mavufo324/04/2019 - A Marinha dos EUA admitiu sensacionalmente que os OVNIs foram vistos perto de instalações militares. Ele recebeu "vários relatórios" de aeronaves não identificadas que viajam para o espaço aéreo protegido em áreas militares, o que significa terrenos pertencentes às forças armadas americanas. Os chefes de defesa estão tão preocupados que ordenaram o desenvolvimento de um novo processo para relatar e registrar avistamentos misteriosos de "aeronaves não autorizadas" e "aeronaves não identificadas".

    navya1Por Barbara Starr, 24/04/2019 - Os pilotos da Marinha que acham que podem ter visto objetos voadores não identificados agora terão um meio detalhado de relatar eventos inexplicáveis, para que os militares possam acompanhar o que pode ou não estar acontecendo. "A Marinha está atualizando e formalizando o processo pelo qual os relatórios de qualquer suspeita de incursão podem ser feitos às autoridades ...

    quixa113/05/2015 - Globo Repórter foi até a cidade e ouviu depoimentos impressionantes. Equipe também participou de jornada de observação do céu durante a noite. Quixadá poderia ser mais uma cidade igual a tantas outras do interior do Brasil, não fossem as estranhas formações rochosas. Elas têm o nome de monólitos – o que significa "pedra única". Montanhas de rocha que brotam na paisagem. A equipe do Globo Repórter foi até lá para conhecer um povo que observa estrelas, vê luzes que viajam pelo espaço. Gente que conta histórias de seres extraterrestres, ...

    avisov126/04/2019, por Antonia Laborde - Oficiais defendem novas diretrizes, pois “incursões podem ser um risco para a segurança” do Exército. O aumento de avistamentos de objetos voadores não identificados (óvnis) em áreas controladas pelo Exército norte-americano levou a Marinha a estabelecer um novo protocolo de ação. Até agora era comum que “incursões” desse tipo fossem ignoradas e, quando um oficial fazia registro, não se fazia acompanhamento e nem uma investigação exaustiva.

    Translate

    ptenfrdeitrues