O macabro museu de bruxaria da Espanha

    brux1Na Idade Média, era comum existirem muitas caças às bruxas, hoje, isso já não acontece mais. Sabendo disso, um pessoal lá da Espanha resolveu fazer um museu com acervos de bruxaria. São mais de 300 itens expostos que vieram de uma coleção um tanto quanto macabra que datam até do século XVI. 

    O Museu da Bruxaria, em Sergóvia, cobra apenas quatro euros – dez reais – para que se possa ver seu assustador acervo. Logo na entrada, há livros, imagens e até mesmo bustos antigos que contam como eram os ritos e a dissecação de vários animais pelas bruxas, e todos foram cautelosamente documentados. Mas não pense que o museu é somente isso, há muito mais para se ver.

     

    brux2
    O crânio conservado de Oktavius von Bergengruen, o suposto vampiro da Idade Média.

    Naquela época, histórias de vampiros eram levadas muito a sério, tanto que logo no começo há a cabeça de Oktavius von Bergengruen, um provável vampiro que foi morto por uma bala de prata.

    Leia também - A pedra dos 12 ângulos de Cusco

    A cabeça ainda possui os dentes afiados. Mas Oktavius não é o único vampiro, Erzebet Bathory também faz parte da coleção do museu. Segundo os arquivos, Erzebet é aquela que se banhou no sangue de mais de 650 jovens.

    brux3
    O crânio conservado de Erzebet Bathory, outra suposta vampira da Idade Média responsável pela morte de 650 jovens.

    Depois disso, há mais da misticidade das bruxas: supostos venenos e ingredientes usados para se fazer poções e feitiços, além de vários esqueletos que faziam parte de seu ritual. Os animais ali encontrados, alguns até com deformidades, eram responsáveis por transformar uma pessoa em um animal e vice-versa.

     

    Supostamente, as bruxas usavam de métodos usados até hoje em torturas, e ainda, cada uma das máquinas possui uma explicabrux4ção de como eram usadas. Há trechos mais ou menos assim em suas descrições: “os torturadores não paravam de torturar enquanto não vissem a primeiro gota de sangue ou lesões visíveis".

    brux5

    brux6

    brux7

    Leia também - Dallol: Paisagem alienígena na Terra

    brux8

    brux9

    brux10

    Na próxima sala, encontramos livros que dão cada detalhe da vida de uma bruxa, desde meditações até a fabricação de venenos, alguns inclusive ilustrados.Por fim, temos a sala em que há figuras meticulosas de demônios e até de caveiras que faziam menção ao próprio Senhor do Inferno. É claro que sabemos que nada nesse museu é verdadeiro, já que a verdadeira história das bruxas é totalmente diferente da que nós conhecemos.

    Fonte: adaptado de Minilua
    http://www.docepsicose.blogspot.com.br/

     

    Translate

    ptenfrdeitrues

     

     

     Ajude a manter o site no ar.

     

    Curta O Arquivo no FacebookCurta O ARQUIVO no Facebook

    O Arquivo

    Sobre  |  Fale Conosco