Verdades Incovenientes

    McDonald’s é forçado a mudar receita de hambúrguer nos EUA

    hamburbac30/01/2012 - Após anos tentando, o chefe de cozinha britânico, Jamie Oliver, finalmente conseguiu persuadir uma das maiores redes de fast-food do mundo a mudar sua receita de hambúrguer. O McDonald’s alterou os ingredientes de seus hambúrgueres após o Oliver ter forçado a remoção de um tipo de alimento processado que ele chamou de “lodo rosa”. O ativista de alimentos ficou chocado quando soube que estava sendo usado pelo McDonald’s hidróxido de amônio para converter partes de gordura da carne em recheio de carne bovina para seus hambúrgueres nos Estados Unidos.

    Esse recheio virou manchete após a denúncia feita em seu programa, o “Jamie Oliver’s Foods Revolution”. “Basicamente, estamos pegando um produto que seria vendido de uma forma mais barata para cães e, depois desse processo, podemos dá-lo aos humanos”, disse ele. Oliver mostrou ao público americano o “lodo rosa” produzido pelo processo de hidróxido de amônio usado pela empresa Beef Products Inc. (BPI). O “lodo rosa” nunca foi usado nos hambúrgueres vendidos pelo McDonald’s no Reino Unido e na Irlanda, que obtém sua carne de produtores dentro dos dois países. Agora, após meses de campanha em seu programa de televisão que é exibido nos Estados Unidos, o McDonald’s admitiu a derrota e abandonou o recheio de seus hambúrgueres.

    O microbiologista do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), Geral Zirnstein, concordou com Oliver que o hidróxido de amônio deveria ser banido. “Não considero essa coisa como sendo carne moída e considero que permitir isso na carne bovina é uma forma de rotulagem fraudulenta”. Oliver está satisfeito com a decisão do McDonald’s de parar de usar hidróxido de amônio no processamento de carnes. “O grande público americano precisa urgentemente entender o que sua indústria de alimentos está fazendo”. O McDonald’s negou que a mudança na receita foi forçada pela campanha de Oliver.

    Leia também - Os Segredos do Marketing da Industria Alimentícia

    O diretor sênior da Cadeia de Fornecimento e Sistemas de Qualidade da rede dos Estados Unidos, Todd Bacon, disse que a segurança alimentar do McDonald’s tem sido e continuará sendo uma prioridade. “A decisão de remover os produtos BPI do sistema do McDonald’s não esteve relacionada com nenhum evento em particular, mas sim, para suportar nossos esforços em alinhar nossos padrões globais de carne bovina usada como matéria-prima.

    O McDonald’s cumpre com todos os requerimentos do Governo e regulamentações de segurança alimentar. Além disso, temos nossas próprias medidas de segurança alimentar e padrões em toda a cadeia de fornecimento para garantir que servimos alimentos seguros e de alta qualidade para todos os consumidores, toda vez que eles visitam nossos restaurantes”. Duas outras redes, Burger King e Taco Bell, já tinham sido pressionadas e removeram ingredientes processados com hidróxido de amônio de seus produtos e ninguém da BPI foi encontrado para comentar o assunto.

    Fonte: https://www.beefpoint.com.br/

    Translate

    ptenfrdeitrues