras) são bestas fantásticas do folclore saxão, comuns na idade média eram descritos como criaturas que não estavam vivas e nem mortas, andavam durante a noite podendo mudar sua forma. Eles moram nas florestas mais antigas da Inglaterra, perambulam pelas colinas e pela névoa. Em alguns contos eles tomam a forma de crianças, e piam como cucos, passeando por aldeias em busca de uma família caridosa para serem acolhidos.

Leia mais...

Translate

Portuguese English French German Italian Russian Spanish

Curta nossa página

Mundo

Publicidade