Tratamento do Câncer: A Linhaça e o Protocolo Budwig

    curcan1O que tem a ver a cura do câncer com a linhaça? E o que vem a ser o protocolo Budwig? Vamos voltar ao passado para responder. Em 1931, o dr. Otto Warburg ganhou o Prêmio Nobel de Fisiologia por suas pesquisas sobre a respiração celular. Na ocasião, declarou: "O crescimento das células cancerosas é iniciada por uma relativa falta de oxigênio. O câncer não pode viver em um ambiente rico em oxigênio". Na década de 1950, a dra. Johanna Budwig, uma das mais conceituadas bioquímicas da Alemanha e uma das melhores pesquisadores de câncer de toda a Europa, desenvolveu um tratamento simples que é até hoje considerado uma das melhores alternativas para a obtenção da cura do câncer de forma natural. Ela nasceu em 1908 e viveu até os 95. Sete vezes ela foi indicada ao Prêmio Nobel de Medicina.Dra. Budwig: sete vezes indicada ao Prêmio Nobel. A dra.Budwig tinha ...

    uma taxa de sucesso de 90% com seu tratamento para todos os tipos de pacientes com câncer. A dieta Budwig , criada pela médica alemã em 1951, auxilia no tratamento de hipertensão arterial, câncer, artrite, artrose, esclerose múltipla e outras patologias. A cientista alemã descobriu que a gordura da semente de linhaça é o elemento-chave na cura do câncer.

    A Dra. Budwig concluiu, depois de vária pesquisas, que todos os pacientes diagnosticados com câncer tinham uma característica comum: um sistema imunitário profundamente debilitado e carência profunda de muitos micronutrientes, principalmente de ácidos graxos essenciais, como ômega 3 e ômega 6. Para recuperar a saúde dos seus pacientes, a dra. Budwig prescrevia uma dieta quase toda vegetariana e a ingestão de óleo de linhaça - fonte abundante de ômega 3 e 6 - misturado ao queijo cottage, a proteína sulfurada que facilita o transporte dos elétrons das moléculas de ômega 3 e 6 para dentro das células, para reabilitar uma respiração celular eficiente (células cancerosas não sobrevivem num ambiente rico em oxigênio, como bem observou o dr. Otto Warburg, citado no início desta matéria).

    O carro-chefe do protocolo da dra. Budwig é uma mistura de óleo de linhaça puríssimo, prensado a frio e o mais fresco possível, com queijo cottage.

    Esta é a receita:

    De meia a uma xícara de chá de queijo cottage pobre em gordura e orgânico.

    Uma colher de sopa de óleo de linhaça (virgem, puro, prensado a frio, não processado).

    Liquidifique os dois ingredientes, acrescentando um pouco de água para poder processar.

    Tome diariamente.

    DIETA RECOMENDADA PELA DRA. BUDWIG (SUGESTÃO)

    Vegetais frescos: 4 a 6 xícaras.

    Temperar a salada com óleo de linhaça e 1 a 2 colheres de semente de linhaça moída na hora.
    Incluir brócolis, couve e cogumelos maitake.

    Frutas frescas: 3 a 4 de tamanho médio ao dia.

    Peixe fresco (de preferência de água fria, como bacalhau e sardinha): 120 a 250 gramas.

    Carne fresca: sem hormônios, sem antibióticos e pobre em gordura: 100 gramas duas a três vezes por semana.

    Pão integral e cereais integrais: de 3 a 4 copos ou porções.

    Líquidos

    Água mineral sem gás, se possível purificada por osmose reversa e ozonização – 8 copos ao dia.

    Suco de frutas frescas (os sucos cítricos devem ser tomados longe do óleo de linhaça com queijo cottage).

    Desjejum

    Suco de frutas

    Cereais: semente de linhaça, grãos integrais, salada de frutas, a mistura de óleo de linhaça com queijo cottage, 1/3 a ½ xícara de leite pobre em gordura e mel, tudo no liquidificador.

    Ovos: misture 2 ovos caipiras, sem hormônios artificiais, com 1 colher de chá de óleo de linhaça e 1 colher de sopa de queijo cottage.

    Adicione tomate picado, cebola, pimentão, ervas e especiarias e lentamente cozinhe ou asse.

    Almoço e jantar

    Salada: qualquer mistura de vegetais e folhas verdes ou frutas.

