chiner1Por Ademilson Ramos, 24 de março de 2019 - Os cientistas da Universidade de Rice, localizada nos Estados Unidos, estão desenvolvendo um microscópio minúsculo para ser implantado no cérebro humano. A ideia é que o instrumento leia sinais de alguns neurônios ligados à visão e também a audição e os transmita, auxiliando assim na recuperação desse sentidos. O projeto é uma iniciativa do governo dos Estados Unidos em parceria com algumas universidades e tem o objetivo de fornecer um caminho alternativo para que imagens e sons cheguem direto ao cérebro humano. Por tanto, o microscópio e seu software precisam decodificar e desencadear neurônios na camada mais externa do cérebro, o córtex.

    carespi103/05/2020 - Um homem usando máscara protetora caminha sob câmeras de vigilância em Xangai, China, enquanto o país é atingido por um novo surto de coronavírus, no distrito financeiro de Pudong em Xangai, China, em 28 de fevereiro de 2020. Robôs entregando refeições, figuras fantasmagóricas em trajes de materiais perigosos e câmeras apontadas para as portas da frente: os métodos da China para impor quarentenas de coronavírus parecem uma distopia de ficção científica para legiões de pessoas.

    caoro208/05/2020 - Spot, da Boston Dynamics, será usado para transmitir mensagens aos visitantes e contar o número de pessoas no local. O governo de Singapura anunciou o início de testes com o cachorro-robô Spot, da Boston Dynamics, para patrulhar um dos parques da cidade com o objetivo de lembrar os cidadãos de manter o distanciamento social recomendado para evitar a disseminação da Covid-19.

    microro126/08/2020 - Cientistas criaram um exército de robôs microscópicos de quatro patas, pequenos demais para serem vistos a olho nu, que andam quando estimulados por um laser e podem ser injetados no corpo por meio de agulhas hipodérmicas, informou um estudo na quarta-feira. A robótica microscópica é vista como tendo uma variedade de usos potenciais, particularmente na medicina, e pesquisadores dos EUA disseram que os novos robôs oferecem "o potencial para explorar ambientes biológicos". Um dos principais desafios no desenvolvimento desses robôs do tamanho de células tem sido combinar circuitos de controle e peças móveis em uma estrutura tão pequena.

    Translate

    ptenfrdeitrues

     

     

     Ajude a manter o site no ar.

     

    Curta O Arquivo no FacebookCurta O ARQUIVO no Facebook

    O Arquivo

    Sobre  |  Fale Conosco