História e Cultura

    chakrasDepois de receberem informações dirigidas a razão e treinamento para controlar sensações, emoções e pensamentos, dedicavam outros sete anos ao lado direito do cérebro, a inteligencia do coração a encontrar a difernça entre pensar e meditar. O Templo de Karnac, o maior do Egito, estava dedicado a consciencia, a analisar as forças que a moldam, ...

    Horus_olho_maoEsta História começa antes da destruição causada pelo Dilúvio. Quando ainda existia outra civilização na Terra sob o lugar que hoje, convertido em lenda, chamamos de Atlântida. Tinham um sabedoria que era produto da evolução da consciencia do homem por milhares de anos. Eram verdades aprendidas sobre o funcionameto do Universo, ...

    ciclo_encarnacoesCentros Religiosos - Cada fase da revelação foi dirigida por um centro religioso construido ao longo da coluna vertebral do Egito, o Nilo. Aturam  como os chacras, ou centros de transformação e distribuição de energia e informação ao corpo do pais. Desenvolveram em 4  épocas 4 centros religiosos, cada um deles dedicado a explicar e conseguir a compreenção do povo sobre uma fase do genesis. 

    druidas4Apesar da importância atual dos solstícios e equinócios, não há registros de sua observação pelos celtas e druidas antigos. Os druidas acreditavam na imortalidade da alma, onde através das reencarnações se alcançavam o aperfeiçoamento e com a ajuda dos espíritos protetores, estes libertariam dos ciclos reencarnatórios.  Tinham em seus ensinamentos que a alma passava por três círculos sucessivos.  Na imersa na matéria, onde se originava o período mais primitivo, o da animalidade. Depois entra no círculo das migrações que povoam os mundos das experiências e dos sofrimentos, após muita luta, libertavam das influências materiais, livrando-se da roda das encarnações.  Em continuidade, chegava-se no círculo dos mundos venturosos, despojados de anseios e sentimentos terrenos.  E depois encontravam o círculo do infinito, a morada da Essência Divina. Por terem outra compreensão sobre a morte, os guerreiros e guerreiras druidas não a temiam, pois enfrentavam nos campos de batalhas, sem ter algum apego pela vida.

    Translate

    ptenfrdeitrues

     

     

     Ajude a manter o site no ar.

     

    Curta O Arquivo no FacebookCurta O ARQUIVO no Facebook

    O Arquivo

    Sobre  |  Fale Conosco