UUUWR26Nenhuma guerra tem a honestidade de confessar: eu mato para roubar ! As guerras sempre invocam nobres motivos: matam em nome da paz, em nome de Deus, em nome da civilização, em nome do progresso, em nome da democracia. E por via das dúvidas, se nenhuma dessas mentiras for o suficiente, ai estão os grandes meios de comunicação dispostos a inventar novos inimigos imaginários para justificar a conversão do mundo em um grande manicômio e num imenso matadouro. Em Rei Lear, Shakerpeare, escreveu que neste mundo os loucos guiam os cegos e quatro séculos mais tarde, os senhores do mundo são loucos apaixonados pela morte, que transformaram ...

    cretidigi102/11/2020 - O diretor de pesquisa do Instituto Nacional de Saúde da França, Michel Desmurget, especializado em neurociência cognitiva e que dedicou vários livros ao mundo das telas e como elas afetam o desempenho cognitivo na infância e na adolescência, acaba de publicar na Espanha ‘A fábrica de cretinos digitais’, um livro sobre telas, mitos e neurociência. “Simplesmente não há desculpa para o que estamos fazendo com nossos filhos e como estamos colocando em risco seu futuro e desenvolvimento. O pior é ver o desenvolvimento de nossos filhos devastado desta maneira.

    confucri 131/03/2016 - Elas estão aprendendo a “questionar” o seu sexo biológico desde cedo, mas nem sempre sobra algo para colocar no lugar. O número de crianças diagnosticadas com "disforia de gênero" pelo serviço de saúde da Inglaterra ( National Health Service) aumentou em 1000% ao longo dos últimos cinco anos, de acordo com o jornal The Sun, de Londres. Na clínica de Tavistock and Portman, ao norte da capital, onde todos os pacientes transgêneros com menos de 18 anos são tratados, "suas famílias estão sendo aconselhadas e, em alguns casos, os pacientes recebem tratamentos de bloqueio hormonal" como preparação para uma possível "mudança de sexo" após os 18. Como sintoma da crise, o diário britânico menciona um episódio recente,

    pandecovi120/10/2020, por Jeff Harris - Desde que a suposta pandemia estourou em março passado, a grande mídia tem espalhado um fluxo ininterrupto de desinformação que parece ter como foco gerar o máximo de medo entre os cidadãos. Mas os fatos e a ciência simplesmente não dão suporte ao grave quadro pintado de um vírus mortal varrendo a face da Terra. Sim, temos uma pandemia, mas é uma pandemia de pseudociência criada disfarçada como um fato imparcial. Aqui estão nove fatos apoiados por dados, em muitos casos do próprio CDC que pinta um quadro muito diferente do medo e pavor sendo implacavelmente martelado no cérebro de cidadãos desavisados.

    Translate

    ptenfrdeitrues