Fluidoterapia

    fluiter1A fluidoterapia é a conhecida terapia do passe, praticada dentro dos centros espíritas. Quer saber como ela funciona? A técnica de fluidos energizados é utilizada por médiuns para promover a cura de enfermidades físicas e espirituais. Os trabalhos realizados pelos médiuns são assistidos por entidades desencarnadas ligadas ao campo da medicina, que possuem conhecimentos sobre a saúde física e espiritual do paciente e das leis de causa e efeito. Quando se trata de um passe convencional, onde se faz a magnetização do paciente, não é preciso nenhuma condição especial do médium para ser realizada. Qualquer trabalhador ...

    o espírito esclarecido poderá atuar, sem maiores exigências. Já quando é preciso realizar uma cirurgia perispiritual, é fundamental a presença de médiuns curadores e espíritos de médicos desencarnados. Para facilitar o entendimento, os médiuns curadores seriam como os farmacêuticos do mundo real, e os espíritos cirurgiões seriam os médicos. Enquanto o papel do médium é o de ministrar uma ‘medicação’ – os fluidos e energias humanas – o papel dos espíritos seria de analisar cada caso, fazer diagnósticos, rescrever tratamentos fluídicos e, caso seja necessário, sugerir e realizar uma cirurgia perispiritual.

    Enquanto os médiuns trabalham do lado de cá com a imposição de mãos e a prece fervorosa – sendo necessário a ele uma conduta moral sadia e uma disciplina mediúnica – do lado dos espíritos desenrolam-se atividades de maior complexidade nas tarefas curativas dos pacientes, como a desobsessão, procedimentos cirúrgicos, estudos das possibilidades de cura, etc. Se você não conhece a fluidoterapia, vá a um centro espírita de coração aberto e veja o que os espíritos curadores dizem, através dos médiuns, sobre seu estado físico e espiritual.

     Leia também - Tai Chi Chuan

    A importância da fluidoterapia

     fluiter2

    2010 - De uma maneira bem objetiva, podemos dizer que a Fluidoterapia nada mais é que a capacidade de, através da doação de fluídos, interferir positivamente na saúde das pessoas, que pode ser pelo passe ou por meio da água fluída. Todos sabem que o passe é uma transfusão de energias psíquicas e espirituais que alteram o campo celular. É um ato de amor que não foi inventado pelo espiritismo, mas foi estudado por ele, pois Jesus, em sua passagem pela Terra, já utilizava-o.

    Os espíritos superiores explicam, por meio da codificação, que as mãos servem como instrumentos para a transmissão do magnetismo humano que, com as energias distribuídas por eles constituem o passe espírita. Segundo essas informações passadas a Allan Kardec, os fluidos terapêuticos são absorvidos pela criatura necessitada por intermédio dos centros vitais, ou chacras, localizados no perispírito, o qual age assemelhado a uma esponja, assim como permanecem na água magnetizada por essas mesmas

    As curas promovidas por Jesus e terapeutas de todas as épocas mostram apenas que o Espiritismo não faz concorrência alguma com a medicina dos homens. No velho Egito, os pacientes eram levados ao estado de letargia através da magnetização, quando então realizavam intervenções cirúrgicas. O Doutor Franz Anton Mesmer (séc. XVIII) doutorado pela Universidade de Viena, escrevia: "O fluido é o meio de uma influência mútua, entre os corpos celestes, a terra e os corpos animados (...) as moléstias são ou falta ou desequilíbrio na distribuição do magnetismo pelo corpo".

    Leia também - Calatonia

    Como no Espiritismo não existe o uso de pinças, agulhas, facas, etc, o que ocorre é uma mixagem do fluido cósmico universal; com fluido do Espírito que interage no processo; e, com fluido animalizado do Médium - é que regeneram as células lesionadas e não deixando desorganizar a estrutura do DNA. Exatamente esse fluido misto é que restaura, regenera os danos perispirituais e físicos. Este processo de cura somente não funciona quando a doença for expiatória, pois foge aos padrões vibratórios que lhe são aplicadas.

    Sendo assim, a fluidoterapia é o tratamento através dos fluidos. As casas espíritas tem praticado muito essa atividade por se tratar de um tratamento mais especifico, retirando-se das camadas mais profundas da alma os miasmas deletérios, que causam muitas sensações desagradáveis nas pessoas. Os fluidos, obedecendo a uma poderosa vontade, a um ardente desejo de fazer o bem, penetram os organismos debilitados e suas moléculas benéficas, substituindo as que estão doentes, restituem gradualmente a saúde aos enfermos.

     

    Fonte: https://www.wemystic.com.br
               https://www.bonde.com.br

    Translate

    ptenfrdeitrues

     

     

     Ajude a manter o site no ar.

     

    Curta O Arquivo no FacebookCurta O ARQUIVO no Facebook

    O Arquivo

    Sobre  |  Fale Conosco