Holograma pode ser operado pelas mãos !

    cdwarVocê provavelmente já assistiu filmes de ficção cientifica onde o uso de hologramas é bem explorado como modo de comunicação. Se você já assistiu Resident Evil 3 – A Extinção, deve ter se perguntado se algum dia poderíamos aplicar a tecnologia de holograma usada por Wesker, na sala de reuniões, aqui no mundo real. Se você gosta da série Star Wars, já deve ter visto muito sobre hologramas. Qualquer um que tenha assistido Minority Report, talvez tenha ficado encantado com aquela tecnologia de hologramas usada por Tom Cruise onde ele pega imagens em holograma suspensa no ar e as coloca diretamente em CDs, numa JukeBox. Se você assistiu, deve ter imaginado se algum dia aquilo poderia se tornar real, não acha?! Bom, a equipe de cientistas da Companhia Vision Aire Tech desenvolveu a tão esperada tecnologia de hologramas. Após anos de estudos e pesquisas os cientistas finalmente conseguiram criar aqui no mundo real aquilo o que só era visto em filmes.

    Com o auxílio de muletas para prover equilíbrio, a mudança do centro de gravidade e movimentos da parte superior do corpo controlam os movimentos produzidos pelo ReWalk. Ou seja, apesar de o movimento ser feito pelo aparelho, ele depende de movimentos da parte superior do corpo da pessoa que está usando, permitindo que ela se prepare para o deslocamento e o faça quando desejar. Pode ser usado diariamente, durante todo o dia. Os pré-requisitos para que uma pessoa possa usar o ReWalk são habilidade para usar as mãos e os ombros (para andar com muletas), ausência de problemas no sistema cardiovascular e boa densidade óssea.

    A empresa fica em Israel, e ainda não há representação do ReWalk em outros lugares do mundo. O ReWalk deve ser comercializado somente a partir de 2010, e custará aproximadamente R$ 20.000,00. Infelizmente, é bastante caro, mas esse valor é o equivalente a algumas das cadeiras de rodas mais sofisticadas. A empresa possui um e-mail de contato (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.) para informações sobre o produto.

    "O mais importante é a recuperação da dignidade, da auto-estima da pessoa. Muitos não se dão conta de que não é muito agradável ser um adulto da altura de uma criança e viver com a cabeça perto dos traseiros de outras pessoas em elevadores e locais movimentados", afirmou Goffer.

    O próprio inventor ficou paralisado da cintura para baixo num acidente em 1997, mas não pode usar a própria invenção porque não tem controle total dos braços.

     O produto deve ser vendido ao público a partir de 2010, mas não vai ser barato. De acordo com os fabricantes, ele deve sair pelo mesmo preço das cadeiras de roda mais sofisticadas no mercado, ou seja, por volta de US$ 20 mil.
     O sistema inclui os apoios para as pernas, uma mochila com a caixa de controle e baterias recarregáveis. O usuário também precisa usar muletas para ajudar no equilíbrio.
     O ReWalk está sendo testado clinicamente em Tel Aviv e em breve vai ser testado também nos Estados Unidos.

    Fonte: Estadão
               
    http://renatapinheiro.com/tag/rewalk/

    Translate

    ptenfrdeitrues

     

     

     Ajude a manter o site no ar.

     

    Curta O Arquivo no FacebookCurta O ARQUIVO no Facebook

    O Arquivo

    Sobre  |  Fale Conosco