O Baguá

    baguaOs Chineses inventaram o Bágua para entender e ativar as energias dentro e fora de casa. Essa energia que queremos ativar, balancear e alinhar é a energia vital que existe em nós e no meio ambiente o Chi.Quando flui harmoniosamente dentro de casa, os resultados incidem beneficamente sobre os moradores. Quando bloqueada, gera problemas que podem se traduzir de mau humor ou brigas à doenças e falta de dinheiro.Assim, a prática do Feng-Shui pode ser comparada a um bom tratamento de acupuntura doméstica, que desbloqueia pontos energéticos e áreas congestionadas, ...

    para que a energia dentro de casa flua como o sangue em um organismo saudável. Energia boa é energia dosada; acúmulos e excessos sempre são prejudiciais.Bágua é a figura de oito lados que relaciona os ambientes às áreas de interesse de sua vida. É usado principalmente pelos adeptos do Feng-Shui da escola do Chapéu Negro, a mais difundida técnica de harmonização no Ocidente.

    A sobreposição do bágua da Escola Negra, sobre nosso ambiente, em um desenho do lugar, trata da maneira como devemos agir para nos transformar e transformar os ambientes que queremos com o Feng-Shui.

    Os símbolos que aparecem no Bágua se chamam Trigramas. Devemos aprender a associar cada Trigrama com os numerosos atributos a eles associados, incluindo cor, direção da bússola, áreas do corpo e membros da família.

    É muito importante que tenhamos conhecimento do significado de cada um dos Trigramas.

    Quando sobrepomos o bágua, que está dividido em 08 Trigramas, sobre uma determinada área, literal ou figurativamente, vemos que eles cobrem completamente o terreno em questão, a área geográfica, a casa , o cômodo ou a cama, como os quadrados de um tabuleiro de jogo da velha.

    Leia também - Cruz Celta

    De acordo com a forma desses espaços, um ou mais Trigramas podem estar em falta ou fortalecidos.

    O significado dos Trigramas básicos, está baseado no I-Ching - o livro das Mutações - (tradução do Chinês), é sem dúvida uma das mais importantes obras da literatura mundial.

    Tudo o que existiu de grandioso e significativo nos três mil anos de história cultural da China ou inspirou-se nesse livro.

    Podemos dizer que é uma sabedoria amadurecida, as experiências da vida transmitidas de geração à geração ao longo de séculos compõe o I-Ching.

    Na verdade, não apenas a filosofia da China mas também sua ciência e arte de governar sempre buscaram inspiração na fonte de Sabedoria encontrada no I-Ching.

    Mesmo os aspectos mais simples da vida cotidiana da China estão, sob sua influência.

    Os 08 Trigramas foram concebidos como imagens de tudo o que ocorre no céu e na terra, são símbolos que representam mutáveis estados de transição.

    São imagens que estão em constante mutação.

    Focalizam-se não as coisas, em seus estados de ser - como acontece no Ocidente - mas os seus movimentos de mutação.

    Os resultados acontecem pela combinação de duas forças:

    • a primeira que vem da Sabedoria milenar do I-Ching,

    • a segunda é a intenção séria de produzir uma mudança positiva em sua vida.

    Este processo de alinhamento do Chi, quando feito com seriedade, trará os resultados positivos que procuramos.


    Ba-guá

    As caixas são os blocos de construção básicos do Feng Shui, elas ajudam a formar o mapa octagonal do Feng Shui, chamado ba-guá.

    A tabela três por três é especialmente importante. A sua forma mais antiga aparece no "Livro das Mutações" chinês da dinastia Han (206 a.C.- 220 d.C.) como o Quadrado de Lo Shu (também chamado de quadrado mágico).

    Os números do Quadrado de Lo Shu somam 15 na vertical, horizontal e diagonal. Esse é o mesmo número de dias em um ciclo lunar, e é por essa razão que a maior parte do Feng Shui tem suas raízes na astrologia chinesa.

    A tabela do ba-guá conecta os elementos ao Quadrado de Lo Shu. Ainda há relações entre os números e os elementos (por exemplo, o número cinco é considerado terrestre e centralizado), mas dependendo do usuário, pode existir uma variedade de materiais associados a um quadrado.

    As linhas correspondem ao sistema binário da matemática, o mesmo sistema usado nos computadores. O yang é representado por uma linha inteira e o yin, por uma linha quebrada. As cores também são associadas ao ba-guá, mas elas também variam de acordo com o profissional. Mas a cor amarela aparece sempre no quadrado central.

     

    bagua1

    Os símbolos que representam os quadrados são chamados de trigramas, e esses oito se multiplicam para formar os 64 hexagramas que aparecem de forma destacada nos cálculos matemáticos do Feng Shui com base em fórmula científica. A tabela de ba-guá evoluiu para o ba-guá (também conhecido como "pah kwa"), que geralmente é usado em tudo, desde design Feng Shui até no seriado de TV "Lost" (em inglês). Vamos dar uma olhada no ba-guá e ver como cada área corresponde à tabela de ba-guá.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    bagua3

    Os profissionais que usam o ba-guá irão colocar esse diagrama sobre um cômodo ou casa para determinar o que deve ser colocado em cada área, alinhando a parte inferior do mapa (cor preta) com a parede de entrada. As cores a seguir melhoram cada área:

     

     

     

     

    • preto (carreira): espelhos, fontes;

    • azul (habilidades e inteligência): livros, computadores;

    • verde (família): plantas, fotos de família;

    • roxo (prosperidade): veleiros e materiais relacionados, plantas saudáveis;

    • vermelho (fama e reputação): prêmios, objetos relacionados a animais;

    • rosa (amor e relacionamentos): pares de objetos, fotos de pessoas queridas;

    • branco (criatividade e crianças): trabalhos de arte, fotos de crianças (de acordo com os profissionais de Feng Shui, esta área deve estar sempre limpa se você quiser crianças felizes e bem comportadas);

    • Leia também - Olho de Hórus
    • cinza (pessoas generosas, viagem): objetos religiosos, lembranças de viagem;

    • amarelo (saúde): cerâmica, objetos de pedra.

    Translate

    ptenfrdeitrues