Kim Peek

    kim_peekKim Peek (Salt Lake City, 11 de novembro de 1951 - Murray, 19 de dezembro de 2009) foi um estadunidense portador da síndrome de Savant, possuidor de uma excepcional memória fotográfica. Ele foi a inspiração para o personagem Raymond Babbit, interpretado por Dustin Hoffman, no filme Rain Man, Kim retinha 98 por cento de toda a informação que lia ou ouvia quando, em média, uma pessoa memoriza ...

    apenas 45 por cento. Com dois anos, já conseguia ler e memorizar livros. Ao longo da vida, terá memorizado 12 mil livros, entre os quais a Bíblia e toda.a obra de William Shakespeare - esta, com apenas 16 anos. Além do mais,Peek era capaz de ler duas páginas de um livro ao mesmo tempo, uma com cada olho e depois mantinha um registro detalhado de tudo que lera.Peek estava sofrendo de infecção das vias respiratórias, segundo informou seu pai, Fran Peek, ao jornal."Ele era especial", comentou o neuropsiquiatra Daniel Christensen, da Universidade de Utah. "Sua memória e sabedoria eram simplesmente incríveis".

    Leia também - Franz Bardon

    Depois de nascer, os médicos haviam diagnosticado que Kim sofreria de um retardamento mental e aconselharam a seus pais que o confiassem a uma instituição especializada. Segundo pessoas próximas, Kim Peek mantinha uma vida reclusa, devorando obras inteiras. Sua capacidade de absorção e observação eram impressionantes, embora não conseguisse realizar tarefas mais simples, como se vestir. Mas tudo mudou quando em 1984 conheceu Barry Morrow. O roteirista, fascinado por sua história, resolveu adaptar sua vida para o cinema. Kim Peek passou a dar palestras e foi considerado um gênio em diversos temas, como história, literatura e matemática.


    Testes


    2004 - Cientistas da NASA submeteram a uma série de exames, nomeadamente tomografia computarizada e imagiologia por ressonância magnética, o cérebro de Kim Peek, esperando que as tecnologias utilizadas para estudar os efeitos das viagens espaciais sobre o cérebro, ajudem a explicar as suas potencialidades mentais.

    Kim Peek, é um autista que serviu de inspiração à personagem interpretada por Dustin Hoffman no filme «Rain Man». É considerado um “mega-sábio” porque é um génio em aproximadamente 15 assuntos diferentes, como história e literatura, geografia, números, desporto, música e datas.  Apesar destas capacidades excepcionais, Kim Peek não é um ser humano autónomo, necessitando de apoio para coisas simples como vestir-se sozinho.

    Hoje com 53 anos de idade, e contrariamente ao que seria de esperar com o processo de envelhecimento, Kim Peek parece continuar a melhorar as habilidades nas áreas em que é especialista.

    O seu cérebro e capacidades são únicos. Tendo-lhe sido diagnosticada à nascença uma bolha de água no cérebro, num quadro muito semelhante à hidrocefalia, testes posteriores mostraram que os seus hemisférios cerebrais não estão separados, apresentando uma “grande área de armazenamento de dados”. Este estudo pretende “medir o que acontece no cérebro de Kim quando expressa coisas e quando pensa sobre elas” e verificar se o cérebro tem sofrido quaisquer alterações.


    Kim Peek, que inspirou o longa Rain Man, morre nos Estados Unidos
     

    22/12/2009 - Faleceu na manhã do último sábado (19/12), Kim Peek, que inspirou o personagem principal do longa Rain Man, em um hospital em Murray, cidade nos subúrbios de Salt Lake City, em Utah (Estados Unidos). De acordo o pai dele, Peek sofreu um ataque cardíaco.

    Apesar de ter alguns problemas mentais e sofrer da Síndrome de Savant, Kim Peek impressionava com a sua grande memória. Sua história inspirou o roteirista Barry Morrow a escrever Rain Man (1988), filme que ganhou quatro estatuetas do Oscar e traz Tom Cruise (Operação Valquíria) e Dustin Hoffman (A Cidade Perdida) no elenco.

    O funeral foi realizado nesta terça-feira (22/12), em Taylorsville, Utah (EUA).

    Leia também - Abrão, o judeu e Abramelin

    Rain Man

     

    rainman

     

     

    Rain Man (Rain Man (título no Brasil) ou Rain Man - Encontro de irmãos (título em Portugal)) é um filme norte-americano de 1988, do gênero drama, dirigido por Barry Levinson.

    O filme foi sucesso de público e arrecadou nas bilheterias a quantia de 412,8 milhões de dólares.

    Sinopse

    Conta a história de Charlie Babbitt, um jovem que viaja a um hospital psiquiátrico para tentar descobrir quem é o beneficiário da fortuna que seu pai deixara ao falecer, já que para Charlie ele deixara apenas rosas premiadas e um carro. Ao chegar ao hospital, Charlie descobre que o beneficiário é Raymond, um irmão mais velho autista de quem nunca ouvira falar. Para garantir o dinheiro da herança, Charles se aproxima de Raymond, disposto a brigar judicialmente pela guarda legal do irmão. Os dois então viajam pelo país, conhecendo-se e aprendendo a conviver, e passando por inúmeras dificuldades. Aos poucos, o laço entre os dois irmãos ganha força e o dinheiro deixa de ser importante.

     


    Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Kim_Peek
           http://ogintonico.weblog.com.pt/arquivo/2004/11/kim_peek.html
           http://cinema.cineclick.uol.com.br/noticia/

    Translate

    ptenfrdeitrues

     

     

     Ajude a manter o site no ar.

     

    Curta O Arquivo no FacebookCurta O ARQUIVO no Facebook

    O Arquivo

    Sobre  |  Fale Conosco