    Molho da salada: misture queijo cottage com óleo de linhaça e acrescente um dos ingredientes abaixo:
    mostarda (1 colher de sopa de mel e ½ colher de mostarda dijon);

    creme italiano: vinagre e ervas italianas (acrescente combinações de mostarda, alho, cebola em pó e anchova amassada);

    picadinho de espinafre, abóbora, salsinha e limão

    picadinho de chili, pimentão vermelho, tomate, cebola, ervas e especiarias;

    mel, nozes esmagadas, sementes de linhaça ou gergelim moídas e uma pitada de canela, limão ou mostarda, se desejar.

    Sopa

    1. Dilua a mistura básica com leite de baixo teor de gordura e acrescente tomate, alho, cebola, abóbora e pimentão.

    2. Prepare sua sopa preferida da maneira usual e acrescente o mix Budwig.

    3. Faça uma sopa de tomate e cebola do modo usual e acrescente o mix Budwig.

    Use vegetais levemente cozidos e depois cobertos com óleo de linhaça e especiarias.

    Mel e óleo ficam ótimos com milho e batata-doce.

    Batata assada é ótima com o mix Budwig ou somente com óleo ou cebola.

    Sobremesa - A mistura básica mais uma xícara de pêssegos, cerejas, nozes, castanha-do-pará, noz-pecã, amêndoa, canela e mel.


    A Grande descoberta da Dra. Johanna Budwig

    curacan2


    Em 1952, a Dra. Budwig escreveu em um artigo "On Fat Biology V. Paper Chromatography of Blood Lipoids, the Tumour Problem and Fat Research":

    "É basicamente provado que ácidos graxos altamente insaturados são o fator decisivo, até então desconhecidos, em função da enzima respiratória", ou seja, constituem a segunda parte da equação que ganhador do Prêmio Nobel Otto Warburg tinha sido incapaz de encontrar.

    Dr. Otto Warburg, que foi agraciado com o Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina em 1931 por suas pesquisas sobre a respiração celular, explicou: "O crescimento das células cancerosas é iniciada por uma relativa falta de oxigênio. O cancer não pode viver em um ambiente rico em oxigênio." Warburg não conseguiu encontrar uma maneira de restaurar o oxigênio para as células.

    Portanto, o que parece insignificante aos ouvidos do leigo, é indiscutivelmente uma das maiores descobertas da ciência de medicamentos! A partir daquele momento em diante, temos sabido que o ácido graxo altamente insaturado, é o fator decisivo alcançando o efeito desejado de estimulação respiratória celular. Trabalhando em conjunto com os aminoácidos sulfurados (proteína), o ácido altamente insaturado desempenha um papel, mesmo a parte crítica, na "ponte" que ocorre entre gorduras e proteínas, na absorção E utilização do oxigênio, em todos os processos de crescimento, na formação do sangue e em muitos outros processos.

    Trabalhando a partir desta teoria, em 1952 a Dra. Budwig desenvolveu sua dieta científica de óleo-proteina que foi capaz de revitalizar as células através de oxigenação (permitindo as células cancerosas a começarem a "respirar" novamente), juntamente com uma dieta vegetariana. Ela também estava ciente da importância crítica da luz solar, bem como fatores espirituais, mentais e emocionais. Este plano se mostrou muito bem sucedido no tratamento de cancer, assim como várias outras doenças. A Dra. Budwig trabalhou com muitos pacientes terminais com cancer. Sua taxa de sucesso foi de 90%. E poucos médicos seguiram seus passos, como o Dr. Dan C. Roehm da Flórida ou o Dr. Robert E. Willner de Miami.

    Com base nos resultados de sua pesquisa, a Dra. Budwig não foi apenas contra os alimentos processados e suplementos (comprimidos), mas também contra a quimioterapia, radioterapia e medicamentos, e de uma forma menos categórica, a cirurgia.

    A Dra. Budwig, uma vegetariana, continuou a trabalhar com os pacientes na Alemanha a partir de 1950 a 2002, enquanto nos seus 90 anos. Ela deu palestras e escreveu seu último livro em 1999. Era saudável e mentalmente alerta. Uma carta de um paciente que se encontrou com ela em outubro de 2000, comentou sobre sua energia e vitalidade, dizendo que ela olhava e parecia muito mais jovem do que sua idade.

    Em 2002, ela caiu e quebrou alguns ossos que levaram à hospitalização e depois à um lar de idosos onde faleceu em Maio de 2003. Ela deixou um dom incrível de conhecimento para todos os que têm a sorte de aprender sobre ele e abraçá-lo.


    Dra. Johanna Budwig (1908-2003)

    curacan3


    A Dra. Budwig ajudou com sucesso em sua vida cerca de 2.400 pessoas com todos os tipos de cancer ao longo de um período de 50 anos.

    Por mais incrível que possa parecer, a Dra. Budwig tinha uma taxa de sucesso de 90% com todos os tipos de cancer!

