cheslei12004 - A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou nesta quarta-feira uma lei apelidada de "Lei do Cheesburger", que proíbe processos judiciais contra empresas da área da alimentação por parte de pessoas que acusam as companhias de fazê-las engordar. A lei acaba com o que qualifica de "processos frívolos" contra fabricantes, distribuidores e vendedores de alimentos e bebidas não-alcoólicas, que vêm sendo acusados de aumentar o número de obesos no país.

    amoe1Costuma-se dizer que dinheiro não cresce em árvores! Mas você pode começar a duvidar desta expressão se olhar alguns troncos encontrados em certos lugares no Reino Unido. No remoto e bucólico povoado de Gwynedd, País de Gales, algumas árvores foram derrubadas e deixadas pelo caminho, para alargar uma estrada para a vila turística em estilo italiano de Portmeirion, que foi fundada em 1925 por Sir Clough Williams-Ellis e que levou 50 anos para ficar concluída. Meses depois, os troncos dessas árvores estavam cheios de moedas incrustadas pelos turistas, como uma espécie de oferenda, tradição muito comum no Reino Unido e conhecida como “Wish Tree“.

    soviter12015 - Ion Mihai Pacepa foi general da polícia secreta da Romênia comunista antes de pedir demissão do seu cargo e fugir para os EUA no fim da década de 70. Considerado um dos maiores “detratores” de Moscou, Pacepa concedeu entrevista a ACI Digital e revelou a conexão entre a União Soviética e a Teologia da Libertação na América Latina. A seguir, os principais trechos da sua entrevista: Em geral, você poderia dizer que a expansão da Teologia da Libertação teve algum tipo de conexão com a União Soviética? Sim. Soube que a KGB teve uma relação com a Teologia da Libertação através do general soviético Aleksandr Sakharovsky, chefe do serviço de inteligência estrangeiro (razvedka) da Romênia comunista, que foi conselheiro e meu chefe até 1956, quando foi nomeado chefe do serviço de espionagem soviética, o PGU1; Ele manteve o cargo durante 15 anos, um recorde sem precedentes.

    mamuser108/11/2017 - A descoberta de um mamute, encontrado numa das mar­gens do rio Beresovka, na Sibéria, manteve os cientistas perplexos durante muitos anos. Surpreendentemente, o mons­tro perfeitamente congelado e em excelente estado de conservação, tinha na boca ranúnculos botão-de-ouro (Ranunculus repens). Este facto isolado, que a princípio passou despercebido, iria fornecer uma pista sobre um momento terrível da história geológica da Terra. Os mamutes eram animais peludos e de dentes compridos que apresentavam afini­dades com os elefantes, que vaguearam pelo Mundo durante meio milhão de anos e se extinguiram há cerca de 20 000 anos.

    Translate

    ptenfrdeitrues

     

     

     Ajude a manter o site no ar.

     

    Curta O Arquivo no FacebookCurta O ARQUIVO no Facebook

    O Arquivo

    Sobre  |  Fale Conosco