ratoodor125/06/2020 - Com a estimulação direta do cérebro, os ratos aprenderam a reconhecer um cheiro imaginário - e ajudaram os pesquisadores a entender uma peça-chave do quebra-cabeça olfativo. Quando os neurocientistas DAVID Hubel e Torsten Wiesel queriam descobrir como o cérebro analisa seu ambiente visual, eles foram o mais simples que puderam. Em um laboratório de Harvard abarrotado de equipamentos elétricos, eles posicionaram gatos na frente de uma tela e mostraram-lhes imagens extremamente básicas:

    fakevi1Por Isabela Cabral, 28/07/2018 - Inteligência artificial é usada para fazer montagem com famosos e políticos, substituindo rostos e vozes em vídeos realistas; novidade traz preocupações éticas. O deepfake é uma tecnologia que usa inteligência artificial (IA) para criar vídeos falsos, mas realistas, de pessoas fazendo coisas que elas nunca fizeram na vida real. A técnica que permite fazer as montagens de vídeo já gerou desde conteúdos pornográficos com celebridades até discursos fictícios de políticos influentes. Circulam agora debates sobre a ética e as consequências da tecnologia, para o bem e para o mal.

    varma1Por Brenda L. Tesini - A varíola do macaco, uma doença rara, é causada pelo vírus da varíola símia, que está estruturalmente relacionado com o vírus da varíola e causa doença semelhante, mas geralmente mais leve. A varíola do macaco, assim como a varíola, é um membro do grupo dos ortopoxvírus. Apesar do nome, os primatas não humanos não são reservatórios do vírus da varíola. Embora o reservatório seja desconhecido, os principais candidatos são pequenos roedores e esquilos nas florestas tropicais da África, principalmente na África Ocidental e Central.

    inarti114/04/2020, por JONATHAN VANIAN - Estou cautelosamente otimista sobre o papel da inteligência artificial em ajudar a controlar a pandemia de coronavírus. A unidade DeepMind do Google, por exemplo, está investigando técnicas de aprendizado profundo para modelar a estrutura das proteínas do vírus, o que pode ser útil no desenvolvimento de uma vacina. Enquanto isso, a Casa Branca pediu aos pesquisadores que desenvolvessem técnicas de aprendizado de máquina para analisar rapidamente cerca de 30.000 estudos relacionados ao coronavírus para entender melhor o vírus mortal.

    Translate

    ptenfrdeitrues

     

     

     Ajude a manter o site no ar.

     

    Curta O Arquivo no FacebookCurta O ARQUIVO no Facebook

    O Arquivo

    Sobre  |  Fale Conosco