Modelo com a tonalidade de pele mais escura do mundo se torna ícone de beleza e diversidade

    belene105/07/2017 - Nyakim Gatwech, uma modelo de 24 anos nascida no Sudão do Sul, que atualmente vive em Minneapolis, no estado americano de Minnesota (EUA), ganhou notoriedade mundial por conta de ter a tonalidade de pele mais escura do mundo e agora é chamada de 'rainha da melanina". A bela africana está quebrando as barreiras dos padrões de beleza e encorajando todas as pessoas a fazerem o mesmo, graças à sua pele extremamente pigmentada e sua determinação obstinada.

    Ícone de moda, Nyakim não tem vergonha de sua melanina e faz questão que as pessoas saibam disso. “Meu chocolate é elegante, bem como o que eu represento… Uma nação de guerreiros”, postou a modelo em uma de suas várias fotos na rede social Instagram. Para seus fãs, a sudanesa chama a atenção por sua beleza extraordinária e única, mas isso não significa que também não sofra com interações maldosas de pessoas que não aceitam sua tonalidade escura incomum, conforme o portal Bored Panda.

    Nos seus perfis online, Nyakim já compartilhou com seus seguidores diversas experiências de preconceito, por exemplo, uma situação na qual um motorista do Uber sugeriu que ela tentasse branquear sua pele com alvejante. Sua resposta? Apenas gargalhadas. “Você não vai acreditar no tipo de perguntas que recebo e o tipo de olhares que recebo por ter essa pele”, conta. Nyakim não é apenas uma defensora da diversidade na indústria da moda, como também uma voz influente para os direitos negros em todo o mundo. Apelidada, entre outras coisas, de “Rainha da Melanina”, a modelo encoraja afrodescendentes a não esconderem suas origens: “O negro é ousado, o negro é lindo, o negro é ouro… Não deixe padrões americanos danificarem sua alma africana”, ressalta a modelo.

    Leia também - O Mistério do Exército Perdido de Cambises

    O que é a melanina?

    belene2

    Os seres humanos apresentam diversas tonalidades de pele e de pelos. A coloração dessas estruturas resulta da interação de vários pigmentos, como carotenoides, hemoglobina e a melanina, sendo esse último o principal responsável por promover a coloração. A melanina é uma proteína produzida a partir da tirosina (um aminoácido essencial) por células especializadas denominadas de melanócitos. Esse pigmento apresenta normalmente coloração marrom e sua principal função é proteger o DNA contra a ação nociva da radiação emitida pelo sol.

    Apesar de ter tido problemas de autoestima, Nyakim aprendeu a sentir-se confortável na sua pele e fez daquilo que os outros viam como uma desvantagem o seu cartão de visita. Tornou-se modelo e ajudou a quebrar barreiras e os padrões convencionais de beleza. A manequim, que agora vive nos Estados Unidos e terá uma fortuna avaliada em 4 milhões de dólares, não só é ativista pela representatividade na indústria da moda, como também uma voz pelos direitos dos negros em todo o mundo. Os fãs chamam-lhe “Rainha da Escuridão” – um título que aceita com orgulho.

    belene3

    “O preto é ousado, o prelo é lindo, o preto é ouro. Não deixem que os padrões americanos danifiquem a vossa alma africana. Amem a vossa pele, independentemente do tom que ela possa ter,” lê-se numa das suas legendas no Instagram.

    Leia também - Taça de 1.600 anos que muda de cor já usava princípios de nanotecnologia

     

    Fonte: https://tnonline.uol.com.br/
               https://activa.sapo.pt/

    Translate

    ptenfrdeitrues

     

     

     Ajude a manter o site no ar.

     

    Curta O Arquivo no FacebookCurta O ARQUIVO no Facebook

    O Arquivo

    Sobre  |  Fale Conosco