mundia1“666”, o número frequentemente citado de Satanás, ou talvez seu código de área, não é a Marca da Besta como a maioria das pessoas acredita. Embora seja menos memorável e certamente não tão bonito, o número real é 616, de acordo com um fragmento antigo, você adivinhou, da Bíblia. O fragmento é anterior a todas as outras cópias do Apocalipse, onde John, o autor misterioso, menciona a Marca da Besta como a tatuagem que você terá que fazer se quiser conduzir negócios no novo mundo apocalíptico.

    pasverde1Comparado a outras espécies de pássaros de cores vivas, o verde parece bastante chato. É uma cor de camuflagem óbvia para animais que vivem em árvores, certo? Pelo menos, é o que muitos de nós acham antes de ver uma foto do Tanager Verde Brilhante. O que é surpreendente é o quão brilhante o pássaro parece, mesmo no que parece ser um dia muito sombrio. Então, um usuário fez uma pesquisa no Google para ver se o pássaro é realmente tão brilhante ou se essa foto foi melhorada de alguma forma e confirmou que sim, eles são realmente tão brilhantes e verdes.

    babusina1No final do século 19, os viajantes que frequentavam a estação ferroviária de Uitenhage, perto de Port Elizabeth, na África do Sul, viam um babuíno trabalhando nas alavancas da caixa de sinalização. O nome dele era Jack e foi legalmente empregado como um sinaleiro das Ferrovias do Governo do Cabo, na linha Cape Town – Port Elizabeth. A história desse emprego incomum começa com James Edwin Wide, que era guarda das Ferrovias do Governo do Cabo a cerca de dez anos. Seus amigos de trabalho o chamavam de “Jumper” por causa de seu hábito imprudente de saltar para dentro e para fora dos trens e de pular no teto de um vagão para outro.

    arvomoe112/10/2011 - As misteriosas árvores cobertas por moedas foram encontradas na Grã-Bretanha, nas proximidades da aldeia italiana Portmeirion fundada em 1925. Um grupo de férias investigou a história e parece que esse custume começou a muito tempo, pois foram achadas moedas que datam 1700. Parece se tratar de uma antiga crença popular, que acreditava que cravando moedas na árvore poderiam se livrar de doenças. E se por acaso alguém retirasse a moeda essa pessoa ficaria doente.

    Translate

    ptenfrdeitrues

     

     

     Ajude a manter o site no ar.

     

    Curta O Arquivo no FacebookCurta O ARQUIVO no Facebook

    O Arquivo

    Sobre  |  Fale Conosco