    Não é à toa que ela foi nomeada 7 vezes para o Prémio Nobel!

    Quem foi a Dra. Johanna Budwig?

    Dra. Johanna Budwig (nascida em 30 de Setembro de 1908, morreu em 19 de Maio de 2003, pronunciado Yo-Han Bud-nah-VIG), nomedada 7 vezes ao prêmio Nobel da Paz, foi uma Farmacologista qualificada Alemã, Química e Fisicista com Doutorado em Física, que trabalhou como a consultora-chefe especialista de drogas e gorduras no antigo Bundesanstalt für Fettforschung (Instituto Federal de Investigação de Gorduras). Descrita como a "maior autoridade no mundo em óleos e gorduras", a Dra. Budwig estudou em profundidade o efeito de gorduras hidrogenadas e outras gorduras desnaturadas sobre a saúde humana e descobriu a ser desastroso, descobrindo então a cura natural verdadeira, essencial e poderosa dos ácidos graxos essenciais em todos os tipos de doenças degenerativas, incluindo cancer.

    Ela escreveu diversos livros, entre eles “Cancer - O Problema e a Solução, Das Fettsyndrom (A Síndrome de Gordura, discutindo as relações entre as gorduras e todas as doenças do coração e pulmão, assim como cancer), Krebs, ein Fettproblem” (Cancer, um Problema de Gordura, sobre a escolha certa e utilização de gorduras), “Der Tod des Tumores (A Morte do Tumor), bem como inúmeros artigos científicos e tratados em que ela publicou suas descobertas sobre a importância crítica de ácidos graxos corretos e o efeito deletério das gorduras erradas para a saúde humana. O uso de "gorduras erradas" tem-se difundido desde a invenção e a introdução onipresente do processo de hidrogenação, a fim de estender a vida útil das gorduras, e para criar a margarina.

    Três de suas obras "Óleo de Linhaça como um auxiliar verdadeiro contra a artrite, infarto, cancer e outras doenças", "Receitas da Dieta de Óleo-Proteína" e "Cancer - O Problema e a Solução" foram traduzidas para o Inglês.

    Como outros pesquisadores que têm oferecido uma forma não-lucrativa e eficaz de cura do cancer, ou uma forma de mantê-lo sob controle, impedindo a metástase, a Dra. Budwig e seu trabalho têm sido atacados e silenciados por interesses médicos, industriais e farmacêuticos durante toda a sua vida. Conforme resumido por Cliff Beckwith, que manteve o seu cancer de próstata sob controle por mais de uma década: "A Dra. Budwig ao meu conhecimento tinha mais de 1,000 sucessos documentados. No entanto, seu trabalho não era popular com a indústria de Oncologia da Europa. Suas idéias teriam significado uma série de perdas na indústria alimentar [também], especialmente na indústria de gorduras."

    Em um telefona de 45 minutos com Richard Beckwith cerca de onze anos atrás, a Dra. Budwig explicou o seguinte - Ela disse a ele que os médicos americanos vieram para a Alemanha e ficaram impressionados com o seu trabalho. Então eles queriam tentar descobrir alguma maneira de ter direitos exclusivos sobre seus métodos, nos Estados Unidos, e fazer um monte de dinheiro e ela não faria isso. Ela acreditava que seu trabalho era muito importante e estava ansiosa para vê-lo divulgado, mas ninguém parecia interessado a menos que eles poderiam fazer um monte de dinheiro. O Richard tinha cancer de próstata avançado e sem poder esperar pela confirmação científica ele começou a usar suas idéias imediatamente. Uma coisa levou à outra, nada planejado, e temos visto muitas pessoas se recuperar de cancer ou ter a vida muito prolongada.

    Ninguém está fazendo nenhum teste científico, porque normalmente isso é feito para provar a eficácia dos medicamentos para o lucro, e o óleo de linhaça assim como alimentos naturais não podem ser patenteados. E parece provável que, além dos interesses financeiros, falhas humanas como orgulho intelectual desempenham um papel no silenciamento das descobertas da Dra. Budwig. Cliff Beckwith novamente: "Para uma grande parte não podemos esperar que os médicos confirmem qualquer credibilidade real ao uso das receitas de óleo-proteina da Dra. Budwig. Parece incrível que algo tão simples possa ser tão bem sucedido, além do que os médicos são ensinados na escola de Medicina. Imagine o golpe no ego de alguém se algo não familiar, seria muito melhor do que as coisas que foram estudadas por 10 anos para aprender."

    Fonte: http://www.curapelanatureza.com.br/
             http://www.curasdocancer.com/

    Translate

    ptenfrdeitrues