enhu111/09/2019 - Os cientistas inventaram um dispositivo que pode produzir rapidamente um grande número de entidades vivas que se assemelham a embriões humanos muito primitivos. Os pesquisadores saudaram o desenvolvimento, descrito quarta-feira na revista Nature, como um avanço importante para o estudo dos primeiros dias do desenvolvimento embrionário humano. Mas também levanta questões sobre onde traçar a linha na fabricação de vidas humanas "sintéticas".

    resochu topo19/04/2017 - A ressonância Schumann disparou nos últimos dois meses e os pesquisadores não conseguem encontrar uma razão sólida para explicar por que isso está acontecendo. Estaria a mudança da Nova Terra acontecendo mais rápido do que o previsto? Há muita coisa acontecendo neste século e as pessoas em todo o mundo estão começando a sentir essas mudanças. Uma grande transição está na baía, e envolve não só nós, seres humanos, mas toda a nossa casa planetária. A própria Terra, tem um batimento cardíaco. Ele é chamado de "Ressonância Schumann" e envolveu todos os seres vivos numa freqüência natural e constante, pulsando exatamente a 7,83 Hz por milhares de anos.

    agupur120/12/2019, por Rafael Melo - Uma iniciativa deve melhorar o dia a dia de uma das principais cidades do Nordeste brasileiro. Em Campina Grande, na Paraíba, pesquisadores estão transformando a água poluída do principal açude da cidade em água potável. O trabalho é do Laboratório de Dessalinização da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Os testes de tratamento estão sendo realizados no Açude Velho, o principal cartão postal local, que fica bem no coração da cidade. O açude tem capacidade de 600 milhões de litros de água e recebe água de esgoto.

    robovivo topoJaneiro de 2020 - Os pesquisadores prevêem inúmeros benefícios para a humanidade, mas também reconhecem questões éticas. Esteja avisado. Se a ascensão dos robôs acontecer, o apocalipse pode ser um assunto mais problemático do que os escritores de ficção científica nos prepararam. Pesquisadores nos EUA criaram as primeiras máquinas vivas reunindo células de sapos africanos em pequenos robôs que se movem sob seu próprio vapor. Uma das criações mais bem-sucedidas tem duas pernas grossas que a impulsionam no seu "peito". Outro tem um buraco no meio que os pesquisadores transformaram em uma bolsa para que ela pudesse brincar com cargas úteis em miniatura.

    Translate

    ptenfrdeitrues

     

     

     Ajude a manter o site no ar.

     

    Curta O Arquivo no FacebookCurta O ARQUIVO no Facebook

    O Arquivo

    Sobre  |  Fale Conosco